Ancoradouro

“Tempo de calma e obediência”, diz arcebispo de Fortaleza em pronunciamento

Na manhã desta quarta-feira, dia 18, o arcebispo da Arquidiocese de Fortaleza, Dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, fez um pronunciamento através de live reforçando o que já havia orientado em carta aos fiéis do rebanho e ao clero arquidiocesano. O arcebispo lembrou que devemos aprender com São José, santo padroeiro do Ceará , a obedecer as recomendações das autoridades da saúde. Dom José ainda reforçou que não é tempo de “pânico ou susto”, mas de “calma e obediência”.

Publicado por Arquidiocese de Fortaleza em Quarta-feira, 18 de março de 2020

Acompanhe o que disse o arcebispo (mantido o tom coloquial)

Neste momento que nós estamos vivendo, seja de Campanha da Fraternidade que nos chama àquela responsabilidade cristã de olhar para o outro, ter compaixão e de cuidar. Nesse momento em que nós vivemos uma pandemia viral que contagia as pessoas e pode levar, infelizmente, até a morte pessoas mais frágeis, idosas, pessoas em condições de saúde não ideais…

Nesse momento nós somos chamados a ter a responsabilidade para obedecer todas as orientações que são dadas pelas autoridades de saúde, por isso, todos nós nos tornamos responsáveis, de, vivendo         a caridade quando nós obedecemos, mesmo [quando] dentro do nosso coração achando que não teria problema , nós obedecemos tudo aquilo que são as orientações médicas.

Por isso é que muitas Missas serão canceladas ao público, por isso é que o sacerdote celebrará a Missa, algumas que serão transmitidas por rádio ou tv, mas poucas pessoas podem estar ali. Não podem estar muitas na Igreja porque a orientação é que as pessoas não cheguem muito próximas, não se toquem, não se abracem, não se deem as mãos e fiquem uma distância de mais de um metro uma da outra para não haver o contágio através da saliva , do hálito, do toque.

As celebrações litúrgicas não terão o abraço da paz, a Comunhão será sempre –  sem nenhuma dispensa – na mão dos fiéis – para que o dar na boca seja o motivo – pelo hálito, ou pela saliva ou toque de um ao outro, possa ser veículo de contaminação. Todas as pessoas devem estar atentas. As Missas não deverão aglomerar pessoas, as Igrejas não poderão ficar cheia de pessoas, por isso muitas serão canceladas.

Os idosos e doentes fiquem em casa , rezem em casa, sigam pelo rádio e pela televisão ,sigam  pela internet, mesmo nesses dias de festa de são José porque o próprio são José nos deu exemplo. Quando foi preciso fugir para o Egito para salvar o Menino que estava sendo perseguido de morte São José deixou tudo e foi fazer aquilo que tinha que fazer. São José nos ensina a ser obedientes, obedientes a Deus, obedientes ao amor e cuidado do próximo.

Por isso nós queremos louvá-lo assim e ele, sem dúvida, nos ajudará a vencer com solidariedade, vencer com caridade, com responsabilidade essa grande dificuldade que a humanidade está passando no mundo inteiro. Não é motivo de pânico e de susto, mas momento de calma e de obediência; de calma e de responsabilidade.

Todos nós rezemos, nos unamos a pedir a Deus que a sua bênção nos leve a vencer esse momento que passará, mas nos deixará com muitos ensinamentos, ensinamentos de cuidado e de amor por todas as pessoas, por nós, e pelo próximo. Que Deus abençoe a todos: Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo. Amém.

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *