Clube da Luta

Coluna do Clube da Luta: Rony Jason organiza evento de MMA em Quixadá

Coluna do Clube da Luta é assinada por Daniel Santos e publicada todas as sextas-feiras no jornal O POVO.

Pôster oficial do Jason Fight. Foto: reprodução

Pôster oficial do Jason Fight. Foto: reprodução

O cearense Rony Jason se prepara para dois desafios em pouco mais de mês: o prata da casa enfrenta Steven Siler, em 23 de março, pelo UFC em Natal e, em 25 de abril, o lutador promove seu primeiro evento, o “Jason Fight Championship”.

Dentro do octógono, Rony Jason precisa se recuperar da sua primeira derrota no Ultimate, ocorrida no ano passado para o americano Jeremy Stephens. Antes disso, o cearense venceu em três oportunidades na organização e, contra Steven Siler, tem a torcida a seu favor para conquistar a 14ª vitória na carreira.

Passado o UFC Natal, Jason vai atuar fora do octógono, organizando seu evento na sua terra natal. “No começo do ano eu tive essa ideia, juntamente com amigos e colegas de treino, de fazer um evento em Quixadá. Falta incentivo para as pessoas que estão iniciando. O intuito maior é propagar cada vez mais o MMA e ‘acordar’ os órgãos públicos de que não há incentivo para as artes marciais, não só na minha cidade, mas também no Estado”, disse o atleta.

Anistávio “Gasparzinho” faz a luta principal do evento contra Jossyone dos Santos. Ana Maria “Índia” é destaque na luta feminina contra Ilara Joanne. Duelo internacional e segunda luta do irmão de Rony Jason, Yuri Mariano, marcam o card principal do Jason Fight Championship. Mais seis lutas no card preliminar completam o evento.

RENÉE FORTE NO OCTÓGONO
O cearense Renée Forte enfrenta neste sábado, 15, o mexicano Frank Trevino no UFC 171, no Texas, nos Estados Unidos. O “Lampião” tem três lutas no UFC: uma vitória contra Terry Etim (leves-fevereiro/2013) e duas derrotas, uma para Sérgio Moraes (meio-médios-outubro/2012) e outra para John Makdessi(leves-setembro/2013).

A luta promete bastante trocação, com Forte levando vantagem se o duelo for para o chão. Quedar, trabalhar o ground and pound e buscar a finalização pode ser o melhor caminho para o cearense, já que o adversário tem dificuldades na luta de solo.

ECEC 2014
O Encontro Científico de Esportes de Combate (ECEC) discute hoje temas como o uso de TRT em atletas e doping de academia. O encontro acontece de 8h às 17h40, na Unichristus.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *