Clube da Luta

Cearense Diego Brandão vence Daniel Pineda e consegue a 3ª vitória seguida no UFC

Brandão foi mais agressivo ao longo dos 3 rounds. Foto: UFC/Divulgação

Brandão foi mais agressivo ao longo dos 3 rounds. Foto: UFC/Divulgação

Diego Brandão deu mais um passo importante na escalada rumo ao topo da categoria dos pesos-penas. Numa luta bastante movimentada, o cearense conquistou sua 3ª vitória seguida no Ultimate ao derrotar, por decisão unânime dos juízes, o americano Daniel Pineda, no UFC: Shogun x Sonnen, realizado na noite deste sábado (17), no TD Garden Arena, em Boston, nos Estados Unidos.

A LUTA

O 1° round foi eletrizante e marcado por intensa trocação entre os dois lutadores do começo ao fim. Mostrando um boxe afiado, o cearense encaixou mais golpes contundentes e fez o americano balançar por duas vezes. Com jeito explosivo, ele ficou muito perto de garantir a vitória por nocaute, mas faltou um ‘algo a mais’.

No 2° round Brandão começou mais cauteloso e logo conseguiu uma queda no oponente. Pineda tentou encaixar um triângulo, mas o cearense escapou bem. Os dois lutadores voltaram para a luta em pé, mas Brandão voltou a colocar o adversário no solo. E se deu mal. Pineda ficou por cima e trabalhou bem as cotoveladas e os socos na cabeça do brasileiro, que ficou no limite, mas resistiu até a sirene disparar.

No round decisivo, os dois atletas mostraram estar bastante cansados e já desgastados pelo combate. Diego seguiu investindo nas quedas e conseguiu colocar Pineda pra baixo por quatro vezes. Mas faltou ‘fôlego’, por parte dos dois atletas, para buscar um nocaute ou finalização. A decisão ficou nas mãos dos juízes. Não deu outra: os três árbitros deram vitória para Brandão por 29-28.

 

Diego venceu por decisão unânime dos juízes. Foto: UFC/Divulgação

Diego venceu por decisão unânime dos juízes. Foto: UFC/Divulgação

CARTEL NO UFC

Essa foi a 4ª luta de Diego Brandão como atleta contratado do UFC. Após vencer a 14ª temporada do The Ultimate Fighter, o cearense estreou com derrota para Darren Elkins por decisão unânime. Em seguida, embalou duas vitórias seguidas. Primeiro derrotando o americano Joey Gambino no UFC Rio 3. Depois, finalizando com estilo Pablo Garza, em abril deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *