Clube da Luta

Batalhão brasileiro tenta espantar crise em ‘casa’ no UFC Rio 6; confira os duelos

Maia e LaFlare na encarada da pesagem | Foto: Wander Roberto/Inovafoto

Maia e LaFlare na encarada da pesagem | Foto: Wander Roberto/Inovafoto

Quase um mês depois do primeiro evento no Brasil, em 2015, o Ultimate retorna ao país para realizar mais uma edição no Ginásio Maracanãzinho, o UFC Rio 6, neste sábado, 21. Onze brasileiros entram em ação no card e têm a missão de apagar o saldo negativo deixado no UFC em Porto Alegre, quando mais da metade dos brasucas perderam! Para isso, Demian Maia, Erick Silva, Pepey e companhia precisam estar com suas armas afiadas para as batalhas de logo mais.

+ VÍDEO: cearense Godofredo Pepey protagoniza a encarada mais tensa do UFC Rio 6

Principal estrela da noite, Demian Maia tem uma pedreira pela frente: o invicto Ryan LaFlare. O americano já está ‘vacinado’ contra a pressão brasileira, já que lutou no Brasil em 2013, diante do argentino ‘xente boa’, Santiago Ponzinibbio. Na ocasião, ele venceu o ex-TUF Brasil. É bom o veterano ficar ligado para não fazer feio dentro do Maracanãzinho.

+ Upgrade no UFC: Pepey eleva nível e pode alcançar trinca de vitórias

O Índio do MMA, Erick Silva, enfrenta um veterano em decadência. Se o capixaba não morrer no gás, ele leva fácil diante de Josh “Biro-Biro” Koscheck, em luta que representa o co-main event. No card principal, o embalado Godofredo Pepey mede forças com o enjoado André Fili, da Team Alpha Male, mesma equipe de TJ Dillashaw e Urijah Faber.

Pepey fez a encarada mais tensa do UFC Rio 6 | Foto: Wander Roberto/Inovafoto

Pepey fez a encarada mais tensa do UFC Rio 6 | Foto: Wander Roberto/Inovafoto

Dos soldados do primeiro escalão, temos Léo Santos, Gilbert Durinho e Alex Cowboy, além da leoa Amanda Nunes, representando a ala feminina. O ex-TUF Brasil precisa vencer (e convencer) o perigoso Tony Martin, outro americano que já calou a torcida brasileira. E o pior de tudo, ele calou os torcedores do Brasil no próprio Maracanãzinho, no UFC 179, quando finalizou Fabrício Morango! Abre o olho Léo!

+ Fugindo de ‘loteria’, Durinho promete testar chão de Alex Cowboy

Assim como no UFC em Porto Alegre, o UFC Rio 6 promove um duelo de compatriotas. Durinho e Cowboy entram no octógono pelo mesmo objetivo: a vitória. Esse confronto promete! Já a “Leoa” tem a amiga de Ronda Rousey, Shayna Basler, como prato principal em sua caça por triunfos.

Além desses brasileiros, que lutam no card principal, cinco brasucas nos representam no card preliminar. Confira abaixo a lista de todos os duelos do evento:

CARD PRINCIPAL
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Demian Maia (77,6kg) x Ryan LaFlare (77,6kg)
Peso-meio-médio (até 77,6kg): Erick Silva (77,6kg) x Josh Koscheck (77,1kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Léo Santos (70,7kg) x Tony Martin (70,7kg)
Peso-galo (até 61,7kg): Amanda Nunes (61,7kg) x Shayna Baszler (61,7kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Gilbert Durinho (69,8kg) x Alex Cowboy (70,3kg)
Peso-pena (até 66,2kg): Godofredo Pepey (65,8kg) x Andre Fili (65,8kg)

CARD PRELIMINAR
Peso-leve (até 70,7kg): Francisco Massaranduba (70,3kg) x Akbarh Arreola (70,7kg)
Peso-pena (até 66,2kg): Kevin Souza (66,2kg) x Katsumi Kikuno (66,2kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Leandro Buscapé (70,7kg) x Drew Dober (até 70,7kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Leonardo Macarrão (70,3kg) x Cain Carrizosa (70,3kg)
Peso-leve (até 70,7kg): Jorge Blade (70,7kg) x Christos Giagos (70,3kg)
Peso-mosca (até 57,2kg): Fredy Serrano (56,7kg) x Bentley Syler (57,2kg)

SERVIÇO DO EVENTO
UFC Rio 6
Quando: sábado, 21 de março
Onde: ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro
Horário: a partir das 19h45min
Transmissão: Canal Combate

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *