Clube da Luta

UFC 186: Demetrious Johnson finaliza japonês no último segundo da luta

735 1
Johnson dominou o japonês Horiguchi / Foto: UFC-Divulgação

Johnson dominou o japonês Horiguchi / Foto: UFC-Divulgação

O campeão Demetrious Johnson manteve o título na madrugada deste domingo, 26, no UFC 186, em Montreal, Canadá. O peso mosca fez um combate estratégico, pressionou o tempo todo o japonês Kyoji Horiguchi e apostou nas investidas no wrestling para pontuar e ganhar os rounds. Quando o duelo se encaminhava para uma vitória por decisão unânime, o americano se aproveitou da posição e encaixou uma chave de braço aos 4min59s do quinto assalto.

Johnson caçou o japonês round a round. O Mighty Mouse ensaiava alguns socos e chutes baixos na trocação apenas para distrair o japonês e entrar nas pernas do rival. Apesar de não conseguir um domínio amplo no chão, o campeão aplicava as quedas com certa facilidade e garantia a vantagem nos pontos.

+ UFC 186: Thomas Almeida conquista primeiro nocaute no Ultimate

O americano executou muito bem a estratégia de pressionar Horiguchi. Karateca, o nipônico se sente confortável quando tem espaço para contragolpear e abrir caminho para o nocaute. Como Johnson colou no oriental, Kyoji não conseguia soltar o seu jogo na trocação.

Sem tanta potência, mas com eficiência, Johnson ganhou todos os rounds lutando da mesma forma. Na última etapa, Demetrious ganhou a posição no chão e trabalhava o ground and pound. O americano partiu para a chave de braço e finalizou o japonês faltando um segundo para terminar o confronto. Agora, o americano possui 22 triunfos no cartel, sendo quatro nocautes, oito finalizações e nove decisões.

Recomendado para você

1 comentário

  • Prezado Lucas,

    Vamos mandar pelo Correios o documentário em DVD “Manny”, sobre a vida de Manny Pacquiao, lançamento Universal Pictures de abril 2015. Esperamos que goste e se gostar, por favor, faça comentários nos seus canais profissionais e redes sociais.

    Sou assessora de imprensa responsável pela Paramount e Universal no Brasil.

    Abs,
    Madalena

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *