Educação

O Livro e a leitura dos Sentimentos do Mundo

A IX Bienal Internacional do Livro do Estado do Ceará será realizada de 9 a 18 de abril, no Centro de Convenções de Fortaleza. O evento traz como tema principal “O Livro e a Leitura dos Sentimentos do Mundo” e pretende revelar os caminhos que se unem no universo da leitura.

A homenageada desta edição é a escritora cearense Rachel de Queiroz, que completaria 100 anos em 2010 e cujas obras irão nomear espaços montados no local de realização do evento.

A Bienal do Ceará reunirá alguns dos principais nomes da literatura mundial e nacional, editoras, livrarias e profissionais que compõem as cadeias do livro e da leitura, em uma vasta programação nos turnos da manhã, tarde e noite.

Além de lançamentos de livros, palestras e encontros entre escritores e o público, a Bienal do Livro terá em sua programação encontros paralelos, debates e eventos, entre eles: o V Encontro do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas; o III Encontro Estadual de Agentes de Leitura; o Encontro dos Amigos da Leitura; o I Encontro dos Clubes de Leitura do Ceará; o I Encontro dos Pontos de Leitura; o II Congresso Nordestino de Poetas Cordelistas, Editores e Folheteiros; e o I Fórum Nordeste do Livro e da Leitura.

Além disso, serão promovidas oficinas, declamações, recitais, saraus, palestras e encontros que movimentarão todo o Centro de Convenções durante os dez dias de Bienal.

Outro destaque na programação será a realização do seminário Cultura, Democracia e Socialismo na América Latina e Caribe, que reunirá destacados intelectuais para discutir integração cultural, comunicação, integração regional e o futuro do Socialismo na América Latina e Caribe. Entre os nomes consagrados da literatura que participarão estão Cláudio Katz, Justo Pereda Rodríguez e Emir Sader.

Lançamento da IX Bienal Internacional do Livro do Ceará

Lançamento da IX Bienal Internacional do Livro do Ceará

Durante o lançamento na última quarta-feira, no auditório do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura,  foi apresentada uma programação especial para o dia 13 de abril, data de comemoração do aniversário da cidade de Fortaleza.

A Bienal terá uma programação especial. Está agendada a execução do Hino de Fortaleza e um cortejo do Maracatu Nação Fortaleza, além do lançamento da quinta edição do livro Fortaleza Belle Èpoque, do historiador Sebastião Ponte, e da realização de mesa especial de debates, reunindo alguns dos mais conceituados memorialistas do Ceará, como Miguel Ângelo de Azevedo (Nirez), Christiano Câmara, Marciano Lopes, Zenilo Almada e Nilo Firmeza (Estrigas).

 Fonte: AD2M Engenharia de Comunicação

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =