Blog do Leão

De olho neles – O raio X da Czona 2017

301 20

 

 

 

 

Caros tricolores, enquanto nossos dirigentes cuidam do matagal sombrio que tomou conta do nosso quintal, vamos dar uma leve espiada nos quintais alheios, pra ver se já tem algum com grama bonita.

O “De olho neles” desta temporada da Série C vai abranger os dois grupos. O Blog do Leão vai te dar uma visão geral de como estão atualmente os outros 19 times que compõem a terceira divisão nacional. Preparados? Então, vamos lá! Liguem o zicador no máximo e caprichem no mal olhado:

Vamos começar pelo nosso grupo.

Remo
Nosso adversário da estreia também coleciona eliminações precoces em 2017. Eliminado na primeira fase da Copa do Brasil pelo Brusque-SC e da Copa Verde pelo Santos do Amapá com um vergonhoso 3×0 em Macapá, o Leão Azul pelo menos conseguiu reverter uma desvantagem na semifinal do Campeonato Paraense diante do Independente e proporcionou uma classificação heroica nas penalidades. O time azulino fará a final do estadual contra o rival Paysandu.
O treinador Josué Teixeira tem Eduardo Ramos e Flamel como os pilares da equipe. Eduardo Ramos foi acusado de faltar a tratamentos médicos, e na possibilidade de perder o jogador, a diretoria remista contratou vários outros reforços: o zagueiro Bruno Costa, o volante Marcelo Labarthe, o meia-atacante Mikael e os meios-campistas João Paulo e Danilinho. E dizem que vem mais pacotão por aí.

 

Sampaio Corrêa
Eliminado também na 1a fase do Nordestão, a Bolívia Querida teve melhor sorte na Copa do Brasil, depois de eliminar São José-RS e Guarani de Juazeiro, caiu na terceira fase para o Internacional. No Maranhense, ficou fora das finais do 1o turno conquistado pelo Cordino, e agora está na final do 2o turno contra o próprio Cordino. O campeonato está paralisado por causa de reclamações no TJD, pra variar.
O treinador Francisco Diá tem em suas mãos um elenco bem mais pobre que o que éramos acostumados a ver no Sampaio nos últimos anos. Os volantes Diego Silva e Valderrama, o zagueiro Alex, o lateral-direito Roniery e o meia Daniel Barros são alguns dos que compõem o atual elenco.

 

Moto Club
O outro maranhense do grupo vive momento mais complicado que o rival. Lanterna do nosso grupo no Nordestão e eliminado da Copa do Brasil pelo São Paulo ainda na 1a fase, o rubronegro também ficou pelo caminho no estadual e, assim como nós, está fora da Copa do Nordeste do próximo ano.  O atual técnico é Marcinho Guerreiro que substituiu Marcelo Vilar. O volante Jerson, o zagueiro Luis Fernando e os atacantes Sílvio e Paquetá continuam no elenco.

 

Botafogo-PB
O Belo também começou o ano com fracos desempenhos nas competições da CBF. Eliminado pelo São Francisco-PA na 1a fase da Copa do Brasil e lanterna do seu grupo no Nordestão, o representante paraibano passeou na fase classificatória do estadual, atropelou o Atlético de Cajazeiras na semifinal e fará a final contra o rival Treze, até com certo favoritismo. Será a quinta final consecutiva do time que atualmente é comandado por Itamar Schulle e que tem como base da sua equipe o goleiro Michel Alves, o zagueiro Plinio, o lateral Lito, o meia Marcinho e o atacante Rafael Oliveira.

 

Salgueiro
O ano começou sem boas perspectivas para o Carcará. Fora do Nordestão 2017 e eliminado pelo Sinop-MT na 1a fase da Copa do Brasil, o time do sertão pernambucano se recuperou e faz bela campanha no estadual. Liderou toda a fase classificatória, eliminou o Santa Cruz na semifinal e fará a decisão contra o poderoso Sport. O time do treinador Evandro Guimarães é sempre difícil de ser batido no Cornélio de Barros. O goleiro Mondragon e o lateral Marcos Tamandaré são as figurinhas carimbadas do elenco.

 

CSA
O Azulão busca recuperar o tempo perdido. Recém chegado da Série D, o time do treinador Oliveira Canindé tem no meia Didira seu principal jogador. Com fracas campanhas na Copa do Brasil e Nordestão, a equipe alagoana está na final do estadual contra o rival CRB. A Série C é vista como um ressurgimento do time no cenário nacional.

 

ASA
Velho conhecido de outras temporadas, o ASA começou o ano de forma empolgante. Eliminou Ferroviária-SP e Coritiba na Copa do Brasil e caiu para o Paraná somente nas penalidades. No estadual, empatou o clássico da semifinal com o CSA por 1 a 1, em Maceió, e foi eliminado em casa, perdendo uma invencibilidade de 20 partidas. E agora, disputará o terceiro lugar com o Murici por uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem. O treinador Maurílio tem no conhecido atacante Leandro Kível sua aposta no poder de fogo da equipe alvinegra.

 

Confiança
O time sergipano começou 2017 disputando apenas o campeonato estadual. E pelo menos até agora permanece com o objetivo alcançável. Classificado para a final contra o Itabaiana, o Confiança garantiu o calendário de 2018. A equipe do treinador Leandro Sena e do fabuloso lateral Radar tem modestas pretensões para o Brasileiro. Mas é bom ficar de olho.

 

Cuiabá
O Dourado, eliminado na primeira fase da Copa Verde pelo Rondoniense, fez boa campanha na Copa do Brasil, passou pelo próprio Rondoniense na 1a fase, eliminou a Ponte Preta dentro de Campinas na segunda e foi eliminado pelo Goiás já na 3a fase. No estadual, passou pelo rival Luverdense na semifinal e vai decidir o título com o Sinop.
A equipe comandada pelo técnico Roberto Fonseca não tem grandes destaques individuais e conta com o atacante Juba, ex-Macaé em seu elenco.

 

Vamos agora dar uma escavacada no grupo B

Botafogo-SP
Depois de quase conseguir o acesso no ano passado, a Pantera vem para uma nova tentativa. O time do treinador Rodrigo Fonseca foi bem no Paulistão onde foi eliminado nas quartas pelo Corinthians. Manteve a base. Perigoso.

 

Bragantino
Comandado pelo atacante Rafael Grampola que veio do Gama, a equipe de Bragança está disputando a Série A2 do Paulistão. Classificada na 1a fase em quarto lugar, o Bragantino vai disputar a semifinal contra o líder Água Santa valendo não somente a vaga na final, mas também o retorno à elite do Paulistão em 2018 ( somente o campeão e o vice sobem). Vamos ficar de olho.

 

Mogi Mirim
O antigo Carrossel Caipira vai mal das pernas. Com uma péssima campanha na Série A2 do Paulista, o Mogi terminou a competição na vice lanterna e acabou rebaixado pra Série A3 em 2018. Com o zagueiro Gilmak e o meia Edinho em seu elenco, o Sapão deve reformular tudo e começar do zero para a Série C.

 

São Bento
Com o objetivo de se manter na Série A1 do Paulistão alcançado, o Bentão já começa a pensar na Série C. O lateral-direito Muriel, de 29 anos e Mateus Müller, que esteve no clube em 2016 durante o Paulistão já assinaram. Para o ataque, os contratados foram: Ortigoza, de 23 anos, que jogou a Série A2 do Paulistão pelo Mogi Mirim; Hudson Batista, de 25 anos, que estava no Macaé; Caio Cézar, de 21 anos, que atuou pelo Volta Redonda e Anderson Cavalo que jogou a Série D do ano passado no próprio São Bento. Forte concorrente.

 
Macaé
Afundado numa crise sem precedentes, o algoz tricolor em 2014 ameaçou abandonar a competição recentemente. O presidente do clube alega que falta grana pra oficializar a contratação de mais de 20 jogadores já acertados, e pra completar a zica, o estádio Moacyrzão está longe de conseguir todos os laudos para liberação. Ah, coitado.

 

Volta Redonda
A outra equipe carioca vai muito bem, obrigado. O Voltaço manteve a base do Carioca e já faz a intertemporada com treinos e jogos amistosos. O time do treinador Felipe Surian venceu o Serra Macaense por 1×0 com gol do meia Higor Leite e já tem outro amistoso marcado contra o América-RJ. De olho no campeão da Série D.

 

Tombense
Após fazer razoável campanha no Campeonato Mineiro, competição em que terminou na sétima colocação, o Tombense manterá grande parte do elenco alvirrubro para a sequência da temporada. Atletas importantes, como o goleiro Darley, os zagueiros Anderson, Welington Carvalho e Matheus Lopes; o lateral-esquerdo Oliveira, os volantes Pedro Castro e Natan, os meias Jonathan e João Paulo, e os atacante Daniel Amorim e Tauã permanecerão para tentar manter a equipe forte na Série C.

 
Tupi
Diferente do seu conterrâneo, o Tupi não contará com boa parte dos jogadores que disputaram o Mineiro. Flávio Caça-Rato, Jajá e Ruan Teles marcaram seis dos oito gols do Tupi na temporada e não ficam pra Série C. O treinador Ailton Ferraz já solicitou reposição à diretoria, mas deixou claro que confia nos jogadores que irão permanecer. É uma incógnita.

 

Joinville
Depois de temporadas atribuladas e terminar o Catarinense 2017 em 5o lugar, para tentar recuperar a auto estima e retornar à Série B, o Jec vai reforçar o elenco com jogadores da região. O atacante Thiago Alagoano do Cruzeiro-RS e o meia Daniel Costa do Tubarão-SC são os discretos possíveis reforços do tricolor.  Apesar de tudo, tem camisa.

 

Ypiranga-RS
O ano não começou bem para o Ypiranga. Na Copa do Brasil acabou eliminado na primeira fase pelo PSTC-PR. No Gauchão, o time de Erechim foi pior ainda e é uma das equipes rebaixadas para a segunda divisão em 2018. O canarinho deve refazer o elenco, mas por enquanto só anunciou uma novidade: o meia Safira do Almirante Barroso-SC. Deve brigar lá por baixo. Amém.

 

E é isso aí. Obrigado pela leitura, que venha maio e… seja o que Deus quiser 🙂

 

 

 

 

 

 

 

20 Comentários

  • Sérgio Filho disse:

    Acredito que esta será a série C mais fraca dos últimos 5 anos. Se tivéssemos ou se montarmos um time pelo menos razoável, teremos chances enormes de avançar nesta competição, pois tanto no nosso grupo quanto no grupo adversário, não tem nenhum time com uma camisa muito pesada nem um time muito bom.

    Acredito que, ao contrário dos últimos anos, o grupo A estará mais forte que o grupo B. Cabe ao Fortaleza tirar proveito disso e sair logo deste inferno.

  • Barroso disse:

    E lá vamos nós, mais 1 ano nessa bendita Série C…….

  • XAVIER disse:

    Acontece que os times fracos, com camisas “leves”, tipo Altos do Piauí, São Raimundo Pará etc, etc têm encarado nestes últimos tempos o FEC de igual para igual e terminam ganhando. No mata-mata não existe favoritismo. É chumbo grosso e os amarelões não vencem. Tá provado por a + b. Por isso, não me anima saber como estão Asa, Salgueiro, Moto Clube e outros bichos. Qualquer um desses no mata-mata encara o nosso Leão com gosto de gás e terminam com o acesso e nós chupando o dedo.ST

  • Carlos Cavalcante disse:

    Analisando o que os adversários do nosso grupo fizeram até agora, vc ver como está nivelado (por bem baixo) o grupo. Talvez os que vivam um melhor momento seja o Salgueiro que eliminou o Santa do estadual seguido do Botafogo – PB, esse comandado pelo bom técnico Itamar Shurlle.

    No grupo B concordo com sua análise Elenilson, Botafogo-SP e São Bento/SP foram bem no melhor campeonato estadual do país. Para quem acompanha a segunda do paulista, viu que o Bragantino tem um time ajustado e o Volta Redonda foi bem no carioca. O Joinville é o mais tradicional e pode chegar tb, o restante vejo abaixo desses citados.

    Mas como os mecenas tricolores afirmaram nessa semana que não poderão errar mais nos reforços (como se nos anos anteriores pudessem), esperamos que venha jogadores de qualidade, pq o primeiro centro de inteligência formado no início do ano para contratação de jogadores foi uma piada de mau gosto.

    ST.

  • GABRIEL disse:

    Tudo bem, dá tranquilamente pra qualquer equipe passar pra frente, principalmente o Fortaleza, que sempre e sempre é o maior clube da Série c.
    Isso não conta ponto. O jogo tem que ser jogado, e ganho, em campo.
    Não adianta ser o time mais visto pela TV na Série C nem ser o mais bem pago, se não tiver homens de verdade pra se doar em campo, não adianta nada.
    FORTALEZA É TIME DE SÉRIE A, como disse o Zico, onde mora um filho dele, na quarta maior Cidade do Brasil.

  • Flávio disse:

    O que mais me intriga é que o Fortaleza foi eliminado nas três competições que participou por times é fracos e I nexpressivos.
    Que time é esse sem raça e organização?
    Cadê os homens do time? país de família e atletas?

  • João Ximenes disse:

    … FORTALEZA ESPORTE CLUBE

    Começou o ano “acoitado” pela pixotada que deu no ano anterior(desmonte); começou o ano enfrentando um Ferroviário feito nas coxas levando dois gols de cara e conseguindo um empate na base do “TEMOS DE PRESTAR CONTAS”; conseguiu se classificar se arrastando na 2ª colocação geral que lhe deu a chance de pegar o 5º colocado que acabou sendo esse mesmo Ferroviário feito nas coxas que quase não consegue entrar(combinações de resultados); jogou TRÊS vezes pra definir a sua vida com esse mesmo Ferroviário feito nas coxas e não conseguiu vencer nenhuma. Ou seja, não bastasse o baixo nível do campeonato local, conseguimos ainda, perder pra time que não perdíamos a 300 anos(Tiradentes); ainda conseguiram ficar de fora do Nordestão e Copa do Brasil jogando contra “times” do mesmo nível dos times do campeonato tupiniquim, no que acarretou num 2018 de cueca na mão pra se virarem no ano do seu centenário.

    Fizestes um grande trabalho meu caro ELENILSON quando demonstrastes aqui o nossos adversários da Czona, e ainda deu de lambuja o diagnóstico dos adversários futuros(grupo B), que em chegando lá nos dará a chance de sairmos de vez deste maldito atoleiro.

    Problema maior nessa trajetória de OITAVO ANO na Czona, pelo menos em QUATRO delas o maior adversário foi o próprio Fortaleza Esporte Clube que teve a chance de DECIDIR A SUA VIDA JOGANDO EM CASA(Boa, Sampaio, Brasil e Juventude – RS), por UM mísero gol sem levar de volta.
    Chances reais tivemos ano passado quando ANULARAM gol legítimo nosso em Caxias – RS(gol do Sobralense), mas também, JAMAIS SABEREMOS se não levaríamos a virada aqui dentro do Castelão(pra variar a dúvida).

    A direção do Clube, espero, também devem ter essas informações dos adversários expostas aqui por você hoje(grande iniciativa). Problema é a INTERPRETAÇÃO que eles vão fazer quanto a situação atual de cada adversário, TENTANDO tirar proveito a cada jogo e da FORMAÇÃO de um TIME que venha a fazer com que a IMPRESSÃO deixada até aqui tenha, ou vá “simbora” com quem vai ser dispensado.
    Pra um ano como esse… SÓ MESMO UM ACERTO MUITO GRANDE NA REFORMULAÇÃO.

    Hoje, depois de um começo de temporada DESASTROSA, esperar, torcer e REZAR vai ser “de novo” a nossa sina.

    ESPERAR É A NOSSA SINA !!!!!

  • Raul Alencar disse:

    Elenilson, não adianta dizer isso ou aquilo, se o time adversário é fraco ou forte, porque nesses últimos anos quem desclassifica o Foetaleza são os times pequenos e fracos. Que, quando jogam contra o Fortaleza, esses mesmos times ditos fracos se agigantam e o Leão, ao contrário, definha e amarela; frustrando a maior galera do estado, tanto nos estádios, quanto nas ruas e aos espectadores e telespectadores cearenses.

  • Jackson Carvalho disse:

    Elenilson, você é contra ou a favor da reforma da previdência?

    Elenilson Dantas
    kkkkkkk. Macho, eu quero é uma reforma de providências

  • Carlos Cavalcante disse:

    O novo Conselho Gestor ficará para a próxima semana, até lá virá contratações??

    Creio que não, pois tem que primeiro ir cobrindo o rombo deixado por essas contratações do início do ano, isso quer dizer que, mais uma vez iremos iniciar a competição sem um grupo pelo menos 90% fechado, realizando as contratações no decorrer dos jogos.

  • YURI disse:

    Esses diretores do Fortaleza morrem e nao aprendem a contratar técnicos e jogadores. Vêm mais pernas de pau por aí, galera. Aguarde.

  • Helio disse:

    JORGE MOTA: PROVE QUE AMA O FEC E SAIA LOGO!

    Já que não há tempo para fazer outra eleição, chama o Renan para ser o Presidente de fato, e deixa o Jorjão como figura decorativa, tipo rainha da Inglaterra. Sem direito a dar pitaco e mostrando o rombo que precisa ser coberto. Está provado que o Motão é apenas um pouco melhor do que o Baquitão. Ô dois presidente ruim da molesta!!!!!!!!!

  • OSCAR JÚNIOR disse:

    DO JEITO QUE A COSIA ESTÁ, NINGUÉM QUER AJUDAR. PRIMEIRO PELO ALTO VALOR NECESSÁRIO E SEGUNDO POR QUE NINGUÉM QUER TRABALHAR AO LADO DO INCOMPETENTE JORGE MOTA, SÓ A RENÚNCIA OU UMA LICENÇA PODERÁ NOS DAR UMA ESPERANÇA DE DIAS MELHORES NO SEGUNDO SEMESTRE DESTE ANO, SENÃO ADEUS. POR FAVOR JM, SE VOCÊ REALMENTE QUER O BEM DO NOSSO LEÃO, TOME UMA ATITUDE CERTA E DEIXE O FORTALEZA……. TÁ DIFÍCIL!…

  • Sérgio Filho disse:

    Elenilson, é verdade que existe uma dívida de mais de 3 milhões de reais, e a diretoria não está podendo contratar ninguém, pelo valor desta tal dívida?

    Elenilson Dantas
    Não procede

  • FABIANO disse:

    ETERNAMENTE LEÃO DE AÇO!

  • João Ximenes disse:

    Últimas:
    Depois dos fracassos em competições na temporada até aqui, foi traçado um PERFIL de jogadores pra Czona, segundo a direção de futebol:

    “A gente não deve trazer atleta muito jovem, com poucos jogos como profissional, que venha pra ser aposta, para ir desenvolvendo aos poucos. Não necessariamente queremos jogadores maduros (em relação à idade), porque tem cara de 25 anos que já é rodado, como o Adenílson, por exemplo. Tem o peso no critério de decisão. Se tem dois jogadores com perfil, salário e extra campo parecidos, por exemplo, conhecer a competição vira critério de definição.”

    Marcelo Paz.

    E essa agora… QUENTINHA:

    “Em rede social, vice do Fortaleza Evangelista Torquato confirma renúncia da atual diretoria executiva.”

    “Tem um grupo novo que tá vindo com novas ideias para o clube. Os resultados não vieram e depois de muita insatisfação chegou-se a essa situação. É para dar uma resposta. Infelizmente as coisas não deram certo e tem que mudar”,

    Jorge Mota

    Abriram ?????

  • Josiney Castro (Morada Nova) disse:

    Me oponho a ler esses comentários. Tudo é passado e um passado bem distante! Vamos “negrada” se atualizar. Bora Elenilson, mudar a página. Corra meu “querido” pois estamos vendo um holofote no fim do túnel!

    Elenilson Dantas
    Aguardando só os pronunciamentos oficiais

  • Josiney Castro (Morada Nova) disse:

    A estas alturas, 14:00hs do dia 02/05, eles que procurem fazer um Raio X do nosso “poderio” no transcurso da série C. Ribamar Bezerra e Delfino Neto não aceitam mediocridade, não!

  • Antonio de Oliveira Sousa disse:

    Ainda bem que o presidente saiu, pois seu projeto era baixar nosso time pra série D.

  • ver o zé do gol que era esperança, deu mais problemas do que competencia, uma espécie de pio que não nos faz falta, precisamos de jogadores que joguem com amor,

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *