Educação

O alto custo da falta de saneamento

O Brasil registra quase 400 mil internações por diarreia todo ano, sendo 35% de crianças com menos de cinco anos, segundo dados do Ministério da Saúde. Cerca de 14% das internações (54.339 pessoas) ocorreram nas 100 cidades avaliadas na pesquisa Ranking do saneamento 2012, feita pelo Instituto Trata Brasil, que verificou o abastecimento de água, lançamento e tratamento de esgoto e acesso à água potável dos municípios com base nos dados oficiais do governo brasileiro divulgados pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento 2010 (Snis).

Custo e mortes– Os gastos do Sistema Único de Saúde (SUS) com as doenças gastrointestinais mostram o porquê de se acender um alerta para a questão: além de um número elevado de pessoas doentes, os custos com o tratamento das doenças chegam à casa dos R$ 140 milhões anualmente. Segundo o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a diarreia é a segunda maior causa de mortes em crianças com menos de cinco anos.

Fonte: Estado de Minas