Compre do Pequeno

Pet Shops, Agronegócio e Autopeças reduzem perdas na pandemia de Covid-19

Cãozinho em pose; pet shops são um dos segmentos que conseguiram reduzir perdas na crise de Covid-19

Pet Shops tiveram perdas de 35% durante a pandemia (Foto: Freepik)

Alguns segmento que conseguiram se diferenciar frearam o ritmo de perdas ao longo do isolamento social devido ao novo coronavírus. São eles:  Pet Shops e Serviços Veterinários (-35%), Agronegócio (-43%) e Oficinas e Peças Automotivas (-48%). É o que mostra série de pesquisas realizadas pelo Sebrae, que avaliou a perda média de faturamento semanal dos microempreendedores individuais, micro e pequenas empresas.

No geral, a perda média semanal (aferida entre os dias 30 de abril e 5 de maio) foi de 60%, conforme o Sebrae.

Soluções para diminuir perdas

Dentre as soluções utilizadas pelos setores que conseguiram ir na direção contrária de perdas, o Sebrae lista: flexibilidade para a operação concedida a esses segmentos na maior parte dos estados; características próprias desses segmentos, que não costumam provocar grandes aglomerações de clientes; adaptações feitas pelos empresários para tentar aumentar as receitas, como adoção do delivery e feiras virtuais. 

Leia também | Baixe e-book grátis: Guia de Direitos Trabalhistas durante a Pandemia

Outro setor impactado pela crise é a Economia Criativa (eventos, produções etc.), que teve queda de 86% (março) do faturamento semanal e, em maio, conseguiu reduzir um pouco essa perda (77%). 

Dicas do Sebrae para enfrentar a crise de Covid-19

Segurança sanitária- Mostre ao consumidor protocolos de higienização;

Online – Invista nas plataformas de vendas online;

Mídias sociais – Invista na divulgação em várias plataformas, como Instagram, Youtube e WhatsApp profissional;

Delivery – A entrega em domicílio é uma das maiores tendência, principalmente para negócios na área de alimentação e bebidas;

Pesquise e reinvente – Analise o seu público e procure entender quais as necessidades dele agora. 

Perdas no faturamento por segmento

Pet Shops e Serviços Veterinários

Março (-55%)

Abril (-51%)

Maio (-35%)

Agronegócio

Março (-44%)

Abril (-50%)

Maio (-43%)

Oficinas e Peças Automotivas

Março (-55%)

Abril (-69%)

Maio (-48%)

Turismo

Março (-88%)

Abril (-87%)

Maio (-75%)

Economia Criativa

Março (-86%)

Abril (-80%)

Maio (-77%)

Academias

Março (-68%)

Abril (-87%)

Maio (-72%)

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 13 =