Educação

Ainda temos 3,5 milhões de crianças e adolescentes fora da escola

Durante debate na Conferência Nacional de Educação (Conae), que acontece em Brasília, a secretária de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Maria do Pilar Lacerda, afirmou que ainda existem no País 3,5 milhões de crianças entre 4 e 17 anos fora da escola.

Ela afirma que essa situação deverá ser mudada até 2016, prazo estabelecido por emenda constitucional aprovada no ano passado que determina obrigatoriedade de ensino a todos dessa faixa etária.

educacao_materiaEla lembrou que é preciso investir em escolas e capacitar professores, principalmente para a educação infantil, e admitiu que as escolas precisam ser mais atrativas, pois o atual projeto é de uma escola anacrônica, inadequada para crianças e jovens digitais.

Fico pensando que esse é um discurso do século passado! Todos sabemos do investimento que precisa ser feita, como deve ser feito e onde. Acontece que na educação as mudanças são muito lentas. E tratamos como se o tema “educação” estivesse totalmente fora do nosso dia a dia.

Digo isso por conta não só da tecnologia que ainda está fora da escola mas, principalmente, dos saberes que ignoramos e do material que ainda utilizamos em sala de aula. Não vou nem falar dos educadores, pois acho que nesse caso precisamos com mais urgência ainda, de uma reforma nas grades curriculares dos cursos de licenciatura.

Bem, que dessa conferência possam sair propostas aplicáveis agora, nesse momento. Não podemos mais esperar para 2016 ou sei lá quando. Em 2016 as prioridades serão outras. Temos que modificar o agora!

Fonte: Correio Braziliense (DF)

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *