Clube da Luta

Chael Sonnen finaliza brasileiro Maurício Shogun e ganha (ainda mais) moral no UFC

Momento em que Sonnen aplica a guilhotina e vence a luta. Foto: Getty Images (via Lancenet)

Momento em que Sonnen aplica a guilhotina e vence a luta. Foto: UFC/Divulgação

Chael Sonnen simplesmente não deu chances para Maurício Shogun. No combate que durou apenas um round, o americano falastrão – famoso pelo forte jogo de provocação contra seus oponentes – dominou o adversário desde o início do combate e venceu o brasileiro por finalização, na edição do UFC realizada em Boston (Estados Unidos), na noite deste sábado (17).

Foi a vitória mais expressiva na carreira de Sonnen, que, após duas derrotas seguidas (para Jon Jones e Anderson Silva), se reabilitou em grande estilo, vencendo um ex-campeão do UFC, feito inédito em sua carreira. A vitória enche de moral o já ‘convencido’ Sonnen, que pode até escolher o seu próximo adversário…

A LUTA

Sonnen não quis saber de trocação. A luta começou e ele já saiu catando as pernas do adversário, colocando o brasileiro pra baixo. Sempre por cima, trabalhou bem o grand-and-pound e foi, aos poucos, abrindo o caminho para uma finalização. Que veio, no final do 1° round, quando o americano encaixou uma guilhotina, numa aula de jiu-jitsu.

 

Shogun desolado após a derrota. Foto: UFC/Divulgação

Shogun desolado após a derrota. Foto: UFC/Divulgação

Com a derrota, Shogun fica distante da disputa do cinturão dos meio-pesados, já que acumulou a 2ª derrota seguida.

À la Spider, Travis Browne consegue virada espetacular!

No co-evento principal da noite, um duelo de dois peso-pesados cascas-grossas. O holandês Alistair Overeem começou com tudo e, com um jogo bem agressivo, encaixou bons golpes no americano Travis Browne. No fim do 1° round, Browne parecia combalido, apenas cobrindo o rosto, enquanto o holandês disparava uma saraivada de golpes.

 

Chute que definiu o nocaute de Travis Browne. Foto: UFC/Divulgação

Chute que definiu o nocaute de Travis Browne. Foto: UFC/Divulgação

Alguns árbitros poderiam até parar o combate e dar nocaute técnico, mas o juiz Mário Yamasaki deixou o combate rolar e Browne resistiu. Não só suportou a pressão como virou o jogo e conseguiu a vitória com um nocaute espetacular. À ala Anderson Silva na luta contra Vitor Belfort, acertou um chutaço na ponta do queixo de Overeem, que dobrou o joelho e caiu desacordado. Browne ainda deu dois golpes de misericórdia para consolidar a vitória por nocaute.

Iuri Marajó tem começo animador, mas acaba derrotado por Urijah Faber

O paraense Iuri Marajó não se intimidou diante do ex-campeão do WEC, Urijah Faber. Como cartão de visita, começou colocando o americano pra baixo, conseguiu a montada e tentou encaixar uma posição para finalizar o oponente.

 

Após um susto no começo da luta, Faber assume o controle. Foto: UFC/Divulgação

Após um susto no começo da luta, Faber assume o controle. Foto: UFC/Divulgação

Experiente, Faber saiu bem das ações do brasileiro e, após o susto inicial, tomou conta do combate. Foi superior no 2° e no 3° round, conectou bons golpes, castigou Marajó e conseguiu, com folga, vencer o duelo por decisão unânime dos juízes.

Quem salvou a noite brasileira foi o cearense Diego Brandão que, em grande luta, derrotou o americano Daniel Pineda. 

CONFIRA OS RESULTADOS DO UFC: SHOGUN X SONNEN

Card Principal
Chael Sonnen finalizou Mauricio Shogun com uma guilhotina no 1° round;
Travis Browne derrotou Alistair Overeem por nocaute no 1° round;
Urijah Faber derrotou Iuri Marajó na decisão unânime dos juízes;
Matt Brown derrotou Mike Pyle por nocaute no 1° round;
John Howard derrotou Uriah Hall na decisão dividida dos juízes;
Michael Johnson derrotou Joe Lauzon na decisão unânime dos juízes;

Card Preliminar
Michael McDonald finalizou Brad Pickett com um triângulo no 2° round;
Conor McGregor derrotou Max Holloway na decisão unânime dos juízes;
Steven Siler derrotou Mike Brown por nocaute no 1° round;
Diego Brandão derrotou Daniel Pineda na decisão unânime dos juízes;
Manny Gamburyan derrotou Cole Miller na decisão unânime dos juízes;
Ovince St. Preux derrotou Cody Donovan na nocaute técnico no 1° round;
James Vick finalizou Ramsey Nijem com uma guilhotina no 1° round.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *