Ancoradouro

Papa Francisco pede a padres que compartilhem experiência do Batismo no Espírito Santo

5897 36

 O Papa Francisco pediu aos padres reunidos no Terceiro Retiro Mundial para Sacerdotes promovido pela Renovação Carismática, em Roma, que compartilhem a experiência do Batismo no Espírito Santo através de seminários de Vida no Espírito Santo.Papa Francisco fala a padres da RCC.

Papa Francisco fala a padres da RCC.”Peço a todos e a cada que, como parte desta corrente de graça da Renovação Carismática, organizem Seminários de Vida no Espírito Santo em suas paróquias, seminários, escolas a fim de compartilhar o Batismo no Espírito“, disse Francisco que foi aplaudido ao fazer o pedido inesperado para os presentes na Basília de São João de Latrão. O pontífice pediu também catequeses que “através do Espírito Santo produzissem experiência pessoal com Jesus que transforma nossas vidas”.

Organizado pelo International Catholic Charismatic Renewal Services – ICCRS que tem à frente Michelle Moran, o Retiro para Sacerdotes foi uma verdadeira renovação na vida dos padres  presentes e um marco deixado na história do movimento que surgiu no final da década de 60 nos Estados Unidos. 

Palestra completa do santo padre

https://www.youtube.com/watch?v=PD0VTK6RWR4

 

Francisco e os Carismáticos

Ao voltar do Brasil por ocasião da Jornada Mundial da Juventude o papa respondera a uma questão sobre a RCC levantada por um jornalista. Na ocasião, disse o papa: “eu vou dizer uma coisa: nos anos 1970, início dos 1980, eu não podia nem vê-los [ os carismáticos]. Uma vez, falando sobre eles, disse a seguinte frase: eles confundem uma celebração musical com uma escola de sambaEu me arrependi. Vi que os movimentos bem assessorados trilharam um bom caminho. Agora, vejo que esse movimento faz muito bem à Igreja em geral. Em Buenos Aires, eu fazia uma missa com eles uma vez por ano, na catedral. Vi o bem que eles faziam. Neste momento da Igreja, creio que os movimentos são necessários. Esses movimentos são uma graça para a Igreja. A Renovação Carismática não serve apenas para evitar que alguns sigam os pentecostais. Eles são importantes para a própria Igreja, a Igreja que se renova.

Seminário de Vida no Espírito Santo (SVES)

Seminário de Vida no Espírito Santo é uma sequência de pregações e orações cujo centro é o querigma (primeiro anúncio). O objetivo é proporcionar ao participantes uma experiência pessoal com Jesus Cristo. Os encontros podem ser semanais, acontecerem dentro de retiros de finais de semana ou  ainda “relâmpagos” quando acontecem dentro de encontros pontuais.

No Retiro de Carnaval Renascer promovido pela Comunidade Shalom (Fortaleza) acontece anualmente um dos maiores Seminário de Vida no Espírito Santo do Brasil.

No Retiro de Carnaval Renascer promovido pela Comunidade Shalom (Fortaleza) acontece anualmente um dos maiores Seminários de Vida no Espírito Santo do Brasil.

Os Papas e a Renovação  Carismática

O documentário “A Renovação Carismática e os Papas”  registra o momento em que um grupo desta espiritualidade se encontra com o então Papa João Paulo II nos Jardins do Vaticano. O Papa os acolhe, eles cantam, se confraternizam,   rezam  e oram em línguas. João Paulo II acompanha o ato em clima de oração, de olhos fechados. O documentário ainda traz imagens do encontro histórico entre o Papa Paulo VI e membros do movimento na Basílica de São Pedro.

Veja vídeo  a partir dos 3’20″

padre carismáticos

 

 

 

Recomendado para você

36 Comentários

  • Maria disse:

    Eu venho de família católica. Sempre fui catolicaComo meus pais. Depois de adultos 10 irmãos, 7 mudaram de religião, eu e outros dois seguimos católicos graças a Deus. Fizemos somos todos batizados na igreja católica,somos crismados, casados também na mesma igreja. Tive 5 filhos batizei os e crismei também casei3 continuo na minha santa igreja. Mas só que eu andava meio relapsa com a minha religião porque . Faltava a celebração etc foi quando tive a oportunidade de conhecer a renovação carismática a 15 anos, comecei a participar, encontrei com certeza o que eu mais procurava. O meu encontro com Jesus. Hoje eu entendo o que antes não entendia. Hoje sinto uma paz enorme no coração e recomendo: Renovação carismática já . E a felicidade na pessoa de Cristo . O batismo no Espírito Santo torna nos pessoas amável, diferente . Alegre feliz . Obrigada santo Papa. O senhor e Santo. Amém.

  • Paulo disse:

    Satanás esforça-se por subverter os católicos em cismáticos ou hereges, sem citar os de fé mal formados ou deformados por leigos e/ou por sacerdotes apostasiados, além da nefasta esquerdista TL, espiritismo, mídia anticatólica, etc., infestando ainda mais a Igreja de dissidências.
    Doutro lado, seitas evangélicas quase todas pentecostais, cerca de 35 000 ou mais, dissensas entre si, similares a centros espíritas: “auês”, histeria coletiva, supostos exorcismos de maus espíritos para curas – o pastor ao enfermar-se não convoca outro para o exorcizar, vai ao médico – pessoas caindo em aparentes transes, descarregos, similares a grupos hilariantes “auês” RCCs, rebeldes às normas da Igreja, falsos católicos.
    Até os protestantes tradicionais censuram os irmãos de fé pentecostalistas, tachando-os de “espíritas disfarçados de evangélicos”, tendo razão pela similaridade, apesar de serem sectários acusando a irmãos de hereges…
    Note-se que Stálin infiltrou a Igreja desde a década de 30 de comunistas e outras sociedades secretas, insuflando a confusão em seu núcleo: na socialista TL, nas Conferencias Episcopais, CEBs, etc., fora as interpretações propositais fraudulento-sectárias para acusarem o Vaticano II de herege, como muitos fazem, via altos membros hierárquicos infiltrados ou apostasiados para fustigarem a Igreja ainda mais na difícil missão de evangelizar.
    Situação complexa: a Igreja sofre conspirações internas como dos RCCs autonomistas, espalhafatosos, privilegiando os emotivismos, podendo até confundir fenômenos psicológicos com dons do Espírito Santo; os grupos RCCs são válidos se devidamente orientados por eclesiásticos competentes, sob rígidas normas às reuniões; ao contrário serão protestantes pentecostais travestidos de católicos.
    Dever-se-ia melhor objetivar a fé, ao invés de ficar à cata de dons especiais carismáticos individuais que sugeririam egoísmo, orgulho e (ou) o típico luteranismo subjetivista: fé prazeirosa, êxtases, experiências místico-divinas, etc.
    Sobre o “falar em línguas”, diz S Paulo: “Mas numa assembléia, prefiro dizer cinco palavras com a minha inteligência, para instruir também os outros, a dizer dez mil palavras em línguas(estranhas) 1 Cor 14,19”.
    Já em 1 Cor 14, 22:…as línguas são um sinal não para os que crêem, mas para os que não crêem. São dons individuais, de difícil detecção se provém de si ou do animador com o grupo reunido, aportando mais individualismo que partilha de dons; idem, exorta-nos em aperfeiçoar-se na caridade que é perene. Veja 1 Cor 12,31 e 13+.
    Restrições maiores ao “repouso no Espírito” em reuniões, por necessitar de “aprofundamento, estudo e discernimento”; quanto a exorcismos, atente-se ao cânon 1172, reservado ao Ordinário local ou seu preposto para discernir com perícia e objetividade o caso, jamais exercido por afoitos dirigentes RCCs, como já vi.
    Rejeitem-se veementemente imposição de mãos em (ou) gestos de pedidos de curas simulando algo mágico ou ações similares comunicando dons, fluidos espirituais etc.; evitem-se termos como “batismo, ministério”, etc, para não supor ambiguidades com os sacramentos.
    Aliás, o S Padre Bento XVI em viagem a Benin, África, como noutras ocasiões, criticou as liturgias “atraentes”: emotividades e manifestações ruidosas ou culturais às celebrações litúrgicas como anti eclesiais, instando-nos a um cristianismo “mais simples, profundo e compreensível”, sob normas oficiais da Igreja, afirmando que tais manifestações sentimentalistas provêem de seitas pentecostalistas “aparentemente compreensivas e atraentes” mas são “sincretismo religioso e pentecostalismo protestante”, advertindo-nos jamais os imitar; caso contrário, aparentaria sincretismo oriundo da própria Igreja praticado por aparentes membros.
    Convém notar que há seitas autonomeadas RCCs sem vínculos com a Igreja; mais um esquema de enganação; mais um agregado aos grupos RCCs cismáticos quando se dissociam das rígidas normas a eles destinadas!

  • jocione disse:

    Sou seminarista catolico e lamento profundamente essa onda de protestantização pela qual a igreja esta passando. a rcc tem trilhado caminhos do pentecostalísmo, se bem q o seu berço é prostestante. Por trabalhar com a ilusão de poderes magicos tem atraido milhares d pessoas em busca d curas, vivem uma fé centrada no eu. Por ter tomado essa dimensão vemos a hierarquia se dobrar a esse movimento, é lamentavél.

  • Nádia disse:

    Paulo quanta asneira! Você não conhece a Renovação Carismática e ainda confunde com o espiritismo, me poupe! E ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor se não sob a ação do Espírito Santo – I Cor. 12, 1 – Ou você tem medo de aceitar porque o coração está muito fechado, ou você fala sob a ação de satanás! A RCC é uma benção, e os verdadeiros carismáticos são extremamente obedientes a Igreja e aos sacerdotes. Participam das missas; não assistem. Os carismáticos são comprometidos com as missões que Deus lhes concedeu. São de oração diária, leitura da palavra e jejum. Onde tem carismático verdadeiro, tem amor ao próximo, respeito, caridade, alegria, adoração ao Santíssimo, obediência e comprometimento. Ao invés de falar mal, faça algo mais nobre: vai rezar para conseguir essa experiência com Deus, depois dê uma opinião baseada na verdade e em fatos reais…

  • Nádia disse:

    Paulo você não conhece Deus e fala sob a ação de Satanás!

  • Nádia disse:

    Paulo percebe-se logo que você é desobediente ao pastor!

  • lafayete lopes disse:

    um verdadeiro homem que veio para nos mostrar o verdadeiro sentido da vida ,para que os povos possam ser feliz .

  • Geraldo disse:

    ESTEJA FIRME EM JAMAIS SE ASSOCIAR ÀS SOTURNAS AGREMIAÇÕES CARISMATISTAS!!!
    Para começar e pessimamente, o esoterista carismatismo foi trazido para a Igreja pelo Cardeal Leo Suenens, suspeito de ser maçon e preogressista, constante na lista de Mino Peccorelli.
    O carismatismo é de origem protestante, de experiências “místicas” que tiveram com o “Espírito Santo”, tal como sucede na IURD, como já me disseram pastores delas, afirmando que “trabalham” com o “Espírito Santo”; esoterismo, ostensivo diabolismo barra-pesada!
    Esse esquema, o mesmo tal qual nas seitas evangélicas das esquinas, , e bem similar a terreiros em que baixam entidades, em que as pessoas dizem que se relacionam direto com Deus e Ele lhes repassa diretamente as mensagens, apesar de cada um ser diferente do outro e as mensagens de um não coincidirem com outros.
    Não é um certo deus estranho?
    V crê nessa tal qual balburdia dos carismatistas, com um culto tal qual, apesar de aparentarem provirem de Deus?
    Não duvido de um e outros não passarem de satanismo dos brabos e diz S Paulo aos interessados nisso: “E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz”. 2 Cor 11:14.
    As palavras-chaves dos carismáticos seriam: pluralismo religioso, tolerância religiosa, comunidade, identidade e prática de um “catolicismo” plural, tendo como apoiadores, sacerdotes suspeitos como os sinistros Pe Fabio de Melo, M Rossi e dezenas idem, tal como os adeptos da suspeita Medjugorje – condenada pelos 2 bispos de lá, D Zanic e D Ratko – da Canção Nova, essa com apresentações coreográficas em frente ao SS Sacramento, pode uma loucura dessa?
    QUE DIZEM ALGUNS RENOMADOS SANTOS, DOUTORES EM DIREÇÃO ESPIRITUAL, DENTRE MAIS:
    “O demônio fica muito satisfeito quando percebe que uma alma deseja receber revelações ou sente inclinações por ela, visto que neste caso se lhe oferecem muitas ocasiões e possibilidades de insinuar e de destruir nela a fé”
    São João da Cruz.
    “Em segundo lugar, porque é muito fácil haver engano, ou risco de o haver. O Demônio não precisa senão de uma porta aberta para armar mil embustes. Em terceiro, porque a própria imaginação, quando há um grande desejo, leva a pessoa a acreditar que vê e ouve aquilo que deseja, tal como os que, querendo uma coisa durante o dia e pensando muito sobre isso, sonham com ela à noite.”
    Santa Teresa D´Ávila
    “Aqueles que querem viver na Vontade de Deus não devem desejar obter (…) revelações ou sentimentos sobrenaturais que superem o estado ordinário daqueles que têm por Deus um temor e um amor muito sinceros. Pois, um semelhante desejo só pode vir de um fundo de orgulho e de presunção. A Graça de Deus abandona a alma tomada por esse desejo e deixa-a cair nessas ilusões e nessas tentações do diabo, que a seduz em visões e em revelações enganosas. É desse modo que o demônio semeia a maior parte das tentações espirituais de nosso tempo e que as enraíza nos corações daqueles que são os precursores do Anticristo”. São Vicente Ferrer
    “Tem-se visto em nossa época, muitas pessoas que crêem que foram muito freqüentemente raptadas em êxtases; e ao cabo, descobria-se que o fato não passava de ilusões diabólicas”.
    São Francisco de Sales
    Não podemos nos deixar enganar, consolações espirituais Deus dá quando quer, não devemos buscá-la o tempo todo. Já dizia isso Deus Pai à Santa Catarina de Sena.
    Diz mais ainda o magnífico doutor espiritual S João da Cruz: … quando a alma procura essas comunicações carismáticas, abre as portas ao demônio.
    “Catolicismo” carismático e pentecostalistas protestantes = satano-esoterismo disfarçado de fé cristã!
    .

    Christiane ..
    – See more at: http://ocatequista.com.br/archives/12330#sthash.Pz88Bx37.dpuf

    O PT, como sempre atua no:
    “Chame os outros do que v e acuse os outros do que v faz” ´Lênin.
    A culpa ´pe da crise internacional ou da cenoura, da abobrinha – que não sabem se defenderem – das chuvas que foram poucas e assim vai.
    Jamais de ser um partido composto de aves de rapina e incompetentes!SQUENTA NÃO, MULA; O CERCO VAI APERTANDO AOS POUCOS!
    HOMEM COM H O BOLSONARO!
    Ele é da estirpe dos militares do antigo Regime Militar que, ao contrario do excomungado PT nunca, jamais foram ou estão acusados de chantagens como essa maldição de partido.
    Pena que “religiosos” como da direção da CNBB ajudou o diabo – poderiam estar até mesmo até já excomungados por apoio a comunistas – assim como algumas seitas protestantes; graças a eles estão no poder fraudando, mas esses apoiadores compartilhando com seus malfeitos, como diariamente vemos.
    Quem apoia a bandidagem…
    Aliás, as grandes obras do Brasil foram no tempo deles e hoje todos choram a saída e a entrada dessa desgraça chamada PT, especialista em assaltar os cofres e trazer sérios prejuízos à nação, especialmente ao mais pobres, pois comunistas só gostam de milionarios, caso das empreiteiras envolvidas nas recentes roubalheiras!
    Até que enfim foi aprovado na Câmara o VOTO IMPRESSO em primeiro turno por 477 a 7, e a SMARTMATIC de Cuba e do PT que vão para o inferno, de onde vieram, de Cuba!
    Será que em 2018 o PT terá 01% de votos?

  • Josué disse:

    Pessoal, esse homem aí chamado GERALDO que Comentou, está MENTINDO!!! ELE É UM Protestante.

  • Adriana disse:

    Quanto absurdo aqui publicado! Textos muito bem escritos, mas é lamentável e perturbador observar tanta ignorância a respeito da RCC!
    É lamentável ver irmãos leigos e até mesmo sacerdotes, colocar à prova a voz do nosso pastor. Ao contrário das palavras astuciosas desses, a RCC é um movimento que busca a intimidade com a Santíssima Trindade e em plena obediência à Santa Igreja. Dentro de nossos grupos de oração e em nossas orações pessoais não praticamos “magias” como dizem e muito menos fazemos exorcismos, o que só pode ser realizado por um sacerdote! Enfim, Como verdadeiros fiéis católicos, vivamos a obediência ao nosso pastor! Ou não acreditamos na ação do Espírito Santo através dele?

  • Neuza CRD Cordeiro disse:

    A R.C.C é um movimento da Igreja para a igreja. Porta de entrada dos fiéis para a IGREJA. Movimento em que pude experimentar a graça salvífica de um Deus que está do meu lado e me leva a ser uma pessoa cada vez melhor. Pena que muitos não entendem nada sobre seu fundamento e qual seu objetivo e aí tentam com seu blablabla, confundir as pessoas mas, percebam que : Se a RCC não fosse um sopro de Deus para a Igreja, já havia desaparecido, pois o que é de Deus permanece. Deixei o espiritismo, deixei uma fé superficial foi atraves deste movimento.

  • Claudio Elias do Nascimento disse:

    Anestesico inalatorio faz repouso no espirito igualzinho vamos vigiar!!!

  • Thiago disse:

    No credo que rezamos na Santa Missa professamos uma igreja UNA, Santa, católica…
    Muito me estranha tradicionais e até mesmo aqueles que se dizem estudiosos da igreja plantar a divisão onde se professa a união, creio que nosso Deus não é um Deus divisor, mas sim um Deus que nos quer unidos em seu amor, muito fácil criticar um movimento X ou Y, mas amar não é fácil, amar é renuncia de si mesmo e essa renuncia dói, e dói muito.
    Amados, vivamos unidos, não nos percamos na divisão, lutemos contra aquele que nos quer ver separados, sejamos verdadeiramente essa igreja UNA, SANTA, CATÓLICA, APOSTÓLICA ROMANA que nos foi dada por Deus.

  • Fabiano disse:

    É triste ver seminaristas e até mesmos padres que criticam a espiritualidade da RCC e comunidades que vivem essa mesma espiritualidade… esquecem que é aprovada pelos papas, ou seja, aprovada e aceita pela igreja, só porque não se encontram nesse tipo de espiritualidade ou tem preconceito atacam o próprio católico… você que pensa assim, você é uma chaga na igreja… não fale o que não sabe, se conhece a árvore boa pelos frutos que ela dá, você estudou isso não estudou? então porque fecha os olhos pra isso?… a igreja não se curvará pra sua mesquinha vontade de tudo ser frio como você é… conheço muita gente que mudou pra melhor e busca santidade na espiritualidade carismática, tem nada contra a igreja aí, se tivesse, algum papa já teria abolido, isso não ocorreu!! então aceita e obedece o seu papa ou sai da igreja por favor!!! porque você pode ter certeza que tem muito carismático com um coração muito mais misericordioso que muitos que atacam a RCC e não aceitam o que o papa aprova… muda seu coração, irmão, muda!! porque tá precisando…

  • renata disse:

    Desculpe-me a ignorancia. Mas se a duvidas sobre as manifestações deve haver um caminho para indentificar a sua veracidade. Como saber se quem age é o Espirito Santo ou Satanas disfarçado? Como saber quando é produto da mente, do ego ou fruto do espirito? Porque Satanas seduz, engana da poder e mente. Como reconhecer o Espirito da Verdade?

  • renata disse:

    Tenho outra duvida também. Percebo que a discussão aqui esta no barulho a manifestação ou no silencio. Posso sentir a manifestação do Espirito Santo no silencio? Um invalida o outro? Escutar Deus no silencio invalida escutar Deus no barulho? Ou os dois podem acontecer dependendo do instrumento? Pelo que vejo a uma dicotomia dentro do próprio Catolicismo quanto a manifestação do Espirito Santo e de Satanas. grata a quem quiser responder minhas duvidas? É necessario essa experiencia para se sentir filho de Deus ou posso me sentir filha de Deus e seguir Cristo sem cair ao chão? O único caminho para viver em Cristo vivo é pentecostes? Ou seguir Cristo basta?

  • . disse:

    A RCC faz mal pra igreja? Meus caros, olhem a infinidade de comunidades religiosas, de vida e aliança ela tem dado a Igreja! Quantos vocacionados que buscam a santidade hoje, por causa de um encontro à anos atrás com Jesus através de algum retiro da RCC! Quantas pessoas reencontraram o Jesus que tinham perdido! Eu acho, que a RCC é sim uma corrente de graça, como diz o Monsenhor Jonas, é a porta da misericórdia.. deve ser uma fábrica de Santos! O nosso Beato (eu acho) Guido, ia em grupos de oração! E olha, está sendo elevado aos altares! Essas críticas aí, realmente não irão mudar nada.. só lamento haha bjs

  • FRANCISCO DILVANI DE LIMA disse:

    Que Deus tenha misericordia, destas pessoas que vem aqui postar suas ignorancias, sua asneiras sua falta de amor., pq vir aqui falar mau da renovação só tem uma explicação, veio a mando de satanas pq não tem cabimento isso., visto que a renovação foi um ato de amor e misericordia da parte de Deus, para salvar esta igreja santa catolica, pq vinha perdendo fieis a cada dia, e o pior a igreja estava se acabando por causa de pessoas dentre elas fieis, padres, bispos e outros que não aceitao a ação do espirito santo, são pessoas que nunca deram frutos em suas vidas de caminhada, louvo a Deus todos os dias por ter permitido o surgimento da RCC, visto que foi por causa dela que me tornei um catolico melhor., ser carismatico é sinonimo de fidelidade, obediencia, comprometimento e amor ao proximo. Uma das maiores tristezas que vejo é ver padres e seminaristas falar mau deste movimento. SEMINARISTAS NÃO BASTA ESTUDAR TANTOS ANOS PARA SER PADRE, SE NÃO TIVER O ESPIRITO SANTOS., PQ SERA COMO UMA ARVORE SECA QUE NUNCA DARA FRUTOS E UM PADRE CARISMATICO SE VE NELE A AÇÃO DO ESPIRITO SANTOS A TODOS OS INSTANTES.

  • Maurício Lyra disse:

    Pra começo de conversa, quero deixar bem claro que a igreja não é tradicional, ela é carismática, e adivinha por que? Porque nasceu do batismo no Espírito Santo dos apóstolos e Maria santíssima, batismo esse prometido por Jesus, “Quem não nascer de novo não poderá ver o reino de Deus”(Jo 3,3). Quer você queira ou não a renovação só cresce, e cresce por vontade de Deus. A Igreja não precisa de pessoas que escrevem bem e dão contra testemunho, ela precisa de fiéis cheios do Espírito Santo pra tirar desse mundo as pessoas das trevas.

  • Maurício Lyra disse:

    Uma pergunta pro Paulo e pro Geraldo. Vocês estão indo contra o Papa que incentiva a igreja a conhecer e se aprofundar na renovação carismática? O primeiro fez um texto gigantesco pra contradizer aquilo que diz a matéria. E o segundo faz pior, cita, de maneira tendenciosa, Santos canonizados quando estes não poderiam contradizer a Igreja. Chega de gente que cria divisão porque seu intelecto não compreende. Esses tipos de textos são diabólicos porque contrariam a própria Igreja que acolhe a renovação carismática. O seu raciocínio e a sua forma de escrever não podem te levar pro céu.

  • ANTONIO CARLOS BORGES disse:

    Desde a decada de 70 eu conheço a Rcc e a maioria dos comentarios eram maldosos como nós vimos aqui. Mas quando cresci tive uma formação conservadora que me orientou por varios anos, e durante a minha juventude fui comvidado por Gilda, uma senhora que coordenava a Rcc da minha cidade para entrar na intercessão, pelo o fato de ser missionario e estar atento a renovaçao, e procurando me instruir na fé, pois acreditava que a Rcc me daria esse suporte formativo. Tudo me ajudou mais tarde quando me tornei seminarista maior. Agora depois de ter feito filosofia e teologia participo do movimento, no Gupo Ressuscitado Pela Cruz, aqui em São Bernado do Campo SP. Antes o grupo do ferreira na comunidade, como intercessor.

  • leonardo machado rufato disse:

    A rcc é o mover do Espírito Santo na Igreja e assim nos pede o nosso querido papa Francisco que cheios do Espírito Santo levemos a todos essa experiência assim foi o início da Igreja Católica e nada pode parar o mover do Espírito Santo, , sabemos que podem haver sim alguns equívocos e falta de discernimento por parte dos carismáticos assim também há em todos membros da Igreja somos limitados e por isso precisamos contar com a força do Espírito Santo que nos impulsiona a sempre buscar crescermos na fé e no amor estamos em construção mas uma coisa é certa já não somos os mesmos de antes quando não conheciamos o Espírito Santo ou melhor mais que conhecer é experimentar sua ação poderosa e não é só sentimento é uma decisão por Cristo e seu plano de salvação não percamos tempo em debates infrutíferos abramos o nosso coração ao Espírito Santo e carta de São Paulo aos gálatas 5-22,25 nos mostra os frutos do Espírito e nos garante contra os frutos não há lei sabemos quem é de Deus pelos frutos esforcemos pra alcançarmos tais frutos pela graça do Espírito Santo e deixemos que Ele fale por nós amém!

  • Luiz Carlos disse:

    Me admiro como estes católicos que condenam um movimento da Igreja Católica Apostólica Romana e julgam o próprio o próprio representante de Cristo aqui na terra se colocam mesmo na posição do próprio Deus. Pobres irmãos que não entenderam o que Jesus disse no Evangelho segundo São Marcos 9, 33-37. Sugiro para estes irmãos lerem o livro IMITAÇÃO DE CRISTO de Tomás de Kempis, alias deveria ser um livro de cabeceira de todo bom Católico como o foi de muitos santos.

  • Rosalina disse:

    Logo após a ascensão de Jesus, Maria se reuniu com os apóstolos que se encontravam num ambiente fechado com medo dos judeus que perseguiam os cristãos. Então o Espírito Santo desceu sobre eles em forma de línguas de fogo, levando-os a louvar a Deus em línguas estranhas. As pessoas que por ali passavam não compreendiam e pensavam que eles estavam bêbados, mas na realidade estavam sendo batizados no ES (foi assim que nasceu o Pentecostes). A mesma experiência do batismo no Espírito Santo tiveram alguns universitários americanos de Pitsburg, Pensilvania, que se reuniam para fazer suas orações na faculdade. Certo dia, ao lerem e meditarem a Palavra de Deus, em Ato dos Apóstolos, capitulo 2, aconteceu um novo Pentecostes, cuja prática e vivência perdura até nossos dias. Esse fato aconteceu em 1967 e culminou com o surgimento Renovação Carismática Católica (RCC). Os carismas são dons próprios que o ES concede com o propósito de nos santificar e crescer na fé. Todos podem experimentar esta graça, independente de ser Carismático ou não. Há uma manifestação natural destes dons na vida das pessoas que abrem o coração para esta graça. Dentre os vários dons e carismas descritos na Palavra de Deus , o de línguas é muito natural e comum.

  • Erika disse:

    Falou se muito aqui, mas uma coisa só eu tenho plena certeza nesses anos todos que caminho na Igreja Católica, o pano de fundo que existe em quem fala mal da RCC é o medo, medo de experimentar o poder de Deus, medo de ter de mudar de opinião, medo de se humilhar, medo de transformação, medo de se comprometer mais com a radicalidade do evangelho, medo das manifestações extraordinárias do Espírito Santo, medo daquilo que não podemos controlar, que é o próprio mover do Espírito Santo. Nasci numa família Católica tradicional, mas a partir do momento que permiti que o Batismo no Espírito fizesse parte da minha vida tudo mudou, a compreensão da fé, de Deus e da Igreja mudou pra menhor. Jesus já nos deu a resposta, “Conhecereis a Árvore por seus frutos” Se a RCC NÃO FOSSE BOA, não daria tantos frutos bons de conversão, cura comprovada, liberações comprovadas ec obediência a Palavra de Deus e a Igreja. Irmãos olhemos os frutos. Paz e bem a todos. E faço um desafio aos que falam mal da RCC, obedeçam ao Santo Padre e façam a Experiência com o Batismo no Espírito por 6 meses, depois tirem suas conclusões, mas tem de ser de coração, com o intuito de fazer a vontade de Deus somente. Fica o desafio Aos corajosos..kk

  • Volmir disse:

    tradicionalistas,crucificaram o Senhor da Glória e agora querem direcionar ou acorrentar,dizer onde o Espírito Santo deve ou não soprar…Três nãos nas cartas Paulinas sobre o Espirito Santo
    *Não o Extingueis
    *Não o Contristeis
    *Não o Apagueis

  • Wagner disse:

    Eu não estou acreditando nesta postagem porque o próprio termo “Batismo do Espírito Santo” é errado. Aqui as orientações que a CNBB(Conselho Nacional dos Bispos do Brasil) deu para a RCC(Renovação Carismática Católica). Algumas são relacionadas à questões particulares dos movimentos carismáticos, tais como: “Batismo do Espírito”, “Dons e Carismas”, “Falar em Línguas”, etc. Mas vemos também observações feitas sobre a Legislação Litúrgica que são baseadas nas mudanças feitas pelo Concílio Vaticano II (mudanças que afrontam as ordens dadas por São Pio V em jamais se alterar o Missal Romano), tais como:
    40. Nas celebrações, observe-se que a legislação litúrgica que, embora estabeleça normas precisas para certo momentos, abre amplo espaço para a criatividade. Não se introduzam elementos estranhos à tradição litúrgica da Igreja ou que esteja em desacordo com o que estabelece o Magistério ou aquilo que é exigido pela própria índole da celebração.
    41. Na celebração da Missa, não se deve salientar de modo inadequado as palavras da Instituição, nem se interrompa a Oração Eucarística para momentos de louvor a Cristo presente na Eucaristia com aplausos, vivas, procissões, hinos de louvor eucarístico e outras manifestações que exaltem de tal maneira o sentido da presença real que acabem esvaziando as várias dimensões da celebração eucarística.
    Outras orientações que vemos não ser observadas por alguns movimentos são as seguintes, relacionadas às Questões Particulares dessas comunidades:
    54. Alguns temas necessitam de maior aprofundamento teológico, diálogo eclesial e orientação pastoral, tais como: Batismo no Espírito Santo, dons e carismas, dom da cura, orar e falar em línguas, profecia, repouso no Espírito, poder do mal e exorcismo.
    55. A palavra “Batismo” significa tradicionalmente o sacramento da iniciação cristã. Por isso, será melhor evitar o uso da expressão “Batismo no Espírito”, ambígua, por sugerir uma espécie de sacramento. Poderão ser usados termos como “efusão do Espírito Santo”, “derramamento do Espírito Santo”. Do mesmo modo, não se utilize o termo “confirmação” para não confundir com o sacramento da
    crisma (Cf. Comissão Episcopal de Doutrina, Comunicado Mensal, Dez de 1993,
    2217).
    56. Dons e Carismas: O grande dom, que deve ser por todos desejado, é o da caridade: “Aspirai aos dons mais altos. Aliás, passo a indicar-vos um caminho que ultrapassa a todos…” (1 Cor 12, 31-13,13). “A caridade é o primeiro dom e o mais
    necessário, pelo qual amamos a Deus acima de tudo e o próximo por causa dele” (LG, 42).
    57. “O Espírito Santo unifica a Igreja na comunhão e no ministério. Dota-a e dirige-a mediante os diversos dons hierárquicos e carismáticos” (LG, 4). O Espírito opera “pelas múltiplas graças especiais, chamadas de carismas, através das quais torna os fiéis aptos e prontos a tomarem sobre si os vários trabalhos e ofícios que contribuem para a renovação e maior incremento da Igreja” (Catecismo da Igreja Católica, 798). Os carismas devem ser recebidos com gratidão e consolação. E não devem ser temerariamente pedidos nem se ter a presunção de possui-los (cf. LG 12).
    58. Haja muito discernimento na identificação de carismas e dons extraordinários. Diante das pessoas que teriam carismas especiais, o juízo sobre sua autenticidade e seu ordenado exercício compete aos pastores da Igreja. A eles em especial cabe não extinguir o Espírito, mas provar as coisas para ficar com o que é bom (cfr. 1 Tes 5,12.19.21). Assim, também no que se refere aos carismas, a RCC se atenha rigorosamente às orientações do Bispo Diocesano.
    59. Dom da cura: O Senhor dá a algumas pessoas um carisma especial de cura, para manifestar a força da graça do Ressuscitado. No entanto, as orações mais intensas não conseguem obter a cura de todas as doenças. São Paulo aprende do Senhor que “basta minha graça, pois é na fraqueza que minha força manifesta todo seu poder” (2 Cor 12, 9), e que os sofrimentos que temos que superar podem ter como sentido “completar na minha carne o que falta às tribulações de Cristo pelo seu corpo, que é a Igreja” (Cl 1,24).
    60. Ao implorar a cura, nos encontros da RCC ou em outras celebrações, não se adote qualquer atitude que possa resvalar para um espírito milagreiro e mágico, estranho à prática da Igreja Católica (cf. Eclo 38, 11-12).
    61. Nas celebrações com doentes, não se usem gestos que dão a falsa impressão de um gesto sacramental coletivo ou que uma espécie de “fluido espiritual” viesse a operar curas.
    62. O Óleo dos Enfermos não deve ser usado fora da celebração do Sacramento. Para não criar confusão na mente dos fiéis, quem não é sacerdote não faça uso do óleo em bênção de doentes, mas use apenas o Ritual de Bênçãos oficial da Igreja.
    63. Orar e falar em línguas: O destinatário da oração em línguas é o próprio Deus, por ser uma atitude da pessoa absorvida em conversa particular com Deus. E o destinatário do falar em línguas é a comunidade. O apóstolo Paulo ensina: “Numa assembléia prefiro dizer cinco palavras com a minha inteligência para instruir também aos outros, a dizer dez mil palavras em línguas” (1 Cor 14,19). Como é difícil discernir, na prática, entre inspiração do Espírito Santo e os apelos do
    animador do grupo reunido, não se incentive a chamada oração em línguas e nunca se fale em línguas sem que haja interprete.
    64. Dom da profecia: Na Bíblia, profeta é o que fala em nome de Deus. Significa, pois, um evangelizador. É a comunicação de assuntos espirituais aos participantes de reuniões comunitárias, aos quais se dirigem palavras de exortação e encorajamento. “Aquele que profetiza, fala aos homens: edifica, consola, exorta” (1 Cor 14,3). É um dom para o bem da comunidade e não tem em vista adivinhações futuras.
    65. Haja grande discernimento quanto ao dom da profecia, eliminando qualquer dependência mágica e até supersticiosa.
    66. Em Assembléias, grupos de oração, retiros e outras reuniões evite-se a prática do assim chamado “repouso no Espírito”. Essa prática exige maior aprofundamento, estudo e discernimento.
    67. Poder do mal e exorcismo: Cristo venceu o demônio e todo o espírito do mal. Nem tudo se pode atribuir ao demônio, esquecendo-se o jogo das causas segundas e outros fatores psicológicos e até patológicos.
    68. Quanto ao “poder do mal”, não se exagere a sua importância. E não se presuma ter o poder de “expulsar” demônios. O exorcismo só pode ser exercido de acordo com o que estabelece o Código de Direito Canônico (Cân. 1172). Por isso, seja afastada a prática, onde houver, do Exorcismo exercido por conta própria. Infelizmente é o que vemos nos dias de hoje: jovens que se dizem “carismáticos” cantando e dançando, ao som vazio do ‘funk’, músicas “católicas” dentro das igrejas e, às vezes, até mesmo em frente ao Santíssimo Sacramento, fazem da casa de Deus um espetáculo como num circo e um show, fazendo gritarias e danças anti-litúrgicas. Quantos escândalos são causados por esses que banalizam os bons costumes da Igreja, usando estes meios para “propagar” o Evangelho de Cristo.

  • Wagner disse:

    Eu quero provas mais concretas se esta postagem é realmente correta, se o Papa Francisco realmente disse isso, usando o termo “Batismo do Espírito Santo”. Agora quer dizer que existe dois Batismos dentro da Igreja Católica?

  • Marcos disse:

    Meu Deus tenha misericórdia desse povo. ….Ao invés de comentários que só geram discussões. …Vamos nos unir em oração para que nosão Santo Padre tenha todas a proteção e que Deus aumente cada vez mais o dom da sabedoria nele…..paz e bem à todos

  • Maria Rosilene Braga dos Santos disse:

    Maravilhoso participar de Seminário de Vida, gostaria de receber mais informacões.

  • Rosilda Baía Neres Silva disse:

    Amo minha Igreja!

  • Daniel disse:

    Por favor corrijam o link do vídeo. Pode remover esse comentário.

  • Corina Sousa da Silva disse:

    Eu, uma eterna obediente de meu Senhor Jesus Cristo e crente sem dúvida só tenho a agradecer e agradecer por ser cristã e não tenho palavras por tantas coisas boas q nós somos privilegiadas/privilegiados. Muito obrigada meu Deus abençoe todas as pessoas empenhadas.

  • Maria Ferreira disse:

    AMEN

  • Gabriel Cunha Filho disse:

    Fantástico! Toda Igreja precisar saber disso!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 19 =