Clube da Luta

Nocauteadores são maioria no UFC 192: Cormier x Gustafsson

Daniel Cormier | Foto: UFC/Divulgação

Daniel Cormier é a estrela do UFC 192. Apesar de ser especialista em wrestling, o americano possui mais nocautes em seu cartel vitorioso | Foto: UFC/Divulgação

O UFC 192: Cormier x Gustafsson, marcado para este sábado, 2, terá um card favorável a lutadores nocauteadores. O Blog Clube da Luta fez um levantamento do cartel de cada atleta e observou a predominância de artistas marciais com facilidade para apagar adversários e vencer pela via rápida. Dos 26 participantes, 15 costumam nocautear em suas apresentações.

Entenda o levantamento
A pesquisa do Clube da Luta levou em consideração o cartel de cada lutador registrado no Sherdog. A partir disso, definimos três estilos de lutadores conforme o seu cartel: o nocauteador, o finalizador e o pontuador. É simples: a forma de vencer a luta que predominar no cartel do lutador denominará o seu estilo. Por exemplo, Daniel Cormier possui 15 triunfos – são seis nocautes, cinco finalizações e cinco por decisão – portanto, o campeão é considerado um nocauteador no nosso levantamento.

Um lutador também pode ter mais de um estilo, quando suas formas de obter a vitórias estiverem com o mesmo número. Exemplo: Adriano Martins entrará nos times dos nocauteadores e dos finalizadores, visto que possui 12 triunfos por nocautes e 12 por finalização. Já o mexicano Frank Trevino é um atleta que entra nos três times – ele é nocauteador, finalizador e pontuador, visto que possui quatro vitórias em cada forma de superar o adversário.

Quando um lutador tiver apenas duas vitórias no cartel, ele será descartado do levantamento.

Os nocauteadores
Explicado os critérios do nosso relatório, vamos apresentar os nomes que podem ‘incendiar’ o UFC 192. O maior nocauteador do card se chama Shawn Jordan, peso pesado com 14 nocautes no currículo. E, diga-se de passagem, desde que ele estreou no UFC, todas as vitórias do ‘carequinha’ na organização (seis no total) ocorreram por nocaute. O adversário dele que se cuide, o russo Ruslan Magomedov, que entra no time dos pontuadores.

Jordan é o maior nocauteador do card | Foto: UFC/Divulgação

Jordan é o maior nocauteador do card | Foto: UFC/Divulgação

O brasileiro peso leve Adriano Martins é outra esperança de nocaute no UFC 192, com o segundo maior rendimento na arte de apagar oponentes. O peso pesado Derrick Lewis, com 11, o meio-médio Albert Tumenov, com 10, e o meio-pesados Alexander Gustafsson, com 10, fecham a lista com os cinco melhores nocauteadores do card.

Daniel Cormier é conhecido por seu alto nível no wrestling, mas também possui mãos pesados. O atleta da AKA tem 16 vitórias, sendo seis nocautes, cinco finalizações e cinco decisões. Pelo cartel, DC entra no time dos nocauteadores. Será que o duelo pelo cinturão dos meio-pesados vai terminar em nocaute? DC ou Gustafsson?

Os finalizadores
No jiu-jitsu, Adriano Martins também se destaca. O brasileiro tem o maior número de finalizações entre todos os atletas do card. Depois dele, vem o peso mosca Joseph Benevidez, que assume a posição de coadjuvante da equipe dos finalizadores, com nove oponentes finalizados em seu currículo.

Adriano Martins pode entrar no top 15 do peso-leve | Foto: UFC/Divulgação

Adriano Martins tem 12 nocautes e 12 finalizações na carreira | Foto: UFC/Divulgação

O adversário de Martins, o russo Islam Makhachev, também destaca na arte suave, com seis finalizações. Quem leva essa?

Lista

Nocauteadores
Cormier (16V-1D) – 6 nocautes

Gustafsson (16V-3D) – 10 nocautes

Hendricks (17V-3D) – 8 nocautes

Woodley (15V-3D) – 5 nocautes

Jordan (18v-6d) – 14 nocautes

Pena (6V-2D) – 3 nocautes

Bagautinov (13V-3D) – 5 nocautes

Hooker (12V-5D) – 6 nocautes

Jouban (12V-3D) – 8 nocautes

Tumenov (15V-2D) – 10 nocautes

Martins (27V-7D) – 12 nocautes

Lewis (12V-4D) – 11 nocautes

Pesta (10V-1D) – 4 nocautes

Northcutt (5V) – 3 nocautes

Trevino (12V-1D) – 4 nocautes

Finalizadores
Woodley (15V-3D) – 5 finalizações

Pena (6V-2D) – 3 finalizações

Benevidez (22V-4D) – 9 finalizações

Martins (27V-7D) – 12 finalizações

Makhachev (12V) – 6 finalizações

Trevino (12V-1D) – 4 finalizações

Pontuadores
Hendricks (17V-3D) – 8 por decisão

Woodley (15V-3D) – 5 por decisão

Evans (19V-3D-1) – 9 por decisão

Magomedov (13V-1D) – 7 por decisão

Eye (11V-3D) – 7 por decisão

Rodriguez (5V-1D) – 3 decisões

Pettis (12V-2D) – 6 por decisão

Cariaso (17V-7D) – 12 por decisão

Trevino (12V-1D) – 4 por decisão

Recomendado para você