Fisioterapia & Saúde

Tudo não passou de uma Grande Mentira. Desabafa Médico da Seleção Brasileira.

 “Tudo não passou de uma grande mentira”.  O desabafo é do médico da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2010, José Luiz Runco, sobre um suposto desentendimento com o fisioterapeuta Luiz Rosan durante a competição na África do Sul.

A pretensa desavença teria ocorrido durante o tratamento e a recuperação do meia Elano, que levou uma pancada na perna no segundo jogo do Brasil na Copa, contra a Costa do Marfim, e ficou de fora do restante do Mundial. Runco assegura que não houve choque de opiniões no tratamento do jogador.

“Meu papel é analisar e diagnosticar o problema. Cabe ao fisiologista e ao fisioterapeuta tratar e cuidar. Apenas isso”, frisou.  Para o médico, a suposta confusão tinha como objetivo tumultuar a Seleção e criar um fato novo, mesmo que mentiroso. “Alguém quis criar uma novidade, mas deu um tiro na água. Nos damos muito bem e nos respeitamos”, afirmou, referindo-se a Rosan.

Para o médico, a suposta confusão tinha como objetivo tumultuar a Seleção e criar um fato novo, mesmo que mentiroso. “Alguém quis criar uma novidade, mas deu um tiro na água. Nos damos muito bem e nos respeitamos”, afirmou, referindo-se a Rosan.

Fonte: Portal Terra