Clube da Luta

UFC negocia revanche entre Anderson Silva e Chris Weidman para dezembro

765 2
Primeiro duelo entre Anderson e Weidman durou apenas dois rounds e terminou como nocaute. Foto: UFC/Divulgação

Primeiro duelo entre Anderson e Weidman durou apenas dois rounds e terminou como nocaute. Foto: UFC/Divulgação

Dana White não perde tempo. Tão logo Chris Weidman nocauteou Anderson Silva e destronou o brasileiro que detinha o título dos  pesos médios há quase sete anos, o presidente do UFC já começou a articular a revanche entre os dois lutadores. Inclusive, já trabalha com uma data: 28 dezembro, no UFC 168, conforme apurou o site americano ‘MMA Junkie’.

O desafio do dirigente agora é convencer Anderson Silva que, logo após o combate deste sábado em Las Vegas, afirmou que não pretendia mais lutar pelo cinturão e planeja tirar um bom de período de férias, focado apenas na família e nos seus projetos fora do mundo da luta.

Weidman já sinalizou ser favorável à revanche e, antes mesmo de derrotar o brasileiro, já cogitava essa possibilidade, caso saísse vitorioso no duelo.

Caso o plano do UFC seja concretizado, a luta entre as americanas Miesha Tate e Ronda Rousey, válida pelo cinturão feminino dos pesos-galos, marcada para 28 de dezembro, seria transferida para 1º de fevereiro de 2014, em Newark, no estado de Nova Jersey, no mesmo dia do Super Bowl.

2 Comentários

  • Júnior disse:

    infelizmente os esportes de um modo geral,estão cheios de maracutaias,essa luta como aquela do cigano foram combinadas ao meu ver.

  • Regis disse:

    Infelizmente em defesas de cinturão, o UFC está manipulando o resultado das lutas, aconteceu claramente na luta do Cigano e aconteceu com o Anderson Silva.

    O problema que o UFC não sabe contornar é o modo como esses caras entregam as lutas e até o discurso pós luta, esses dois pontos entregam toda a manipulação para o público.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *