Clube da Luta

Glover Teixeira sobre duelo contra Jon Jones: “vou entrar para nocautear”

Glover vence Rampage Jackson em sua última luta Foto: UFC/Divulgação

Glover em ação contra Rampage Jackson no UFC. Foto: UFC/Divulgação

Glover Teixeira esbanjou confiança no Hangout promovido pelo UFC na última quinta-feira, 24. O mineiro respondeu perguntas dos fãs e deixou claro qual é o seu objetivo durante o combate contra Jon Jones: “vou entrar para nocautear”.

O desafiante ao cinturão do peso-meio-pesado do UFC revelou detalhes de sua preparação, sua estratégia para a luta e deu sua opinião sobre os próximos brasileiros a disputarem os títulos do peso-médio e peso-pesado.

“Estudei bem o tipo de luta do Jon Jones. É difícil de falar um ponto fraco dele, é um atleta muito bom. Tenho que acreditar em meu wrestling, jiu-jitsu e meu poder de nocaute, encurtando a distância para nocautear”, disse Glover.

O mineiro também comentou o último confronto de Jones contra Gustafsson. Glover acredita que o norte-americano deve vir ainda mais forte, depois do sueco ter levado o campeão ao limite. O brasileiro não acredita que a luta dure os cinco rounds e buscará a todo custo terminar o combate com finalização ou nocaute.

“Vou buscar a agressividade, pressionar ele e tentar a finalização do combate como sempre tentei. Finalização que eu digo é nocautear ou finalizar no chão”, diz Teixeira.

Questionado sobre as cotoveladas do campeão no chão, Glover revela que treinou com Lyoto Machida para dificultar o jogo do norte-americano. “É difícil treinar essa posição, já que cotovelo corta muito. Mas é claro que treinei movimentação no chão. O Lyoto me ajudou bastante nessa parte de golpe de cotovelo. Foi um ótimo treinamento”.

Glover também comentou quem vencerá os duelos Chris Weidman x Lyoto Machida e Cain Velasquez x Fabrício Werdum. “Vai dar Lyoto e Werdum”, aposta o brasileiro.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *