Compre do Pequeno

Itaú prorroga contratos de empréstimos para PMEs na crise

Itaú disponibiliza R$ 2,2 bilhões para PMEs

O Itaú Unibanco anunciou que alongou os contratos de empréstimos de 355 mil clientes pessoas físicas e pequenas empreendedores (PMEs). Com isso, quase R$ 15 bilhões em dívidas foram prorrogadas e R$ 4,1 bilhões já foram concedidos em novos empréstimos.

Iniciativa é parte do programa Plano de Saúde Financeira, que busca dar fôlego a clientes durante a crise de Covi-19. Para pessoas jurídicas, os valores dos alongamentos dos 75 mil contratos de capital de giro chegam a R$ 6,6 bilhões, enquanto novos empréstimos totalizam R$ 2,2 bilhões para cerca de 60 mil clientes PMEs.

“A adesão de um grande volume de pessoas e empresas, em tão pouco tempo, reforça o papel de um banco em momentos adversos como esse. É preciso se reinventar para proporcionar medidas concretas e eficazes para que os clientes possam ter mais fôlego e condições reais de atravessar a crise de forma sustentável”, explicou, em nota, André Rodrigues, diretor executivo responsável pelo Banco de Varejo do Itaú Unibanco.

No caso das pessoas físicas, foram prorrogados empréstimos de cerca de 280 mil clientes, o que resultou em cerca de R$ 8,1 bilhões. De PF, foram 200 mil em novos empréstimos, com um volume de R$ 1,9 bilhão. O pacote inclui as linhas de empréstimo pessoal, cheque especial, crédito imobiliário, cartões de crédito e financiamento de veículos.

Prazos

O Itaú informa que os prazos dos contratos podem ser alongados para até cinco anos para PMEs e seis anos na PF. O valor das parcelas mensais é reduzido, e as taxas de juros são mantidas. Além disso, ainda há carência para o pagamento das próximas parcelas de até 180 dias para pequenas e médias empresas e 120 dias para PF.

Confira as condições em: https://www.itau.com.br/folego

REDAÇÃO O POVO
Com informações do Itaú

Recomendado para você