Blog do Vozão

Ceará 2×1 Tupi – Fez o que lhe cabia

2076 36
Bill abriu o placar para o Vozão (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

Bill abriu o placar para o Vozão (Foto: Christian Alekson/CearaSC.com)

O time fez o que lhe cabia e venceu a partida, mesmo diante de um adversário fraco, e não é por menos que já está praticamente rebaixado. Tudo bem que o time venceu, mas, cá pra nós, o futebol apresentado na partida continua o mesmo, fraco e sem brilho, vencendo mais pela fragilidade do adversário do que por méritos próprios.

O Vozão repetiu o que já havia feito na última partida em que jogou em casa. Fez um primeiro tempo suficiente para garantir a vitória, abrindo dois a zero, sem que o adversário demonstrasse força para reagir, para no segundo tempo voltar a ser aquele time molenga, sem ânimo e, para não perder o costume, tomar um gol, sendo em seguida sufocado até os minutos finais.

Mesmo vencendo, pelo futebol apresentado, pelas palavras dos jogadores nas entrevistas ao final do jogo, aquela do ”um por cento de chance e noventa e nove por cento de fé”, parece ficar mesmo apenas nas “hashtags” das redes sociais, pois, acreditar em acesso com esse futebolzinho, restando apenas quatro jogos e ainda por cima torcendo contra vários times, só para os mais otimistas dos otimistas, dos otimistas.

Confira lances da partida.

Confira a ficha técnica do jogo AQUI.

Respeito é bom e o torcedor gosta.

36 Comentários

  • Rocha disse:

    Pelo menos escapamos de vez do rebaixamento, acho q agora a diretoria ja poderia comecar a pensar no ano de 2017 e largar o osso, e deixar pra alguem mais competente tomar a frente do vozao .

  • Os pereba ganharam mais uma
    E desta vez foi do fraco Tupi
    Já tem neguim falando em acesso
    E é agora que nós vamos subir
    Acorda, meu fí, isso é um sonho
    Porque com esse time bisonho
    Nós escapamos foi de cair.

  • alberto t disse:

    Olá gente, rapaz, hoje o blogueiro tava a fim da coisa mesmo, abriu a manchete do jogo foi cedo, muito bom assim, nada de deixar lá prá segunda ou terça etc e tal (brincadeira a parte sr blogueiro); eu mesmo ñ vi o jogo, mas pela narrativa do blogueiro, deve ter sido um porre mesmo, qdo o time tava ainda motivado com o desejo de alguma coisa já era de lascar, qto mais agora sem inspirar mais nada, aafffiii, mas tinha gente q dizia q o time era bom e q uma vaga era nossa, inclusive o empresário dos refugos como falou o CÉSAR, sabes q tem mesmo sentido César; minha campanha vai ser a mesma da maioria, q é unânime, pela queda ou renúncia do ROBÃO e corja, é por isso q os bichim protegem o homi até debaixo dágua e fogo, mas também, quero se o ROBÃO cair, aí ele s vão empurrar refugos em quem, entendeu César; também acho q o vozão deveria devolver esses refugos logo aos seus donos e ficar só com a base e preparar assim já pro manjadinho do próximo ano; fico a mim perguntar, como será a tortura assistir esses 4 jogos restantes? mas o ROBÃO falou q uma vaga certa era nossa e o time era bom, quero ver o q ele e corja vai dizer, quero ver em? fora ROBÃO, nunca fomos de Czona, mas de azona nas mãos deles também nunca seremos(o homi falou), aqui é bom demais, o blog verdadeiro da família alvinegrakkkkkkkkkkkkk, valeu.

    Não fui ao jogo, rsrsr
    WC

  • alberto t disse:

    Leia, quero VER se o ROBÃO…

  • Vitor Nobre disse:

    Temos do lado de fora um treinador sem repertório,só tem uma forma de jogar,time desprotegido,desequilibrado e exposto,não vamos a lugar nenhum,mais uma vez vamos morrer na praia.

  • MILTON disse:

    Caros Alvinegros, esse time é cara do Robson Pirulito e dos seus babões tipo o MST, o time é fraco o treinado é fraco o presidente só quer saber em se manter na serie B , pois na B zona é mais fácil de ficar engando os ZÉ RUELAS com falsas promessas, sempre prometendo que nesse ano uma vaga ao acesso é do VOZÃO e tome pirulito, quando o time começa da um sinal que pode subir ele larga o pau a contratar refugos e um treinador para se manter na B ZONA em 2017 tomem pirulito novamente e os mesmos babões de sempre o APOIANDO, eita cabras que gostam do PIRULITO DO ROBÃO.

  • César de São Paulo disse:

    O Sérgio Soares queria porque queria entregar o jogo, pois tirar Felipe pra colocar Serginho é pedir pra perder. Quando o Felipe saiu, o certo era ter colocado o Raul, mas novamente o Sérgio Soares colocou à lástima do Serginho, que não acertou um passe, não marcou, não fez nada em campo, além de muita raiva. Ainda bem que o Ceará tem alguns jogadores bons individualmente, pois se dependesse da organização tática e do conjunto do time, nós estaríamos brigando contra o rebaixamento novamente. Quem escuta a entrevista dos jogadores e do Sérgio Soares, pensa que o time depende apenas dos próprios resultados, quando na realidade estamos à 6 pontos do quarto colocado, faltando apenas 4 partidas pra todos. Na minha opinião, o maior problema do Ceará é a falta de um bom técnico, pois mesmo o elenco do Ceará não sendo um bom elenco, poderíamos está brigando pelo o acesso.

  • emidio neto disse:

    O segundo tempo do jogo foi lamentável, reflete a incompetência do Ceará no 2º turno.
    Mas tenho que reconhecer que esse péssimo futebol de ontem não é privilégio do vozão.
    Vi alguns jogos do Náutico e não vi absolutamente nada, ganhou do Ceará com uma idiota cometida pelo Charles nos acréscimos. No jogo ganhou de 2 a 1 com um gol de escanteio e outro de lateral.
    Na sexta-feira o Bahia ganhou do Vila com um gol de falta no começo do jogo e depois não fez mais nada.
    O único time que se pode ainda ver um bom jogo é o Atlético-GO, o resto é muita retranca e muito gol de bola parada. Aliás, esse foi um dos grandes problemas do Ceará, levou muito gol de bola parada, e fez pouquíssimos gols dessa maneira.
    Dentro da mediocridade que impera no futebol brasileiro a bola parada é uma das principais armas dos times brasileiros. Infelizmente.
    No jogo de ontem ficou claro a estratégia da maioria dos treinadores, começa marcando saída de bola, depois que faz um gol volta todo mundo para o seu campo para jogar no contra ataque. Foi o que aconteceu ontem, fizemos 2 a 0 e voltamos no 2º tempo marcando dentro do nosso próprio campo.
    Se eu eu estou jogando dentro de casa tenho um time superior ao adversário estou ganhando o jogo de 2 a 0, o que tenho que fazer ?
    Continuar impondo minha superioridade marcando dentro do campo deles, é isso que se faz e o Ceará não fez.,
    O gol do Tupi mostra toda fragilidade técnica do Charles, observem atentamente o “bote” que ele dá errado e fica vendido deixando o Páscoa só.
    Nem zagueiro juvenil dá um ” bote” daquele, se o Charles em vez de dá o “bote” ficasse parado o atacante não entraria livre como entrou. É triste.
    Vamos fazer nosso planejamento para 2017, esse ano foi lamentável, pelo menos até agora. Se vencermos o Criciúma e dependendo de alguns resultados, podemos até sonhar. Quem sabe !
    ” Pode ganhar pode perder sou vozão até morrer”

  • Bosco disse:

    Temos que ter sorte e competência na escolha de um treinador para 2017.
    Depois do PC em 2009 para subir e do Lisca em 2015 para nos salvar da série alberto T nunca mais tivemos sorte em contratar um treinador.

    Quem fora esse dois nesses dois momentos deram certo? Nem eles mesmo no segundo moento deram certo.

    Até a manutenção do Lisca para o ano seguinte não foi boa.

    Sergio Soares é um treinador que apesar de ter chegado contando com a unanimidade da torcida e da imprensa, desde a vez passada que esteve aqui que eu desaprovei.

    Não sabe armar um time equilibrado que seja eficiente na marcação e eficiente no ataque.
    Não sabe motivr um grupo. Devia ter caído na derrota contra o Sampaio Correira.

    O mais querido é um time que desde a chegada do SS que nunca soube marcar bem. Contra o Bahia ganhamos um gol dado pelo acaso logo de saída. Um ajuda dos deuses do futebol que o mais querido não fazia jus a esse mereimento e o SS não soube aproveitar.

    Nesse momento ele devia ter tirado o Bill que não queria nem correr e ter colocado mais um volante, o Raul, e ter adiantado o Wesclay para jogar ao lado do Lelê para tentar equilibrar a marcação e garantir a vitória ou pelo menos o empate.

    Mas não fez apesar do sufoco que o time tomou e a visível fragilidade da nossa marcação no meio campo que deixava os nossos zagueiros atônitos e o Bahia mostrando que com um pouco de sorte podia golear.

    Mudou tarde demais e errado. Tirou Bill e botou Rafael Costa. Trocou zero por zero. O que vimos foi um sufoco danado até a virada e a aceitação da derrota pela onzena do mais querido que se sentiu incapaz de deter o time do Bahia pela superioridade do meio campo que fez com que o Bahia parecesse um time muito superior. Pura incompetência de um treinador que não ler o jogo.

    Ele não sabe ler o jogo.
    Outro dia foi preciso os dois zagueiros cometerem dois pênaltis num mesmo jogo para ele perceber que o o Everton Pascoa é melhor que o zagueiro que estava jogando.

    Mas a responsabilidade não é só do SS.
    Passamos o campeonato todo sem laterais que cruzem bola para o cabeceio ou que vá a linha de fundo e faça as assistências para o ataque sem que a diretoria buscasse alguém para a as duas posições. isso enfraquece o sistema de ataque de um time.

    Até o Tupi mostrou ter um bom lateral esquerdo ontem. E nós nenhum lateral desde que o Samuel Xavier foi embora.

    É bom lembrar que muitos dos gols decisivos que levamos foram feitos justamente de cabeceios em cruzamentos dos laterais ou faltas alçadas na nossa área como se fossem penaltis de tanta facilidade que os adversários encontram para fazer gols dessa maneira contra nós.

    Isso só pode ser falta de treinamento da defesa. Treinam de portões fechados para a gente não ver que nos treinos o SS não procura corrigir as falhas dos jogos anteriores.

    E levamos inúmeros gols nessas jogadas de cabeceio pela fragilidade de nossos laterais que nem atacam nem marcam. Laterais de série D.

    O engraçado é que não vejo a imprensa falando sobre nessas fragilidades. Metem um pau no time destrutivamente como um todo sem mostrar a parte boa do time. O lado positivo, mas não mostram os defeitos, esculhambam geral. Salvo rarísismos comentaristas que já identificaram essas falhas que a diretoria e o SS nunca viram.

    A gente ver claramente os comentaristas de outros estados mostrarem as nossa falhas e só o SS, a comissão técnica, a gerência de futebol e a diretoria não ver.

    Nenhum time vai a lugar nenhum sem bons laterais e sem bons volantes.

    No ano que subimos para a elite nossos laterais foram seleção da série B.
    Fábio Vidal e Boiadeiro voavam em campo como se fossem dois perigosos atacantes dando assistências.

    No ano seguinte já na elite Heleno, Michel o gladiador, e João Marcos seguravam o tranco. Lacravam a defesa como se fosse o muro de Berlim. Na frente Geraldo sozinho dava as cartas na criação de jogadas e botava eficiência no ataque que não tinha lá grandes nomes. Tinhamos Preto que não estava em boa fase e Amorim que não era esses balaios todo mas não comprometia.

    Voltando a 2016 no primeiro turno chegamos ao segundo lugar pensando em ultrapassar o Vasco jogando com tranquilidade adquirindo gordura porque jogavamos com dois volantes: Richardson e JM e depois com a contusão do João entrou o Baraka.

    Todo time tem que ter equilibrio entre a defesa a criação e o ataque. Cabe ao treinador encontrar esse equilibrio conhecendo o plantel que ele tem.

    Sobre o plantel o Sérgio Soares não pode reclamar pois foi ele quem ajudou a montar.

    Sobre o Tiago Cametá o treinador Sérgio Soares vive elogiando.

    Só ele e o alberto T gostam do Cametá.Acho que foi aquele pênalti que ele fez contra o ‘For D’ e a expulsão contra o Botafogo da Paraiba que nos tirou a vaga na copa do Brasil e outros penaltis que o Cametá fez irresponsavelmente que faz com que o colorido se apaixonasse pelo Cametá.

    Em 2017 com diretoria nova espero que venha um treinador que mude tudo nesse time. Não falo em elenco, mas em tática e objetividade. Que tenhamos um time com laterais que vá a linha de fundo e de assistências ao ataque. Um meio campo criativo, mas que marque.

    Em tempo:
    Porque chamo de ‘For D’?
    Porque de fato eles são um clube de Série D pois se não fosse a entrega de jogo que o CRB fez naquele vergonhoso jogo estariam até hoje na série ‘D’. Até hoje. Atolado na série D sonhado com a série alberto T. Nem na série alberto T ainda não estariam.

  • Bosco disse:

    Assino em baixo o comentário do Vitor Nobre.

    É evidente a incapacidade do SS em ler o jogo e em dá um padrão ao time.
    Todo desequilibrado. Um time que tem um razoavel treinador, por mais fraco que seja o elenco ele mostra um certo equilibrio entre a defesa o meio campo e o ataque. Pode até perder pela qualidade técnica do adversário, mas mostra comando fora de campo.

    Me diagam qual é a diferença entre o plantel do mais querido e o plantel do Atlético Goianense? Para mim nenhuma. Há até uma certa superioridade no nosso.
    Falta comando tático. Nunca conseguimos um padrão de jogo e nunca concertamos nossos erros dos jogos anteriores.

    Na hora de mecher ele se borra todo. Não meche na hora certa como no jogo com o Bahia e meche errado. Uma lástima que só a diretoria não enxerga. Devia ter caido na derrota conta o Sampaio Correia.

    Todos que mudaram o treinador cresceram.

  • F_Neto disse:

    Acredito que estes jogos finais vão ser pra analisar quem deve ficar e quem deve pegar a porta da rua, não dar pra mandar todo mundo embora pois precisamos ter uma base, mas também não adianta ficar com o mesmo time, até pelo psicológico do atleta que vai começar o ano qe vem com a pressão dos resultados ruins na ultima temporda. Acho que o ideal era tentar aproveitar bastante a categoria de base, mesclando com jogadores que do time principal de hoje, pelo menos durante o cearense, jogadores como Raul, lucas, Franklin, Rafinha, trazer de volta o Caio Cesar. Do time de hoje, manteria os goleiros, na zaga( pascoa, Sandro, D Marques), lateral( Cametá), meias( Richardson, J Marcos, F Menezes, Felipe, Wescley e Biteco), ataque(lele e R Costa). Precisaríamos de laterais no mínimo um esquerdo e o resto é o pessoal da base. Pro Cearense e primeiros jogos da Copa do Brasil estaria de bom tamanho!
    Como treinador, gostaria de ver o Fernando Diniz, cara que sempre tem se destacado com times de menos expressão, seria uma boa aposta.
    Bom vamos ver o vai dar até lá!

  • César de São Paulo disse:

    Concordo com você Vitor Nobre, do lado de fora temos um técnico que à cada temporada que passa só regride, tanto tecnicamente como taticamente. É isso aí Alberto T, vamos botar pressão no Robinson e em toda sua corja, pois ou muda por completo ou cair fora do nosso Ceará.

  • alberto t disse:

    E aí BOSCAO, queremos ver tu dizer q já assinou o abaixo assinado pela expulsão do ROBAO, diz é nada, pq será? Tem medo de perder o bico em? Torcedor de diretoria se passando por torcedor do vozao né?

  • Antônio disse:

    Como sempre o Sauber fez um ótimo comentário sobre o novo. Digo que o elenco titular até joga bem no primeiro tempo, quando inicia o segundo tempo que o SS faz as mudanças o time se transforma numa verdadeira buchada, oh time ruim. Como não perco um jogo do Vozao eu estava no castelao e não vi nenhuma manifestação para tirar esse medíocre presidente. Que piada de mal gosto o Alberto Czona dizer que não vou o jogo. Deixe aqui suas gargalhadas. Kkkkk

  • Renato Silva disse:

    Como já afirmei, já joguei a toalha desde a derrota para o lanterna do Sampaio. Os pontos perdidos, em casa, para o time citado eram essenciais para a caminhada rumo ao acesso. Acreditar no imponderável, no improvável n é comigo, além do mais, Qdo chega ao ponto de utilizar os termos “se ganhar os seis jogos. … , é pq a vaca já foi pro brejo há muito tempo.

  • Renato Silva disse:

    Cametá, apesar de muito criticado, penso q ele é um razoável lateral e ainda pode ser útil ao Mais Querido.

  • Bosco disse:

    Concordo com o F_Neto em relação ao Fernando Diniz. Não podemos errar na contratação de um treinador novamente.

    Mas duvido que Fernando Diniz deixe a vitrine do campeonato paulista para vir para o cearense. Descordo da lista de permanência que o F_Neto enumerou.

    Ficaria com os dois goleiros, com os zagueiros Charles, Pascoa, com o pessoal do meio campo todo e no ataque somente o Lelê. Completaria o elenco com a base e só contrataria para a série B.

    Cametá e Sandro entregador de ouro jamais ficari no meu time.
    Sandro ou está no DM ou está entregando o jogo.

  • Bosco disse:

    Precisamos garimpar laterais de verdade para 2017.
    Gostei do lateral esquerdo do time do Tupí de Juiz de Fora.

  • Bosco disse:

    Quem deveria ficar:

    Goleiros: Éverson e Lauro;

    Laterais: Eduardo para reserva, contrataria mais tres;

    Zagueiros: Charles, Ewerton Páscoa, Valdo, contrataria mais quatro;

    Volantes: Richardson, Raul, Diego Felipe, João Marcos, Baraka;

    Meias: Wescley, Felipe, Felipe Menezes, Guilherme Biteco;

    Atacantes: Somente o Lelê.

    Completaria o elenco para o estadual com as promessas da base. As contratações para a série B começariam no início da copa do Brasil onde seriam testadas e depois dispensadas ou incorporadas ao elenco conforme o rendimento.

  • Magal disse:

    Treinador o Fernando Diniz ou carrancudo Givanildo pra boatr moral neste time de molengas.
    Aproveitava os da base pata o ceatense e buscava alguns valores da região. Estes sim trazem o coraçaão na ponta da chuteira. Não trazia mais ninguem do eixo sulsudeste. Estes só vem para farrear nas noitadas cearenses e levar nosso minguado dinheiro.
    Vamos colocar os pés no chão e nada debtrazer vedetes.
    A torcida tambem tem que apoiar e aceitar o regionalismo.

  • LUIZ GOMES!!! disse:

    O que eu não estou entendendo é porque tantas criticas ao Bil afinal ele é hoje o artilheiro da série b e pelo o que eu sei a obrigação de centroavante é fazer gols.
    Quanto ao elenco eu ficaria com os seguintes jogadores:

    Goleiros: Éverson e Lauro;

    Laterais: Eduardo e Cametá;

    Zagueiros: Charles, Everton Páscoa, Valdo;

    Volantes: Richardson, Raul, Diego Felipe, João Marcos ;

    Meias: Wescley, Felipe, Felipe Menezes, Guilherme Biteco;

    Atacantes: Somente o Lelê e Bil.

  • Bosco disse:

    Givanildo já foi contactado varias vezes pelo Evandro e mesmo desempregado por um bom tempo nunca aceitou treinar o Vozão. Ele não gosta da imprensa cearense.

  • Bosco disse:

    Discordo Magal.
    Tem que pesquisar o histórico do jogador e seu comportamento dentro e fora do campo e não o lugar onde ele nasceu.

    Não acho que jogadores do Sul ou do Sudeste venham para cá só para farrear.
    Não é a origem geográfica que faz o caráter do atleta.

    Ricardinho, Magno Alves, Samuel, Rafael Vaz, Everson, Sandro. Diversos jogadores que vieram do sul e se deram muito bem aqui.

    Rogerinho por exemplo é nordestino e sempre foi problemático nos clubes que passou pelas farras.
    O mesmo aconteceu com Clodoaldo prata de casa.

    Recentemente tivemos um atacante da nossa base com muito talento e não se firmou no futebol por causa das baladas. Terminou abandonando o futebol precocemente.

    Falam que Caio Cezar foi para a base do Grêmio para aprender a se enquadrar na disciplina que um atleta precisa ter.

    Tudo é relativo. Quem faz o atleta é o caráter e não a posição geográfica onde ele nasceu.

  • Eugenio Câmara disse:

    FORA, ROBINSON!

    FORA, ROBINSON!

    FORA, ROBINSON!

    Só acredito em alguma coisa melhor em 2017 se essa diretoria mudar…

  • Renato Silva disse:

    O ano já acabou para o Alvinegro. N adianta insistir em continuar com SS e este time q só colecionou decepções. O correto seria mandar embora toda essa cambada de incompetentes, incluindo até a própria diretoria. A ordem é mudança total no Vozao. Para os quatro jogos restantes, do time principal, utilizaria apenas Everson, Cametá, Richarlison, Felipe e Lelê, completando o time com a base, incluindo o jovem Raul, q mesmo fazendo boas partidas foi sacado do time .

  • otoniel disse:

    o Givanildo,nao gosta do pessoal do “Maria Fumaça” (programa).Ele detesta alguns cronistas e radialistas,que a unica coisa que sabem fazer é malhar,criticar e esculhambar.

  • MATA MATA MATADOR ALVINEGRO disse:

    É impressionante ver (ler) hoje os comentários do BOSCO (Boscão, no dizer do Alberto) pareccem ser de pessoas diferentes. No passado ele era um ardoroso “defensor” da diretoria e pra ele tudo estava bem. E agora? Agora seus comentários mudaram da água para o vinho. Por quê? E eu sei lá….

    Outra, esse Cametá parece que tem inúmeros e ardorosos fãs aqui no blog. Chega a ser comovente a defesa que uns e outros fazem desse cidadão que a meu ver até aqui não acrescentou nada ao Ceará. Antes tivesse ficado por lá mesmo de onde ele veio. O cabra só presta pra fazer pênalties desnecessário e levar bola nas costas. É o famoso lateral mochila. Vamos fazer uma gincana aqui para alguém acertar quantos cruzamentos produtivos ele fez para os atacantes.

    E tem mais, o inútil consegue aparecer em quase todas as listas de jogadores para permanecerem no elenco em 2017. Eu só digo o seguinte… querem amargar mais uma vez um ano de decepções em 2017? Então fiquem com esse “grande jogador”. TENHO DITO.

  • Renato Silva disse:

    Parece q no Alvinegro, a ordem é n dá oportunidade aos jovens valores da base. Esta política de discriminação aos jovens valores, para o bem do Mais Querido, tem q acabar. Resta provado q um clube n pode formar sua equipe de futebol somente através de contratações, é muito caro. As categorias de base serve exatamente para fornecer atletas para o time principal. O Santos é vice líder da Elite, sendo q a metade de sua equipe vem das categorias de base.

  • Paulo Victor disse:

    Nos anos anteriores em que o Sergio Soares passou pelo Ceará eu achava ele o cara, pela forma tática ofensiva dele. Mas acho que me enganei. Naqueles tempos arrisco em dizer que tinhamos um otimo elenco e não subimos por grande culpa do Sérgio Soares por ter uma grande dificuldade na leitura do jogo e não saber armar o time para se defender fechando os espaços. Acho que ele tem que rever seus conceitos táticos.

    Assisti o jogo do Bahia contra o Vila Nova. O Vila nova tem um time bem mais fraco que o nosso, más deu uma trabalheira enorme e dispitou de igual pra igual com o Bahia. O Bahia encurralou a gente por que o nosso time é desorganizado defensivamente.

    O Atletico- Go é um time bastante exemplar dentro de campo. Eles não tem centroavante, mas tem jogadores velozes. Eles so jogam marcando do meio campo pra trás e quando roubam a bola saem em contra ataque mortal com um toque de bola refinado. Vão ser campeão desse jeito.

    Sergio Soares so pensa em ofensividade e pedindo pra marcar encima o jogo todo. Não tem jogador que aguente. Dessa forma dele o Ceará dá muito espaço e ainda pior, jogando só com um volante..

  • Carlos H. disse:

    O que me deixa enfurecido, é parte da imprensa dizer que esse timeco com esse treinador de meia pataca, ainda tem chance de acesso. Façam-me cocegas. A última vaga é do Bahia, é só verificar os confrontos restantes.

  • Bfontenele disse:

    Caro F. Neto, muito boa a sua lembrança sobre o Diniz, excelente treinador, agora, claro, discordo de você em relação a alguns jogadores, na minha ótica só ficariam no Vozão: Os dois goleiros já citados, na zaga, só o Pascoa e o Sandro, volância: João Marcos, Richardson, Raul e Diego Filipe, no meio, todos, menos o Serginho, no ataque: Lelê e Bill.
    Mandaria embora, de imediato, Baraka, Cametá e a turma do chinelinho, Biteco (não sei se vale a pena ficar com ele), o Ninja é complicado, pois tem um longo contrato.
    Saudações alvinegras para todos.

  • MAURO VOZÃO disse:

    Dale vozão

  • Magal disse:

    digo que esses foram excessão, mas a diferença de salário faz com o corpo mole dentro do clube aconteça. É ou não verdade?
    Hamilton Melo, Joazinho, Edmar, Coca Cola, Gildo, Croinha, Mimi, Marcos Aurelio, Mangaba. Aluizio Linhares, Carneiro, Alexandre, Charuto, Helio Show, Cicero, não vou citar mais para não ficar enfadonha a leitura.
    Citaria mais uns duzentos daqui e da região que deram certo. Existe os desequilibrados e com má formação nas bases ou receberam influencia de mui amigos

  • MAURO VOZÃO disse:

    Dale VOZÃO, É o que eu queria dizer este ano, mais infelizmente o ano 2016 foi lamentável,
    2016 não temos nada pra comemorar, foi só decepção vergonha e tudo mais,uma diretoria sem planejamento, lembram do começo do ano, formou um time que no cearense, ficou em quinto lugar, lamentável, eu agradeço a Deus pela permanecia na serie B, não adianta subi com essa diretoria, ia ser um ano de muita decepção, 2017 com esses mesmos que hoje fazem o CEARA O MAIS QUERIDO, eu não espero nada de bom, não vou falar do jogo de sábado, porque não fui e não vi pela TV, como não vou mais ao estadio este ano, e nem vou ver pela TV, chega de ter raiva, aborrecimento, QUE DEUS NOS AJUDE.

  • Ainda tem torcedor satisfeito
    E preparando com acuidade
    A relação dos seus perebas
    Que merecem nova oportunidade
    Por mim ficava só uns cinco
    Aqueles que jogaram afinco
    O resto dispensava por ruindade.

  • MOREIRA SÓCIO-TORCEDOR disse:

    Amigos alvinegros.

    A vitória contra o Tupy serviu para uma coisa: fugimos da série Alberto T. Nunca fomos da C mas da A fomos várias vezes, sendo que a última com o Evandro Leitão em 2009.

    Mas o assunto seria a sucessão em Carlos de Alencar Pinto. Quem seria o nome que aglutinaria a grande nação alvinegra. Eu votaria no Franzé Morais o “homem do baú”. Com certeza irá aparecer alguém “com verme na alma” tipo Alberto T para dizer que não presta porque foi deputado por quatro legislaturas quando foi presidente do mais querido. Temos também o Antônio Góis, mas este é prefeito eleito de Pedra Branca. Então vamos eleger o Milton Pirulito. Ah este não é sócio-torcedor e não frequenta estádio há muito tempo. Só nos resta apresentar o então o Dimas Filgueiras, pois este foi tudo no VOZÃO até agora, menos presidente. Pronto é o presidente escolhido pelo Moreira Sócio-torcedor, o,homem que mais entende de futebol no blog, depois evidentemente do Alberto C. Kkkkkkkkkk

    Saudações alvinegras

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.