Educação

Dossiê sobre meios de comunicação e governos na América Latina

A publicação de número 14 da coleção Observatório Latinoamericano traz a comunicação na América Latina como tema. O documento, intitulado “Meios e Governos latinoamericanos no século XXI: as tensões de uma complexa relação”, problematiza o relacionamento dos meios de comunicação considerados dominantes e os governos da região, através do olhar de pesquisadores renomados, tais como Martín Becerra, Silvio Waisbord, Philip Kitzberger, Murilo César Ramos, Gabriel Kaplún, Pedro Santander, Santiago Marino, Gabriel Vommaro, Iván Schulaquier e Verônica Rocha.

Uma das visões que se manifesta em parte dos trabalhos reunidos é a de que a construção da democracia na comunicação envolve caminhos e descaminhos, tensões, ambivalências e negociações constantes, diante de uma multiplicidade de atores que intervém na definição destes processos. Em um cenário em que a comunicação social ainda é estruturada de forma concentrada, conglomerada e centralizada na propriedade de indústrias de produção e circulação massiva de bens e serviços da cultura, fatores como a convergência, as transformações em nível político e as mudanças econômicas na América Latina influenciam a busca por novos marcos regulatórios para o setor.

Segundo o documento, países como o Uruguai, Equador, Argentina, Bolívia e Brasil têm realizado reflexões acerca da importância da comunicação no exercício da democracia e a necessidade de se falar em “Direito à Comunicação e à Liberdade de Expressão” das comunidades como um pilar fundamental na busca de todos os outros direitos.

A coleção Observatório Latinoamericano é uma iniciativa do Instituto de Estudos da América Latina e Caribe, da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires. Os trabalhos ali publicados, sob a forma de dossiê, buscam oferecer informações contextualizadas sobre temáticas estratégicas para a região.

Fonte: http://www.andi.org.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *