Ancoradouro

Há 27 anos morria Daniela Perez; assassino virou pastor

2657 1

A noveleira Glória Perez relembrou neste sábado, dia 28, a morte da filha, a atriz Daniela Perez, em 1992. Daniela foi morta a tesouradas pelo colega de cena, o ator Guilherme de Pádua e sua companheira Paula Thomaz.

Guilherme de Pádua matou a colega de cena a tesouradas. Hoje se tornou pastor de uma denominação evangélica.

Glória publicou um vídeo da filha em 1991 dançando na sala de sua casa. A legenda emocionou os internautas . “Nossa casa já foi assim, só música, dança e alegria”.

Os assassinos de Daniela Perez foram condenados a 19 anos de prisão , mas durante o processo a pena foi reduzida para 6 anos. Guilherme de Pádua virou pastor de uma denominação evangélica em Minas Gerais.

Recomendado para você

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − um =