Blog do Vozão

Ceará 2×1 Botafogo – Temporada roxeda

44 4

Pedro Naressi comemora o gol que abriu caminho para a vitória do Vozão (Foto: Felipe Santos/Cearasc.com)

O encerramento da temporada não poderia ter sido melhor, vencendo e coroando um ano onde as metas programadas foram atingidas em quase sua totalidade.

O clima era festivo para essa ultima partida. Lançamento da camisa roxa, despedida de Fernando Prass, permanência na competição de 2021 garantida, assim como a vaga para a Copa Sul-Americana.

E o time começou a partida nesse clima, mas logo acordou e jogou para o gasto, apesar do gol da vitória só ter vindo nos minutos finais. A vitória quebrou um tabu de 45 anos sem vencer o Botafogo em campeonatos brasileiros, e colocou fim em uma sequência de cinco empates.

Com a vitória o Vozão alcançou os 52 pontos na competição, levando o time a fazer sua melhor campanha em Brasileiros na era dos pontos corridos, com 14 vitórias, 10 empates, 14 derrotas, 54 gols prós, 51 gols contra e saldo de 3 gols positivos, de quebra ainda teve Vina na seleção do Brasileirão 2020.

É fato que ficou uma sensação de que o time poderia ter ido ainda mais longe, mais dois pontinhos e poderia ter beliscado uma vaguinha na Copa Libertadores.

Mas também é fato que jogamos uma Serie A com a conta do chá. Nosso elenco não era tão forte como queríamos. Mas tínhamos um time forte coletivamente, que decidiu algumas partidas favoravelmente, como por exemplo, as duas vitórias contra o Flamengo, o campeão da competição.

Portanto, isso precisa ser dito e tem que ser valorizado.

Com relação a temporada, por mais exigente que seja o torcedor, se analisarmos as coisas com a razão, não há muito do que reclamar: Bi-Campeão invicto da Copa do Nordeste, quartas-de-finais da Copa do Brasil, garantiu permanência na competição com seis rodadas antes do final e vaga na Sul-Americana. É ou não é para comemorar?

Foi uma temporada roxeda!

Depois de duas temporadas dolorosas, o torcedor alvinegro merecia viver esse momento.

Agora é dar seguimento ao planejamento para a temporada 2021, tendo com uma da metas superar a temporada 2020, e de cara já temos Copa do Nordeste pela frente, e o ABC será o primeiro adversário.

Confira os gols da partida.

4 Comentários

  • Célio Miranda Albuquerque disse:

    Temporada roxeda(concordo). Encerrada com camisas roxas(achei estranhas). E meiões no azul(mais ainda). Mas não conheço as razões culturais porque uma ideia de camisas para um clube tradicional sempre deve surge enraizada e a concepção à altura de nossos estilistas pois aqui é pólo famoso de confecção.
    Caso a inspiração tenha sido nas frases “aquilo roxo” ou “time macho”, tanto o Collor de Melo como o Gomes Farias deveriam ser convidados para o lançamento(ironia à parte), não por serem autores, pois são expressões populares do vocabulário nordestino .
    Talvez fosse melhor buscar inspiração de cores e modelos nas diversas versões sobre a origem do nome Ceará, que era Siará, como a de José de Alencar, que dizia ser o “canto da Jandaia”.
    Mas, reafirmo que não deve ter surgido só porque alguém acho bonita a cor.
    Agora, pra temporada ser super roxeda, precisaria que a safra de revelações dos juvenis fosse promissora, a exemplo das demonstradas por um Fluminense ou São Paulo.

  • paulo disse:

    ontem foi a pior partida de klaus, errou todas, Kelvin tambem foi uma negação, Pontos negativos; Naresi fez um gol, mas não marca ninguém, e chu como já disse em outras postagens, nem cheira nem fede. Pontos positivos: Richard, Eduardo, Saulo Mineiro joga muito mais que chu e cleber, jogou poucas partidas mais faz gols, e o que esse Wescley ainda faz no ceara, ah esqueci é amigo do presidente, pense num jogador ruim, fez Klaus ser expulso, e Guteimoso poderia ter botado o menino da base e não essa pustema do Wescley, pois tá parecendo que ele não escala o time, recebe a escalação e coloca o time. Parabéns a Prass e ao elenco que apesar das falhas individuais, fez um grande campeonato.

  • Célio Miranda Albuquerque disse:

    WC, bom dia. Agradeço-lhe bastante por me enviar tão rico material sobre a origem do Ceará. Então, retiro minhas colocações do post anterior e passo a compreender o sentido das cores roxas.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *