Blog do Leão

Massa de bolo

115 31
Zagueiro Charles foi o destaque da zaga tricolor

Zagueiro Charles foi o destaque da zaga tricolor

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caros tricolores, pela segunda vez no campeonato perdemos para nosso maior rival. Desta vez até que poderíamos ter melhor sorte, mas de novo as chances claras de gols foram pulverizadas pelo grito de “-Uuuuhhh”.
O primeiro tempo foi extremamente fraco, não demos um chute a gol, enquanto o adversário teve uma chance clara que o zagueiro Charles salvou em cima da linha. Lúcio saiu machucado aos 20 minutos de jogo e o treinador Hélio dos Anjos preferiu colocar mais um volante em campo. Lucas entrou e não agradou ninguém, nem mesmo a Hélio que reconheceu o erro sacando o próprio Lucas para a entrada de Jaílson. Edinho também entrou no decorrer do jogo e foi um dos motivos da melhora ofensiva do time.
Quando no segundo tempo, começamos a ocupar perigosamente o campo do adversário e até com boas chances de gol, perdemos Esley pelo segundo amarelo. E foi exatamente neste período de inferioridade numérica que saiu o único gol do jogo. Depois disso o que se viu foi uma pressão tricolor mais na base da vontade do que na tática ou técnica, em vão. A falha nas conclusões selaram definitivamente a sorte do jogo.
A missão agora é mais árdua que nunca. Mesmo com o time limitado, cansado e desanimado, crescer depois de tanto nos baterem, igual uma massa de bolo…

 

Fortaleza 0x1 Ceará
Data: 14 de abril de 2013
Local: Arena Castelão
Árbitro: Luzimar Siqueira
Assistentes: Thiago Brigido e Armando Lopes
Renda: R$ 228.005,00
Público Pagante: 15.092 pessoas (1.000 não pagantes)
Cartões amarelos: Assisinho, Jackson Silva, Esley, Fabrício e Edson Souza (Fortaleza); Eric, Mota, Ricardinho e Potiguar (Ceará)
Cartões vermelhos: Esley (F), Eric (C) e Potiguar (C)
Gols: Lulinha, aos 15 minutos do 2º tempo

FORTALEZA
: Flávio; Charles, Fabrício e Ronaldo Angelim (Edinho); Edson Souza, Jackson Silva, Esley, Lúcio (Lucas) (Jaílson) e Marinho Donizete; Assisinho e Edson Santos. Técnico: Hélio dos Anjo

CEARÁ: Fernando Henrique; Potiguar, Rafael Vaz e Douglas; Eric, João Marcos, Lulinha, Ricardinho e Vicente; Magno Alves (Pingo) e Mota (Gabriel). Técnico: Leandro Campos