Clube da Luta

Confira o desempenho dos brasileiros no UFC FN 45: Edson Barboza acerta chute na costela de americano e nocauteia no primeiro round

* Sete brasileiros lutaram nesta edição do UFC: Edson Barboza, Leonardo Macarrão, John Lineker, Lucas Mineiro, Gleison Tibau, Hugo Wolverine e Claudinha Gadelha

Barboza alcança 10º nocaute na carreira | Foto: UFC/Divulgação

Barboza alcança 10º nocaute na carreira | Foto: UFC/Divulgação

O ‘showman’ Edson Barboza acertou um chute na costela de Evan Dunham e liquidou o combate no primeiro round. A fera de Nova Friburgo (RJ) conseguiu mais um nocaute espetacular para sua coleção.

O primero round começou com bastante estudo entre ambos. Edson soltava alguns chutes e socos, enquanto Evan tentava achar o momento certo para derrubar. Com o treinamento de defesas de quedas em dias, Barboza frustrou o americano em todas suas tentativas.

Quando o round se encaminhava para os minutos finais, Barboza acertou uma ‘bica’ potente na costela do americano, que acusou o golpe. Em seguida, o carioca precisou dar mais algumas marteladas para vencer o duelo.

Leonardo Macarrão x Rick Story

Macarrão encosta a mão no queixo do americano na pesagem | Foto: UFC/Divulgação

Macarrão encosta a mão no queixo do americano na pesagem | Foto: UFC/Divulgação

Leonardo Macarrão até que começou bem, mas logo foi presa fácil para o jogo agarrado de Rick Story. O americano trabalhou o ‘ground and pound’ e finalizou o brasileiro com um katagatame.

O experiente americano conseguiu impor seu jogo no primeiro round. Especialista em wrestling, Story levou para baixo e dominou toda a etapa. No ‘ground and pound’, Rick castigou e amassou o brasileiro.

No segundo round, Story colocou mais uma vez o paulista de costas no chão. Sem dificuldades, o americano castigava Macarrão, quando o atleta da Chute Boxe abriu uma brecha, o veterano wrestler finalizou com um katagatame.

John Lineker x Alptekin Ozkilic

Lineker acertou um cruzado certeiro para vencer a luta | Foto: UFC/Divulgação

Lineker acertou um cruzado certeiro para vencer a luta | Foto: UFC/Divulgação

John Lineker “Mãos de Pedra” se recuperou da derrota sofrida contra o russo Ali Bagautinov, em fevereiro, com uma vitória diante de Alptekin Ozkilic. O brasileiro mostrou evolução em seu jogo e esbanjou confiança para derrubar o adversário especialista em luta agarrada. O paranaense nocauteou o americano no fim do terceiro round.

O primeiro round foi bastante equilibrado. Na luta agarrada, cada atleta conseguiu uma queda no assalto. Já na trocação, nenhum deles abriu vantagem. Na minha opinião, a etapa inicial terminou empate.

No segundo round, Lineker ganhou confiança com a queda aplicada no primeiro. John derrubou mais duas vezes o wrestler. Na luta em pé, as “Mãos de Pedra” do Paraná acertou mais golpes e abriu um corte no rosto de Alptekin.

No round final, o paranaense veio decidido a nocautear. Empolgado, o baixinho do peso mosca pediu o apoio da torcida e partiu para cima do adversário. Faltando dez segundos para fim da terceira etapa, Lineker acertou um cruzado derrubando Ozkilic. Quando John começaria o massacre com marteladas, o árbitro interrompeu o confronto: vitória brasileira!

“Me senti muito bem preparado. Esou preparado para balança e só quero uma chance pelo título”, disse Lineker após o combate.

Lucas Mineiro x Alex White

Mineiro (esq.) encarando Alex White (dir.) na pesagem oficial do evento | Foto: UFC/Divulgação

Mineiro (esq.) encarando Alex White (dir.) na pesagem oficial do evento | Foto: UFC/Divulgação

Lucas Mineiro atropelou o americano Alex White, que estava invicto na carreira. Em um duelo de pura trocação entre dois strikes, pesou o muay thai afiado do brasileiro da Chute Boxe. O peso pena venceu por nocaute no terceiro round.

O americano sentiu a mão pesada do atleta de Montes Claros (MG) no primeiro round. Com estilo agressivo, Mineiro levou a melhor na trocação. Por duas vezes, White balançou com os golpes aplicados pelo brasileiro. Em um duelo que se desenvolveu todo em pé, Lucas saiu com a vantagem no assalto inicial.

O segundo round começou como terminou o primeiro: com trocação. Com dois atletas strikers dentro do cage, o duelo se desenvolveu com muitos chutes e socos. O brasileiro atacava e o americano respondia. Na metade da etapa, Mineiro deu um susto na torcida, quando levou um cruzado e se desequilibrou. Mas, o lutador da Chute Boxe levantou rapidamente e se recuperou no combate. Assalto equilibrado.

No terceiro round, Lucas voltou na mesma pegada. White tentou um cruzado e foi acertado com um contragolpe certeiro do brasileiro. A mão pesada do Mineiro derrubou o americano de Missouri, que já caiu nocauteado.

Com a vitória, a cria da Chute Boxe chegou a 15º vitória na carreira – a 11ª por nocaute. “Em primeiro lugar quero agradecer o Alex White. Ele é um cara duro. Fui um pouco cauteloso no primeiro e segundo round. Mas, sabia que se minha a mão entrasse, ele ia cair. Aqui é Chute Boxe, aqui é porrada!”, disse Mineiro após o triunfo.

Gleison Tibau x Pat Healy

Tibau tenta soco rodado | UFC/Divulgação

Tibau tenta soco rodado | UFC/Divulgação

O potiguar Gleison Tibau fez uma luta estratégica contra o veterano Pat Healy e venceu por decisão unânime. O recordista brasileiro de lutas no UFC mostrou wrestling e trocação afiada para alcançar a 14ª vitória 22 apresentações pela organização.

O atleta da American Top Team misturava trocação com investidas em quedas. O potiguar dominou os três rounds e não deu chance para Healy, que chegou a sua quarta derrota seguida.

Tibau voltou a vencer – após derrota para Michael Johnson – e se tornou o atleta com maior número de vitória da categoria peso leve. Gleison estava empatado com Jim Miller – que faz a luta principal do evento e tem 13 triunfos.

Hugo Wolverine x Aljamain Sterling

Sterling acerta chute alto em Wolverine | Foto: UFC/Divulgação

Sterling acerta chute alto em Wolverine | Foto: UFC/Divulgação

O baiano Hugo Wolverine tinha a dura missão de enfrentar o invicto Aljamain Sterling na terceira luta do UFC Fight Night 45: Cerrone x Miller. Treinado por Ray Longo e Matt, mesmos treinadores de Chris Weidman, o americano dominou os dois primeiros rounds e, no terceiro, conseguiu a vitória por nocaute técnico.

Ao estilo ‘toma lá, da cá’, Wolverine e Aljamain começaram o primeiro round. O americano acertou um chute nas pernas do brasileiro e o derrubou. O baiano respondeu com uma ‘pedrada’ de direita que balançou o adversário. Em uma tentativa de um ‘swingão’, Hugo abriu bastante a guarda para golpear e se expôs. Sterling esquivou e derrubou o pupilo de Luiz Dórea. O ex-TUF Brasil 1 ainda conseguiu repor o duelo em pé, mas o atleta da Serra-Longo Fight Team manteve a vantagem golpeando mais.

No segundo round, o wrestler americano buscou golpes performáticos e chutes altos, mas em nenhum conseguiu êxito. Wolverine ameaçava na trocação com socos perigosos. Quando o brasileira buscava mais uma vez o ataque, Aljamain derrubou outra vez o barbudo. Quando a luta voltou a posição inicial, o peso galo de Serra-Longo quedou de novo e atacou o pescoço do baiano, que aguentou firme.

Na etapa final era tudo ou nada para o brasileiro. Nos segundos iniciais do round  – como um wrestler de primeira que ele é – Sterling derrubou Hugo para garantir a vitória. Com jiu-jítsu afiado por Matt Serra, o americano buscou a finalização e manteve o baiano no solo. No fim do assalto, Aljamain trabalhou o ‘ground and pound’ e aplicou vários socos, fazendo o juiz interromper o combate.

Claudinha Gadelha x Tina Lahdemaki

Claudinha acerta cruzado na finlandesa | Foto: reprodução

Claudinha acerta cruzado na finlandesa | Foto: reprodução

A garota de Mossoró, Claudinha Gadelha, estreou com vitória na primeira luta do peso palha feminino do UFC. Atleta da Nova União, a brasileira venceu por decisão unânime Tina Lahdemaki.

UFC Fight Night 45: Cerrone x Miller
Atlantic City, Estados Unidos
Card Principal
Donald Cerrone venceu Jim Miller por nocaute no segundo round
Edson Barboza venceu Evan Dunham por nocaute técnico no primeiro round
Rick Story venceu Leonardo Macarrão por finalização no segundo round
Joe Proctor vs. Justin Salas
John Lineker venceu Alptekin Ozkilic por nocaute técnico no terceiro round
Lucas Martins venceu Alex White por nocaute no terceiro round
Card Preliminar
Gleison Tibau venceu Pat Healy por decisão unânime
Leslie Smith venceu Jessamyn Duke por nocaute técnico no primeiro round
Aljamain Sterling venceu Hugo Viana por nocaute técnico no terceiro round
Yosdenis Cedeno venceu Jerrod Sanders por nocaute técnico no primeiro round
Claudinha Gadelha venceu Tina Lahdemaki por decisão unânime

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *