Educação

Pesquisa aponta que 60% dos adolescentes fazem "coisas às escondidas" na internet

Ao tentar acompanhar o que acontece na vida virtual dos filhos, muitos pais se deparam com aquela questão que sempre esteve presente no mundo real: até que ponto vale bisbilhotar a fim de garantir a segurança das crianças e adolescentes?

O levantamento da McAfee, “Os riscos na vida digital: filhos superconectados x pais ausentes”, aponta que 60% dos adolescentes e jovens agem às escondidas na internet.

Ainda assim, 61% dos pais não acreditam que os filhos poderão ter problemas graves pelo uso da internet. Para a psicóloga Keli Rodrigues, ter conhecimento dos aparatos tecnológicos e estar também na rede ajuda na vigilância, mas não é o mais importante.

untitled

“Estabelecer uma relação de hierarquia, por mais que você seja amigo dos filhos, dentro de casa vai refletir no comportamento virtual”, explica.

Além disso, as crianças não nascem sabendo se portar (na rede ou fora dela) e, por isso, é essencial mantê-las informadas.

“É preciso dizer que existem riscos, pois as fotos dos perfis podem não corresponder à realidade, e as pessoas podem pedir para vê-las e quais as consequências disso”, avalia.

Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *