Educação

Projeto de lei para tirar guloseima das escolas

Um projeto de lei em tramitação no Senado Federal quer proibir a inclusão de alimentos industrializados e ricos em gordura, sal, açúcar e outros conservantes na merenda escolar e em cantinas das escolas públicas e particulares de educação infantil e ensino fundamental.

O projeto foi aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Segundo a proposta, o cardápio oferecido aos alunos pelas escolas vai ser elaborado por um nutricionista.

A ideia é assegurar que as escolas ofereçam refeições não apenas saudáveis, mas balanceadas.

Os critérios de seleção desses alimentos ficariam sob responsabilidade das autoridades sanitárias.

Com a medida, alimentos in natura substituiriam industrializados, proporcionando mais nutrientes com menos calorias às crianças.

Fonte: Gazeta do Povo (PR)