Educação

O trabalho de casa é por conta das meninas

Enquanto 81,4% das meninas arrumam a própria cama, apenas 11,6% dos meninos o fazem. Quando a tarefa é lavar louças, 76,8% delas cumprem o trabalho e apenas 12,5% deles. Os dados são da pesquisa Por ser menina no Brasil: crescendo entre direitos e violências, do Instituto Plan Internacional, em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH).

Na opinião dos pesquisadores, o levantamento mostra que a desigualdade de gênero já começa na distribuição dos afazeres domésticos. O levantamento vai além e mostra que cerca de 14% das meninas entre 6 e 14 anos trabalham ou já trabalharam para terceiros.

Mais de 37% das crianças entrevistadas prestam serviço na casa de outras pessoas, cuidando de crianças, fazendo faxina e outras atividades domésticas. Outras 17,5% contam que trabalham em estabelecimentos comerciais; 7% em atividades relacionadas à agropecuária ou à pesca e 6% em fábricas.

Cerca de 5% das entrevistadas revelaram que ficam nas ruas vendendo objetos, recolhendo material reciclável, vigiando ou limpando carros. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) proíbe o trabalho de crianças com menos de 16 anos, salvo na condição de adolescente aprendiz a partir dos 14 anos e com o devido acompanhamento.

Fonte: Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *