Educação

Brasil conquista medalha inédita em olimpíada internacional de astronomia

Na mesma semana em que Artur Ávila Cordeiro de Melo, matemático brasileiro, conquistou a Medalha Fields, o Brasil teve outra conquista na área de ciências exatas, protagonizada por alunos do ensino médio.

Cinco estudantes conquistaram a medalha de prata em prova por equipe na 8ª Olimpíada Internacional de Astronomia e Astrofísica, conquista inédita no País. O evento ocorreu na cidade de Suceava, na Romênia.

O grupo brasileiro também obteve, nas provas individuais, duas medalhas de bronze e três menções honrosas. A equipe desembarcou no Brasil, após viagem de 30 horas. “Essa competição tem nível muito elevado, e os alunos brasileiros se destacaram”, diz o coordenador de Educação em Ciências do Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast), no Rio de Janeiro, Eugênio Reis, que acompanhou os estudantes.

Segundo ele, “esses jovens que voltam com a medalha mostram para os demais que isso é uma coisa possível; que basta se dedicar, que se tem chance”. Ao todo, participaram da olimpíada 208 estudantes, de 39 países.

Fonte: Correio 24 horas- Online (BA)