Clube da Luta

Com Vitor Belfort de sparring, Mutante planeja finalização no UFC Porto Alegre

Mutante quer finalizar mais um adversário no UFC | Foto: Divulgação/UFC

Mutante quer finalizar mais um adversário no UFC | Foto: Divulgação/UFC

A vida de Cézar Ferreira, o Mutante, ganhou novo rumo em 2012. O paulista de Ibitinga venceu o primeiro The Ultimate Fighting (TUF) Brasil, ganhou fama e assinou contrato com o Ultimate Fighting Championship (UFC). Neste domingo, 22, ele faz sua sexta apresentação pela organização, na edição que será realizada em Porto Alegre, no Ginásio Gigantinho. O brasileiro fez um camping de “luxo” na equipe Blackzilians, situada na Flórida (EUA), para alcançar a segunda vitória consecutiva diante de Sam Alvey e se aproximar do top 15 da divisão.

Amigo e parceiro de treino de Vitor Belfort, Mutante teve o veterano lutador – que disputa o cinturão do peso médio no dia 23 de maio, contra o campeão Chris Weidman – como sparring (companheiro de treinamento que simula o combate). “Tive muitos (sparrings), mostrando que a Blackzilians tem uma grande equipe, com muito talento. Em alguns momentos, tive o Vitor como meu sparring, porque meu adversário tem um boxe muito bom e o Vitor estava em fase de preparação para lutar contra o Weidman”, disse Cézar ao O POVO.

+ Pezão ainda sonha com nova chance pelo cinturão: ‘muito a mostrar’

A atenção na luta em pé se deve a qualidade de Sam Alvey, que já nocauteou 15 oponentes. A única derrota de Mutante no Ultimate, inclusive, ocorreu por nocaute, em 2014, no UFC em Natal (RN). “Sempre tem uma atenção especial (na trocação). Aprendi com o que aconteceu contra o CB Dollaway, foquei no que fiz de errado e já fui muito bem em minha última luta, quando venci (Andrew Craig). Eu aprendi muito, mudei alguns pensamentos e evolui como lutador. Hoje, sou melhor do que era naquele dia”.

+ Ansioso com gritos de ‘uh, vai morrer’, Adriano Martins quer fazer o ‘povo gaúcho vibrar’

Com retrospecto positivo no UFC, com quatro vitórias e uma derrota, Mutante aposta em seu camp na Blackzilians para fazer uma apresentação de alto nível em Porto Alegre. “Fiz um excelente camp, explorando minhas qualidades para trabalharmos em cima dos pontos fracos do meu adversário. Foram meses de muito trabalho, que me garantirão uma boa vitória no domingo”.  Voltando a lutar no Brasil, ele quer presentear os fãs com uma bela vitória. “Eu vou dar muita pressão nessa luta, estou bem preparado no chão e acho que vou finalizar”, completa o lutador.

Card do UFC Porto Alegre
Ginásio Gigantinho
Domingo, 22
Horário: 19h

Principal
– Frank Mir vs. Antonio Pezão Silva
– Edson Barboza vs. Michael Johnson
– Sam Alvey vs. Cezar Mutante Ferreira
– Rustam Khabilov vs. Adriano Martins
– Santiago Ponzinibbio vs. Sean Strickland;

Lutas Preliminares
– Cody Gibson vs. Douglas Silva
– Jessica Andrade vs. Marion Reneau
– Matt Dwyer vs. William Patolino Macario
– Iuri Marajó Alcantara vs. Frankie Saenz
– Wendell Negão Oliveira vs. T.J. Waldburger
– Mike De La Torre vs. Tiago Trator
– Ivan Batman Jorge vs. Josh Shockley

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =