Clube da Luta

Rony Jason diz que Fortaleza prometeu continuar com patrocínio e não cumpriu

1286 2
Rony Jason exibe bandeira durante pesagem do UFC Rio III | Foto: reprodução/Instagram

Rony Jason exibe bandeira durante pesagem do UFC Rio III | Foto: reprodução/Instagram

O cearense Rony “Jason” Mariano, campeão do TUF Brasil 1 e atleta do UFC, não é mais patrocinado pelo Fortaleza Esporte Clube. O anúncio foi feito pelo próprio lutador, através de suas redes sociais, na quarta-feira, 9. Procurado pelo Blog Clube da Luta/O POVO, neste sábado, 12, o peso pena esclareceu como ocorreu o fim do patrocínio.

Segundo Jason, a parceria entre o clube e o atleta teria terminado em agosto do ano passado, mas ele só soube nesta semana. “Fiz duas lutas com a promessa que iriam continuar com o patrocínio. Mantive as aparências para o torcedor carente de alegria. Sempre levantei a bandeira do clube, mas sou profissional. Meus filhos não comem aplausos, tenho que pensar neles”, explicou Rony.

+ Suspenso no MMA, Rony Jason faz luta de submission em Fortaleza

Jason garante que não ficou nada “mal resolvido”, porém, admite clima “chato” por promessa do Fortaleza. “Prometeram por muito tempo e não cumpriram. Tive que fazer isso pelos torcedores que achavam que estavam me patrocinando. Sempre falaram que era questão de verba, que estavam sem. Mas tranquilo, estou na classe A, luto no UFC, o maior evento do mundo. Só acho uma pena o fim da parceria, sou Fortaleza desde pequeno”, completou.

Rony em treino aberto | Foto: Divulgação/Textual

Rony em treino aberto com símbolo do Fortaleza pregado na máscara | Foto: Divulgação/Textual

O campeão do TUF Brasil 1 afirma que não anunciou o fim do patrocínio pensando em “mídia”, mas para informar os torcedores que iriam estranhar quando o lutador não aparecesse usando o símbolo do Fortaleza. “A partir do momento que apareço sem o escudo, tenho certeza que iriam cair em cima. Preferi esclarecer logo”, contou o UFC Fighter.

O Fortaleza informou à reportagem que não vai se pronunciar sobre o caso, já que não havia contrato entre as partes.

Recomendado para você

2 Comentários

  • delmax disse:

    primeiro que patrocinio,time de terceira,quebrado nao paga nem seus perna de paus vai]
    pagar patrocinio,acorda alice ali nao paga nem promessa,todo enrolado no justica trabalhista,

  • Fernando Affonso disse:

    O FEC mal consegue pagar suas contas de água e luz…. os salários atrasados… causas trabalhistas, dividas com credores bancários e comercio…a situação é muito preocupante…nãoi é hora de patrocinar nada…

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *