Educação

Educação básica ainda requer mais atenção

Enquanto a formação superior e as áreas ligadas aos setores produtivos que mais requerem especialização avançam, há percepção de que a educação básica ainda patina.

Em pontos cruciais para o desenvolvimento das novas gerações de cidadãos e profissionais ainda há muitas falhas.

Levantamento realizado pelo Movimento Família Mais Segura na Internet (ação de responsabilidade social digital idealizado pela advogada Patrícia Peck Pinheiro) por exemplo, aponta que, em um universo de mil escolas brasileiras, apenas 13% orientam crianças e adolescentes para a educação digital.

“Nosso estudo tem como objetivo servir como termômetro social sobre os impactos da tecnologia na sala de aula e também como ferramenta para planejar ações que permitam maior inclusão digital acompanhada pela educação”, afirma Patrícia Peck.

Fonte: Brasil Econômico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis + 18 =