Educação

Banda larga na escola

583 2

As escolas brasileiras passam por uma revolução. Em menos de três anos, cerca de 37 milhões de alunos de 57 mil instituições públicas estão saindo do giz e do quadro negro para ter acesso à internet de alta velocidade.

Segundo o secretário de Educação a Distância (EAD) do Ministério da Educação, Carlos Eduardo Bielschowsky, está previsto a cobertura de quase 80% da população escolar pública do País.

O secretário afirma que, até o fim do ano, serão 64 mil escolas incluídas pelo programa – 56 mil urbanas e 8 mil rurais.

O Programa Banda Larga na Escola, iniciado em 2007, faz parte do Proinfo Integrado, que tem como objetivo estimular e incentivar o uso das tecnologias da informação e comunicação na sala de aula, trabalhando nas dimensões da infraestrutura, capacitação das pessoas e elaboração de conteúdos digitais.

Já o Projeto Um Computador por Aluno (UCA) prevê a criação e manutenção de estruturas para que alunos de família de baixa renda participem do processo.

Os investimentos na área somaram R$ 1 bilhão, e o resultado só está sendo possível graças à expansão de redes de acesso às cidades.

Fonte: Valor Econômico (SP)

2 Comentários

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − seis =