Artesanato da Mente

Ser admirável é muito diferente de ser perfeito

“O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis.”

José de Alencar

**********

Esses dias eu estava relendo essa linda frase do grande escritor José de Alencar e pensei na atualidade da sua mensagem. Nunca vivemos num tempo no qual as pessoas tivessem tanta ânsia, tanto desejo por se tornarem admiradas, elogiadas, vangloriadas, veneradas…

Talvez a prova maior disso sejam as redes sociais, em especial o Instagram, principal rede em 2021. Muitos tentam fazer o possível e o impossível para impressionarem, ou “lacrarem” que é um termo bem da moda! Sempre fico pensando na loucura desse termo “lacração”. O que isso significa? Algo completamente fechado, imutável, impermeável…

Veja como essa ideia pode ser levada pra ideia central desse texto! A palavra perfeição significa “feito por completo” e a palavra admiração significa “mirar pra frente”. Elas têm sentidos absolutamente distintos e quando bem analisados nos levam a perceber que a perfeição não só é impossível, como é danosa, deletéria, destrutiva…

Você quer realmente se colocar como alguém completo, que já sabe tudo, que aprendeu tudo o que poderia aprender, que não tem mais nada a ser melhorado, lapidado, transformado? É perigosa essa perspectiva, porque ela só revela arrogância e acima de tudo, ignorância sobre a vida!

Sempre temos algo a melhorar, a aprender, a transformar em nós! Sempre! E sabe qual é o caminho mais simples e rápido para isso? A admiração das virtudes que queremos desenvolver em nós em pessoas que sejam melhores do que nós nestes pontos de melhoria…

Veja só o que o José de Alencar escreve, determinação e persistência. Ou seja, o poder do querer, da vontade, aliado com a busca constante e ininterrupta por melhoria. Eu tenho cada vez mais levado isso pra minha vida em amplo sentido. Eu admiro muitas pessoas, mas sem querer imitá-las, sem querer ser uma cópia malfadada delas sabe?

Por exemplo, eu amo escrever e me inspiro em diversos escritores incríveis como o Rubem Alves, o Frei Betto, o Leonardo Boff. Eu cada vez tenho buscado melhorar minha alimentação, e venho me inspirando nas maiores referências aqui do Brasil como por exemplo o Flavio Passos, fundador da empresa “Pura Vida” (@puravida.com.br). Quero sempre e cada vez mais melhorar minha comunicação, por isso me inspiro em mestres da comunicação como o Mario Sergio Cortella (@cortellaoficial) , ou o Leandro Karnal (@leandro_karnal) ou a querida Petria Chaves (@petriachaves), da Radio CBN de São Paulo! Quero ser um melhor terapeuta, atuar com cada vez mais ferramentas e objetividade, por isso me inspiro em terapeutas fabulosos como a Vane Aguiar (@vane-aguiarr), o Felipe Rocha da página Xamanismo 7 raios (@xamanismoseteraisos), o Fernando Machado (@fernandomachado_oficial), o Marcello Cotrim (@marcellocotrimoficial), a Maura de Albanesi (@mauradealbanesi) e tantos outros que se fosse citar aqui deixaria esse texto imenso…

Admiração é mirar pra frente, é pegar o que cada pessoa tem de melhor dentro das suas especialidades, levar para a própria vida e assim perseverar nesse caminho de evolução que é eterno. Por mais que melhoremos, sempre temos mais a aprender. Inclusive, até já comentei em textos que a perfeição em termos sutis seria semelhante à morte, ou seja, se você já é perfeito, não faz o menor sentido estar encarnado no planeta Terra, você deveria estar em alguma esfera mais evoluída, com seres divinos e também perfeitos! Percebe como isso é profundo?

Portanto, que a gente busque cada vez mais a humildade para admirarmos as pessoas no que elas têm de melhor, sem jamais querer ser igual a elas ou pensar que são perfeitas, porque ninguém é! Deixe essa ideia louca de “lacração” apenas para os que ainda não compreenderam que essa ideia só pode levar à frustrações e ilusões! E quem sabe, ao levarmos isso de coração pra nossa vida, não sejamos nós também exemplos para os outros? Quanto mais sinceros, honestos e verdadeiros formos, mais poderemos ser pessoas admiráveis também para os que veem nossos valores e aprendem com eles! É assim que eu penso ser um bom caminho de evolução e melhoria de todos nós como sociedade…

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *