Blog do Leão

Uniclinic 2×3 Fortaleza – Um leve sufoco

131 24

 

Dudu subiu mais alto que a zaga e marcou o gol da vitória. Foto: Nodge Nogueira

Dudu subiu mais alto que a zaga e marcou o gol da vitória. Foto: Nodge Nogueira

 

Caros tricolores, Fortaleza e Uniclinic fizeram um jogo movimentado na Arena Castelão. Diferente dos outros times considerados pequenos, a equipe do treinador Maurílio parece não treinar somete a defesa. Marcando a saída de bola com três jogadores no campo leonino, concatenando as subidas dos laterais e com os volantes apoiando com a posse de bola, a Águia da Precabura surpreendeu no primeiro tempo, jogando e deixando jogar. Pelo pouco que vi, chego até a apostar que o Uniclinic é favoritaço pra abocanhar a vaga na Série D.

Everton abriu o placar numa inteligente cobrança de falta, logo depois bola cruzada e empate no placar.
Anselmo carimbou mais uma pra dentro, 2×1. Logo depois, bola cruzada e empate no placar.

E quando o tempo fecha, sapo prevê chuva. Assim, o leão voltou mais precavido para a etapa final . Flávio corrigiu as falhas das bolas cruzadas na nossa área e Dudu Cearense, que evolui jogo a jogo, fez o dele, fechando o placar em 3×2.

Os três pontos dão certa tranquilidade ao Flávio, que já pensa em poupar alguns titulares nas próximas rodadas visando a aproximação da Copa do Brasil e do Nordestão. Mas isso é um capítulo posterior. Agora o foco é aproveitar o leve sufoco sofrido na primeira etapa do jogo e trabalhar as  em cima dos pontos fracos.

Avante, Leão!

 

Uniclinic 2 x 3 Fortaleza

Arena Castelão

Data: 31/01/2016

Árbitro: Avelar Rodrigo (CE)

Gols: Uni – André Lima e Diogo ; For – Everton, Anselmo e Dudu Cearense

Cartões amarelos: Uni – Leanderson, Lucas Mendes, Preto, André Lima ; For – Dudu Cearense

UNICLINIC: Alex; Douglas (Lucas Mendes), André Lima, Vitor e Guto; Guídio, Leanderson, Diogo e Enercino; Val Paraíba e Preto. Técnico: Maurílio.

FORTALEZA: Erivelton; Felipe (Pio), Edimar, Max Oliveira e Jean Mota; Corrêa, Dudu Cearense, Elias, Daniel Sobralense (Juninho) e Éverton; Anselmo. Técnico: Flávio Araújo