Blog do Vozão

São Paulo 1×1 Ceará – Um ponto de valor

103 8

Vina novamente não conseguiu repetir suas boas atuações (Foto: Raul Beretta/Cearasc.com)

Depois de duas derrotas seguidas o Vozão voltou a pontuar na competição em um jogo onde o time deixou escapar a vitória nos minutos finais da partida.

Pelo que produziu na partida, principalmente no primeiro tempo, não há motivos para reclamar do resultado, e o ponto conquistado ficou de bom tamanho, diria até que foi lucro, haja vista Richard ter sido o melhor jogador do time na partida.

Agora motivos para lamentar o gol tomado nos minutos finais e ver os três pontos indo embora minutos depois de ter recebido a vitória de bandeja do goleiro adversário é o que não faltam.

E o pior, não foi a primeira fez que o time mostrou falta de experiência para segurar um resultado de vitória. É inadmissível um time cheio de jogadores cascudos tomar gol de empate em jogada de contra ataque no final da partida.

A vitória seria um ótimo resultado, mas o empate foi até bom por tudo que o time não fez na partida. Entre o ótimo e o bom, o ponto conquistado tem seu valor.

Fluminense (casa), Coritiba (fora) e Botafogo (casa), respectivamente, serão os próximos e últimos adversário. Já são três partidas sem vencer. Portanto, é hora do time  voltar a vencer para retornar a primeira pagina da tabela de classificação.

Nada de desamino, é preciso seguir na luta!

Confira os gols da partida.

8 Comentários

  • Neto disse:

    Valeu muito pelo ponto conquistado. Estaremos na sula, que esse ano será disputada em grupos. SA.

  • Dragão Alvinegro disse:

    Elenco fraco, time fraco. Clebão quebrou a bola, substituído por Saulo Mineiro que estraçalhou os pedaços restantes. Vina, desistiu de jogar. Samuel Xavier, desistiu de jogar. Rick, fraquíssimo. Bom, time fraco. Do jeito que vai, seremos ultrapassados pelo maior rival. E ainda falavam em ir para Libertadores. Escapar do rebaixamento já foi um feito espetacular.

    A final, tu assistiu ou não ao jogo? haha
    WC

  • Dylvardo disse:

    Entre uma derrota quase certa, pelo péssimo jogo que o time realizou ontem, e uma vitória improvável, pelo presente dado pelo goleiro do São Paulo, prevaleceu um ponto preciso. Que pode nos garantir na Sul-americana. Que é o nosso verdadeiro objetivo.

    Mas de uma coisa tenho certeza, foi a maior bobeira esse gol tomado no final do jogo. Vejam bem: em primeiro lugar, pra VARiar, se o juiz não fosse caseiro, e tivesse tido a coragem de checar o lance, veria que foi falta no Saulo na origem da jogada e teria anulado o gol. Mas aí já seria esperar demais desses sopradores de apito. São escolhidos a dedo para esses jogos finais.

    Segundo, era para o Ceará ter matado a jogada na sua origem, lá no campo adversário, e até antes disso, ter segurado a bola no ataque. Nosso time não aprendeu ainda como fazer isso. Já passou do tempo, né? Olha quantos pontos perdidos nesse campeonato.

    Terceiro, foi infelicidade do Klaus na jogada, porque a bola seria defendida pelo nosso goleiro. Mas tudo bem, foi com vontade de acertar.

    Por último, e como o principal responsável, coloco a culpa no gol do empate, ao auxiliar técnico do Ceará, que ao fazer aquela palhaçada com a bola, tirando das mãos do jogador adversário, deu motivos para o árbitro dar os 7 minutos de acréscimos. E pra entrar na conta dele, o gol ocorreu exatamente aos 52 minutos. Então, parabéns a esse palhaço amador que faz parte da comissão técnica do Ceará, que conseguiu nos tirar 2 pontos importantes com aquela sua brincadeirinha, que para o jogo não acrescentou porra nenhuma, mas para nosso time foi péssimo.

    https://dylvardofilho.wixsite.com/cantim

  • Dragão Alvinegro disse:

    Não assisti o jogo. Já perdi a paciência com esse futebolzinho medíocre do Ceará. Vendo os lances agora aqui no Blog, conclui que escapamos de levar uma enfiada daquelas. O Richard nos salvou de um papelão. Será uma vergonha se perdermos a vaga da Sul-americana para os coloridos, mas do jeito que a coisa está se encaminhando, sei não? Coloquem os aspirantes para as ultimas partidas, assim, quem sabe, consigamos ao menos um empate. E agora que perdemos o Leandro Cachaça? KKKKKKKKKK

  • Dragão Alvinegro disse:

    Se a pergunta foi pra mim, eu não assisti ao jogo. Perdi a paciência de ver time ruim jogar. Vi os principais lances, mas deu pra perceber que o Richard foi um dos melhores em campo. Se não fosse ele, teríamos levado uma goleada. Claramente se vê nos principais lances que o Rick não jogou nada, que o Clebão só chutou uma bola fraca ao gol, que o Vina não jogou nada, que o Samuel Xavier já não joga nada há algum tempo. Pronto. E o elenco é fraco e o time é fraco, desde o começo do campeonato. Basta ver as substituições: Saulo Mineiro, Pedro Naresi, Jacaré, Wescley, Alison, Felipe Silva e outros mais. Não é possível que depois de 10 anos, não consigam formar um time melhor para esta temporada. Onde anda o Marthan?

  • carlos disse:

    Eu não acredito como o vozão, entra em campo e não acredita no goleiro, do são Paulo que foi o vilão do jogo porque o Ceará só poderia fazer o gol se o adversário oferecesse a bola pra empurrar para as redes, e o que o Ceará fez devolveu a gentileza ao adversário.

  • Célio Miranda Albuquerque disse:

    Os DDs(Dragão Alvinegro e Dylvardo) assemelham-se pelo negacionismo(palavra da moda em tempos de pandemia). Não olham o Ceará como um bom time e de bom brilho no Nacional, certamente acham que Covid-19 é invencionice dos inimigos do Planalto.
    Eu, estando em terra plana, só vejo virtudes no Ceará e no comandante técnico, que, sendo a diretoria, faria uma experiência a exemplo do regime do Grêmio, cujo técnico Renato Portalupe perdura por mais de 5 anos. Vida longa, portanto, defendo para o Guto Ferreira. 5 anos estaria de bom tamanho e que o presidente seja vacinado contra pressões de apressadinhos.
    Observando o caso do Wanderley Luxemburgo, no Vasco, fico com mais clareza em advogar esta tese da permanência por muito tempo de um técnico como o Guto, que demonstrou capacidade acima da média.

  • carlos disse:

    Vejam eu sei que não é o momento pra se falar, ou melhor julgar jogador x ou ou y, todavia eu vi uma matéria do jornal o povo, sobre Samuel Xavier , em que os torcedores o criticam por não ficar no Ceará, e seu comportamento como profissional, negada deixem o cara ser feliz aonde for com certeza o vozão vai encontrar outro a altura do futebol dele, é só questão de tempo .

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *