Educação

O laptop escolar vai sair do papel

595 3

tecnologiaO projeto Um Computador por Aluno prevê que a distribuição de 150 mil laptops seja feita em 300 escolas do país cadastradas para participar do programa.

Em 30 dias, segundo o assessor especial da Presidência da República, Cezar Alvarez, o primeiro lote de três mil equipamentos será entregue nessas escolas para que os professores sejam treinados sobre como usar o recurso em sala de aula.

Conforme previsto no edital, a CCE deverá entregar mais 37 mil laptops em 80 dias no máximo. Os demais 110 mil laptops chegarão às escolas em até 180 dias. O assessor diz que todos os equipamentos estarão nas escolas até meados de maio.

Cada escola que participante terá de alocar um professor para dedicação exclusiva ao projeto. Nos próximos meses, um site também deverá ser lançado para centralizar informações sobre a iniciativa.

Fonte: Valor Econômico (SP), André Borges e Cibelle Bouças

Essa é uma ação que já deveria ter acontecido. Estamos no século da informação, na era da informática e, mais do que nunca, essa tecnologia deveria estar presente na escola como um instrumento de auxílio ao educador. É importante termos educadores capacitados para utilizarem a ferramenta a favor da educação. Não basta ter computadores se não tiver internet e se o uso não for a favor da prática educativa.

Vamos ficar atentos e cobrar!

Recomendado para você

3 Comentários

  • Isabelle Rocha disse:

    Olá,Valeska!
    De fato,é um progresso ATRASADO na educação,mas isso não significa que estamos avançando.No entanto,iremos ficar na torcida para que esse novo recurso utilizado em sala de aula,seja um verdadeiro e real progresso de conhecimentos,informações,cultura,valorização dos conteúdos e metodologias do professor ao aluno e vice-versa,pois será um instrumento importantíssimo na prática educativa,diante de tantos mundos culturais.
    Um abraço!

  • Valeska Andrade disse:

    Oi Isabelle!Obrigada pelo comentário. Na era dos iphones,computadores de última geração e demais tecnologias, realmente será um atraso um computador por aluno sem internet ou moderação dos educadores.
    Abraços

  • Paulo disse:

    Melhorar a qualidade da educação brasileira é o grande desafio da nação. Para tanto, se faz necessário utilizar de todos recursos pedagógicos disponíveis. O computador, se adotado de forma apropriada, pode ser um grande aliado. Todavia, ao olhar para formação dos professores e a fragilidade da gestão de muitas escolas, fica difícil crer como essa tecnologia irá contribuir de forma efetiva para melhorar a nossa educação.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *