Clube da Luta

Em entrevista ao Clube da Luta, Pedro Rizzo fala sobre José Aldo e aposta que ele retomará o cinturão do UFC

Pedro Rizzo e José Aldo: amigos íntimos e parceiros de treino. Foto: Divulgação

Todos os olhares dos fãs de MMA do mundo inteiro se voltam amanhã para a disputa do UFC 218, em Detroit (EUA). Nele, o manauara José Aldo tentará reconquistar o cinturão dos pesos-penas. Em revanche bastante aguardada, ele enfrenta o americano Max Holloway, o mesmo que o derrotou em junho. A grande questão é: como o brasileiro chega para este combate? Estará preparado, técnica e psicologicamente, para voltar ao topo?

Para responder essas perguntas, a coluna bateu um papo exclusivo com alguém que conhece o brasileiro como poucos: Pedro Rizzo, amigo pessoal e treinador de muay thai de Aldo, que o acompanha desde sua chegada para morar no Rio de Janeiro, ainda adolescente.

Sem titubear, Rizzo garante: não tem pra ninguém. Aldo só sairá do octógono se for com o braço levantado, como vencedor do combate. “O Aldo tá bem para caramba. Tá com vontade. Ele quer reaver aquele cinturão. Até em uma conversa nossa ele disse: ‘Pedro, eu quero que a minha filha me veja campeão a vida toda. Então, vou lutar para vencer’”, afirmou Rizzo na entrevista. Além da convivência nos treinos, Rizzo e Aldo passam parte do dia juntos dando aulas de artes marciais para crianças no projeto social na Usina de Campeões, iniciativa da Refinaria de Manguinhos (zona Norte do Rio). No papo com a coluna, Rizzo — hoje aposentado do MMA, após uma carreira vitoriosa — comentou ainda o que pensa sobre a participação dos brasileiros no UFC. Confira o vídeo da entrevista:

CEARENSES EM HONG KONG

A agenda do fim de semana de lutas começa neste sábado (2) em Hong Kong, com mais uma edição do Just Challenge, um dos principais eventos de MMA da Ásia. Na luta principal, o cearense Mario Schembri mede forças contra o filipino Jeff Bairon, em duelo dos pesos-leves. Radicado em solo chinês há dois anos e meio, Schembri parte para sua 35ª luta profissional. Até aqui, soma 29 vitórias e cinco derrotas. O evento também terá a presença do cearense Leandro Naja, que enfrenta o coreano Insu Kim. O Just Challenge MMA começa às 7h30min, no horário cearense.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + cinco =