Clube da Luta

Toquinho perde cinturão do WSOF e está suspenso por tempo indeterminado

772 2
Toquinho foi um dos atletas da Team Nogueira que se tornou campeão. Divulgação/WSOF

Toquinho foi um dos atletas da Team Nogueira que se tornou campeão. Divulgação/WSOF

Rousimar “Toquinho” Palhares não escapou de punição no World Series of Fighting (WSOF), após encaixar um golpe em Jake Shields e demorar a soltar a posição, mesmo o americano dando tapas em sinal de desistência, em luta realizada no último sábado, 1º. Nesta terça-feira, 4, o presidente da organização, Ray Sefo, anunciou que o brasileiro irá perder o cinturão e está suspenso por tempo indeterminado.

Ray Sefo comentou a polêmica luta do brasileiro em entrevista ao podcast “The MMA Hour”. Segundo o presidente, ele reviu a luta e deu razão as reclamações da equipe de Shields, que alegou que Toquinho aplicou dedadas no americano em alguns momentos no duelo e segurou demais o golpe encaixado.

[youtube]https://youtu.be/pvng-gKT7Eg[/youtube]

“Ver ao vivo é uma coisa, e na TV é outra. Após a luta, vi as reclamações da equipe de Shields e fui para casa rever a luta com calma. O árbitro o mandou soltar cinco ou seis vezes, e os olhos de Shields estavam muito irritados, por conta das dedadas aplicadas por Toquinho. Me reuni com a minha equipe e decidi tirar o cinturão de Toquinho imediatamente, e suspender o atleta indefinidamente. Já fui lutador, lutei muitas vezes e sei como essas coisas acontecem. Temos que acabar com esse comportamento de uma vez por todas. Não fui apenas eu que vi que ele cometeu um ato ilegal. Meu time viu, e milhares de pessoas viram. Hoje ele não é mais o campeão e está suspenso. Não falamos em demissão, mas existe uma chance de que a Comissão Atlética de Nevada o suspenda por alguns anos. Se isso acontecer, ele não lutará mais no WSOF”, comentou Sefo.

Ray Sefo critica dedadas de Toquinho | Foto: WSOF/Divulgação

Ray Sefo critica dedadas de Toquinho | Foto: WSOF/Divulgação

O presidente do WSOF também criticou a postura do árbitro da luta, Steve Mazzagatti, por não ter desqualificado o mineiro. “Eu gosto de Steve Mazzagatti pessoalmente, mas ele deveria ter desqualificado Toquinho após ser informado e confirmar que ele estava cutucando os olhos de Jake Shields. Não gostaria que ele atuasse no WSOF novamente, mas isso não depende de mim”, relato.

Não bastasse a noite polêmica no WSOF, envolvendo Toquinho, outra situação foi bastante comentada nas redes sociais. Os irmãos Nick e Nate Diaz se envolveram em uma confusão generalizada com o russo Khabib Nurmagomedov, dentro do evento, a poucos metros do cage. O trio assistia as lutas, quando começaram a briga. Sefo lamentou o episódio.

“A confusão aconteceu no meio da arena. Não vi o começo do tumulto, e ouvi dizerem muita coisa. Me parece que Nate Diaz começou a briga, mas não tenho certeza. Felizmente ninguém se machucou seriamente. Mas a segurança e a polícia tiveram que intervir. Sinceramente, não precisamos disso no nosso esporte. Não quero ter que lidar com isso. Foi uma grande noite de lutas, um grande evento, que foi manchado por algumas atitudes erradas de algumas pessoas”, afirmou o presidente do WSOF.

[youtube]https://youtu.be/pQUq9iQZyJ8[/youtube]

Histórico polêmico de Toquinho
O ato de segurar um golpe encaixado, mesmo com o adversário desistindo, não é novidade na carreira de Rousimar Palhares, o Toquinho. O mineiro da Team Nogueira foi demitido do UFC, em 2013, por esse motivo.

Depois de segurar uma chave de joelho em Mike Pierce, no UFC em Barueri, o presidente da organização, Dana White, decidiu demitir o lutador. O caso gerou repercussão na época e Toquinho foi bastante criticado.

Cena fatídica que foi a gota d´água para a demissão de Toquinho. Foto: UFC/Divulgação

Finalização que determinou a demissão de Toquinho no UFC. Foto: UFC/Divulgação

Em 2014, o WSOF abriu as portas para o brasileiro. O mineiro já estreou na organização contra o campeão dos meio-médios, Steve Carl, e o finalizou no primeiro round com uma chave de calcanhar. Na ocasião, alguns acreditaram que Toquinho chegou a segurar o golpe.

Depois, Toquinho enfrentou Jon Fitch, em sua primeira defesa do cinturão, e finalizou o americano no primeiro round com uma chave de joelho reto. No confronto, Toquinho segurou por um segundo após a desistência de Fitch até que o árbitro Edward Collantes interveio na situação, separando os atletas.

Recomendado para você