Ancoradouro

Mangueira samba na cara dos cristãos

A Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira colocou na avenida um enredo e desfile que samba na cara dos cristãos. A agremiação entrou no carnaval da lacração criticando a única instituição que foi liberada para o escárnio dentro da ditadura do politicamente correto.

“Jesus vetin” é apresentado na avenida pela Mangueira.

Você acha possível um enredo carnavalesco mostrando um Gandhi mulher, um orixá cristianizado, ou uma rainha de bateria saltitando para as câmeras com burca e uma Cimitarra? Impossível, não é mesmo?

O politicamente correto proibiu fantasia de índio, branco usar dread, folião se vestir de cigano. A única coisa que pode na cartilha dos ideólogos é utilizar a imagem de Cristo como bem entender e zombar dos cristãos.

A Escola de samba pôs na avenida uma rainha de bateria caracterizada de Cristo mulher, um jesus “vetin” foi içado na cruz que passou na avenida dos zombadores. Nada muito diferente do que acontecera há dois mil anos.

Não podíamos esperar coisa diferente do carnaval. Para o próximo desfile certamente os carnavalesco já estão elucubrando sobre qual parte do cristianismo vão escarnecer. Eles contam com o apoio da maior parte da opinião pública, embora o brasileiro comum desaprova cada vez mais esse tipo de desrespeito travestido de crítica social.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *