Futebol do Povo

Interesse pequeno: os quatro jogos de ida das quartas de final do cearense, juntos, tiveram menos de nove mil ingressos vendidos

663 15

Uma das justificativas para as mudanças no regulamento do Campeonato Cearense 2017 era a tentativa de melhorar a média de público da competição de forma significativa. A meta, pelo menos por enquanto, não foi atingida. Há espaço para uma melhora entretanto.

Levando em consideração os 49 jogos disputados até agora (incluindo portanto, os quatro de ida das quartas de final) a média do estadual é de apenas 2002 pagantes por partida, isso porque, nesta conta, as centenas de cortesias já distribuídas estão contabilizadas (cada uma infla o borderô em um real, valor que não é pago pelo agraciado com o convite). Não tivessem as cortesias, a média cairia de forma importante, já que, muitas vezes, elas representam entre 10 e 20% do total do público pagante.

Nas quatro partidas de ida das quartas de final do Campeonato Cearense o interesse seguiu pequeno. Para Maranguape 1 x 1 Guarani de Juazeiro, 167 pagantes; para Ferroviário 1 x 1 Horizonte, 1567; para Tiradentes 2 x 3 Fortaleza, 3073 e em Uniclinic 1×3 Ceará, 5195. Total de 10002 pagantes. Sem as cortesias, entretanto, esse número despencaria para menos de 8500 ingressos efetivamente vendidos ou de sócios.

É preciso levar em conta alguns atenuantes para a baixíssima média de público neste momento: ausência do PV (um absurdo), muitas partidas em Horizonte e a realização de, por enquanto, apenas um Clássico-Rei. Assim, caso Fortaleza e Ceará cheguem até as finais certamente essa média vai aumentar, talvez atingindo a casa dos três mil pagante por partida. Ainda assim, ficará distante de uma melhora significativa.

Médias de público do Campeonato Cearense nos oito anos mais recentes:

2009 – 4131
2010 – 2723
2011 – 2483
2012 – 2720
2013 – 2015
2014 – 2931
2015 – 3407
2016 – 2681

Recomendado para você