Educação

IFCE implantará Polo de Inovação

393 1

Alunos reunidos em grupos sentados em mesas fazem pesquisas

O Ceará receberá um dos cinco novos polos de inovação a serem criados no País. O equipamento será implantado pelo Instituto Federal do Ceará (IFCE) na área de “Sistemas Embarcados e Mobilidade Digital”, com status de campus e infraestrutura própria. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 4, pelo reitor Virgílio Araripe, após aprovação pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii), gestora nacional dos polos. A conquista permitirá ao IFCE a execução de planos de desenvolvimento tecnológico em parceria com empresas do setor industrial.

Os institutos federais credenciados firmarão compromisso com a Embrapii por períodos de três ou seis anos, a depender da modalidade de operação pretendida, para a contratação e execução de projetos de inovação. Entre os objetivos do IFCE com a operação do polo estão elevar o investimento percentual em inovação e o nível de produtividade de indústrias clientes, fomentar o empreendedorismo entre os alunos e disseminar a inovação tecnológica entre as micro e pequenas empresas.

O polo possibilitará a articulação com os setores industriais, com os programas de pós-graduação do IFCE e de outras instituições, bem como uma maior integração com as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Para o reitor Virgílio Araripe, a aprovação da proposta mostra o respaldo nacional que as ações de inovação do Instituto alcançaram. “Essa conquista também é um reconhecimento à alta qualificação dos nossos pesquisadores. Certamente, o polo de inovação será um equipamento que vai contribuir bastante para o desenvolvimento do Estado do Ceará”, exalta.

O projeto do IFCE

A captação de recursos externos pelo IFCE na forma de projetos de pesquisa aplicada, desenvolvimento e inovação na área de tecnologia em informação e comunicação foi vital para a concepção do polo. A estrutura do Instituto, com 33 campi (sete em implantação), 50 centros de inclusão digital, dois núcleos de informação tecnológica, 22 polos de educação a distância e um hotel escola também foi fator determinante para viabilizar o projeto, bem como o histórico de interação com o setor industrial.

O IFCE está inserido num contexto de ações de inovação, integração com a indústria, com diversos núcleos de excelência em pesquisa, pós-graduação e inovação, nacionais e internacionais. Atualmente, diversos projetos inovadores já têm sido desenvolvidos nos laboratórios do IFCE, entre os quais os de Inovação Tecnológica; Fotônica; Processamento Digital de Sinais; Desenvolvimento de Software; Sistema de Controle e Medição de Energia; e de Pesquisa Aplicada e Desenvolvimento em Automação; além do Núcleo Avançado em Engenharia de Software Distribuído e Sistemas Hipermídias.

Fonte: Luís Carlos de Freitas / Ícaro Joathan – reitoria

1 comentário

  • Enildo Silva disse:

    Mestrado – Energias Renováveis

    Gostaria de ser incentivado ao mestrado; em Políticas Social e Tecnologia, nas categorias: Energias Renováveis, Telecomunicação, e outras competitividades.

    Graduado em Letras/ com Especialização em Docência do Ensino Superior.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *