Educação

A educação brasileira

866 2

No mais novo Relatório de Desenvolvimento Humano (RDH) lançado no último dia 04 de novembro, em Nova York (EUA), o Brasil subiu quatro posições no ranking global de bem estar das populações em 2010, ocupando o 73º lugar entre 169 países.

No Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), calculado sob a nova metodologia do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), o País passou de 0,693 para 0,699. A escala varia de zero a 1.

Mudanças na metodologia para calcular o bem-estar da população mundial, no entanto, impediram que o Brasil avançasse mais. O pior desempenho foi o da educação, que passou a ser apurado pela média de anos de estudo e pela expectativa de escolaridade. Antes, isso era feito pela taxa de analfabetismo e matrículas nos três níveis de ensino.

Pelo novo critério, o Brasil tem hoje a mesma média de anos de estudo que o Zimbábue, país com o pior IDH do mundo. O RDH, que completa nesta edição 20 anos, conclui que a educação é uma barreira e a mais grave privação imposta à sociedade e ao progresso do Brasil.

A ONU também criou um conceito amplo de desigualdade, que, além da renda, passa a considerar saúde e educação. Nesse quesito, o Brasil fica em 88º lugar, recuando 15 posições no ranking geral.

Muita há o que fazer pela educação do Brasil!

2 Comentários

  • Paulo Roberto Girão Lessa disse:

    NOSSA META É EDUCAR

    Os desafios que o governo Dilma terão são muitos.
    Em uma América e Europa em crise que já pensa em exilar os estrangeiros, temos o Brasil como nação empobrecida que luta por um espaço no mercado mundial.
    Ou somos humildes e aceitamos as nossas dificuldades de educação do nosso povo ou nunca sairemos do atraso de uma nação em desenvolvimento.
    Com a educação é que venceremos os desafios.
    Temos que aprender a ler muito e adquirir conhecimentos necessários à expansão das diversas áreas.
    O Brasil não é um gigante deitado em berço esplêndido. Somos a criança que precisa ser educada e crescer aprendendo ciências, humanidades e tecnologias diversas.
    Educar é a nossa meta! Aprendendo e ensinando seremos nação forte de um povo que sabe o que quer e opta pelo bem e pela paz.
    Nós te amamos, pátria amada Brasil!

  • O problema da educação se configura em uma questão de vontade política tanto do povo quanto dos governo. Será que nossa sociedade quer realmente mudar este estado de coisas?Por que não se inicia uma campanha de valorização dos professores e da escola? A violência hoje nas escolas e o desinteresse dos alunos acabam destruindo o trabalho pedagógico. Governo e sociedade desprezam os professores e o resultado é o caos.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + doze =