Futebol do Povo

Fortaleza: Lúcio Flávio e Zé Carlos têm quase metade dos gols da equipe

1128 14

Há técnicos que não gostam taticamente da escalação de dois centroavantes como titulares. Não é o caso de Marquinhos Santos nesta temporada no Fortaleza. Com Lúcio Flávio e Zé Carlos à disposição, o treinador, quando pode, opta por ter em campo os atletas que têm mais competência para balançar as redes.

A decisão é correta. Se perde em velocidade e ocupação dos lados do campo ofensivo, ganha em presença de área e obriga o time a procurar alternativas no meio-campo e laterais para a bola sempre chegar até a área. Os números também comprovam que a dupla tem conseguido entrosamento.

O Fortaleza entrou em campo 18 vezes nesta temporada, 11 pelo estadual, seis pela Copa do Nordeste e uma pela Copa do Brasil. No total foram 29 gols marcados e 14 foram feitos pala dupla de centroavantes. Lúcio balançou as redes oito vezes e Zé Carlos outras seis.

A média de Zé Carlos é melhor, entretanto. Ele esteve em campo oito vezes, totalizando 525 minutos. Assim, faz um gol a cada 87 minutos. Lúcio Flávio foi escalado em 14 oportunidades, totalizando 1184 minutos nos gramados. Neste cenário faz um gol a cada 148 minutos.

Vale ressaltar que em 2016 Zé Carlos marcou nove gols no ano todo pelo CRB, enquanto Lúcio Flávio anotou 16 tentos pelo Paraná.

14 Comentários

  • Sérgio Filho disse:

    Graziani, mesmo eles tendo esse número sensacional, você não acha que a escalação do Fortaleza está errada? Os dois são lentos, pesados, não sabem jogar pelas pontas do campo e têm um péssimo domínio de bola. Acho que tem que ser um ou outro. Como Zé Carlos tem mais técnica, deixaria ele no time titular. Acredito que tenha que ter um atacante de velocidade, que saiba jogar pela laterais e tenha dribles curtos, o que nenhum dos dois têm, respectivamente.

  • Chico caucaia disse:

    45 pra jogar as finais do campeonato cearense, realmente se não existisse teria que ser inventado…. Émuita competência deste dirigentes.

  • Robson disse:

    Peço vênia para discordar do nobre articulista. Em minha opinião, jogar com dois “homens de referência” tem sido ruim para o desempenho do time, apesar das vitórias conquistadas.

    Primeiramente pelo fator movimentação: os dois são finalizadores e não dribladores ou velocistas. Em vários momentos do jogo o time se ressente da ausência de um (ou dois !) atacante(s) de lado que ajude a abrir a zaga adversária e puxar os contra-ataques em velocidade.

    Além disso, dois homens jogando de costas para o gol adversário é improdutivo, sobretudo quando ambos demonstram uma dificuldade sobre-humana de dominar passes de seus companheiros e preparar a jogada para quem vem de trás.

    Enfim, é um fato que até agora os dois conseguem uma boa média de gols, mas há que se levar em conta a fragilidade dos adversários. É extremamente provável que, contra adversários mais gabaritados, o time precise de alternativas de jogo que demandem a atuação de um atacante velocista em vez de dois “trombadores”.

    Para não ficar apenas nas criticas, uma menção honrosa para o golaço do Zé do Gol. Depois daquela pintura, o pobre zagueiro do Tiradentes está apto a assinar contrato com o time que usa terreno alheio na beira do canal de esgoto.

    rsrsrs…

    Saudações Tricolores !

    • Sérgio Filho disse:

      Estamos assistindo ao mesmo jogo, grande Robson.

      No meu comentário acima, disse o mesmo que você: que os dois são lentos, têm um péssimo domínio de bola e não sabem jogar pela laterais do campo. Precisamos para ontem de um driblador e velocista, pois os dois só aguentaram até agora devido à fragilidade e ruindade dos adversários do manjadinho.

      Aliás, precisamos também de um camisa 10, aquele cara que decide o jogo e chama a responsabilidade para si. Éverton, mesmo sendo muito técnico, não é esse cara, tanto que ele mesmo já fez questão de deixar claro. Rodrigo Andrade é até um bom jogador, mas para ser o quarto homem do meio campo. Já o Leandro Lima, coitado, esse não sabe armar nem uma rede no próprio quarto, imagine o time. E pensar que há uns 4 ou 5 jogos atrás, este rapaz era o responsável pela criação do time. Parece até brincadeira. Esquerdinha e Cássio Ortega, pelo menos para mim, não houve tempo para qualquer avaliação, enquanto Renatinho e Ronni, que dizem que também joga de meia, ainda precisam estrear.

      Diria que, quando a Série C começar, que é o maior objetivo nosso, devemos trazer zagueiros, laterais para os dois lados, meias ( se os que estão aí não resolverem ) e volantes, pois não temos um único volante que saiba sair para o jogo tocando a bola, onde todos são aqueles chamados botineiros, que do pescoço para baixo é canela. Sem esquecer dos meias atacantes, pois Gabriel Pereira e Vinícius Baiano ainda são muito inexperientes e, em decorrência disso, vivem de lampejos individuais, respectivamente.

    • Bfontenele disse:

      Pois é, Robson, somos CANAL Premiere, diga-se de passagem.

  • João Ximenes disse:

    Hoje, de momento, transcrevo a frase usada para quando o CRAQUE no futebol: “CRAQUE TEM DE JOGAR.”

    Não que LÚCIO FLÁVIO e/ou ZÉ CARLOS sejam craques.
    MAS, conhecem o caminho das redes e MARQUINHOS só precisa armar um time com capacidade de dá o suporte necessário para que os dois continuem a fazer os gols.

    COMO ?
    Ontem por exemplo mostrou que dá pra equilibrar a equipe com UCHOA, PABLO; ÉVERTON e quem sabe RONNY quando ambos entrarem no ritmo dos demais fazendo o sistema de meio campo, pois dos quatro citados, três deles chegam muito bem a frente e fazem por extinto próprio a recomposição(Pablo, Éverton, Ronny), enquanto que Uchoa, também por extinto fica mais plantado a frente da zaga arriscando-se muito pouco ou quase nada a frente, além de os 4 ainda fazerem a cobertura necessária dos laterais quando da saída dos mesmos(Pablo, Uchoa destros; Éverton, Ronny canhotos).
    Ou seja: Boeck, Felipe, Del’amore, Max, Bruno; Uchoa, Pablo, Éverton, Ronny; Lúcio Flávio, Zé Carlos.

    Cheguei também a pensar como o Sérgio Filho no que se refere a LÚCIO e ZÉ, mas ontem vi que dá pra os dois jogarem ao mesmo tempo(não gosto do termo juntos), desde que MARQUINHOS consiga posicionar as outras 4 peças citadas acima e os dois fiquem mais fixo a frente sem a necessidade, principalmente do LÚCIO tá voltando tanto pra marcar(ainda assim é o artilheiro da equipe).

    Acho ainda que a briga vai ser muito boa pela VOLÂNCIA que ainda conta com o RODRIGO MANCHA e JEFFERSON quando FELIPE voltar pra lateral; no meio campo que ainda temos RENATINHO, RODRIGO ANDRADE e até mesmo LEANDRO LIMA e WESLEY com seus lampejos, e ainda podemos contar com gás novo na frente, também com lampejos do GABRIEL e VINICIUS BAIANO.

    ACREDITO que MARQUINHOS vai encontrar o ponto do sal e vai manter LÚCIO e ZÉ juntos pra quem sabe continuarem nos presenteando com os GOLS NECESSÁRIOS dentro das competições.

    É esperar pra ver.

    SOU MAIS LEÃO DE AÇO !!!!!

  • Henrique Honesto disse:

    Honestamente, acho que o Lúcio Flávio já foi mais ou menos, agora ta mais esforçado e com garra.Já o Zé do gol faz bem o pivô e mostrou frieza no gol de pênalti. Acho que se o Leão chegar no mata mata da Série C, esses aí, juntamente com as cobranças de falta do Renatinho e do Rony vão fazer as diferenças.
    No nosso campeonato estadual o Maior do estado vai passar por cima do Ferrim e do vovô com seus literais atletas.
    SALVE O TRICOLOR DE AÇO!

  • Magal disse:

    Tá bom demais, com estes foi não tem pra ninguém. Vamos ser tri, nosso time é o melhor do estado, quem sabe, do norte nordeste. Este ano não vai ter quebra quebra de cadeiras, que o castelao durma tranquilo

  • Chico Costa disse:

    Só uma perguntinha: será se ele tem coragem de escalar os dois numa possível final com o Ceará? Alguém se habilita?

    • João Ximenes disse:

      CHICO COSTA,
      E porque não ?

      LEÃO DE AÇO nos últimos anos vinha jogando com um CENTROAVANTE, que nem “enfiado” ficava porque tinha de voltar na marcação, e ainda assim acabava como, se não artilheiro, um dos que mais marcava gols na equipe(Lúcio Maranhão, Robert, Anselmo pra citar os três últimos anos).
      – Salvo engano, ROBERT e ANSELMO acabaram como artilheiro da equipe e UM dos principais do campeonato em suas passagens.
      Hoje temos DOIS AVANTES QUE CONHECEM O CAMINHO DO GOL, são os artilheiros da equipe no ano, e devem continuar jogando até o final.
      O bom nessa história é que ANTES o avante tinha de sair pra marcar(recompor), e tinha de correr do meio campo até a área pra fazer os gols.
      HOJE se sair UM deles sempre vai ficar o outro pra fazer isso e ainda segurar a defesa adversária.

      MARQUINHOS tá certo em usar os dois ao mesmo tempo, e se conseguir encontrar 4 peças pro meio que dê o aporte, ai, pode levar OS DOIS até final da Czona.
      – Sugestão: Uchoa, Pablo, Éverton, Ronny. Sendo que Éverton e Ronny precisam entrar no ritmo dos outros que já veem jogando a mais tempo.

      Como já falei antes, temos um “elenco eclético”(jogadores que fazem mais de uma função), e isso ajuda até quando das mexidas dentro do jogo.

      Um abraço.

  • João Ximenes disse:

    Aos TRICOLORES de plantão que frequentam o Blog Futebol do Povo.

    Mais uma vez começaram aquelas ladainhas do final do ano passado e que agora estamos pagando pela pixotada quase que generalizada quanto aqueles “gritos extrondantes” em 2016(EU me coloco de fora): “MANDA TUDO EMBORA.”
    Atendendo a “parte dos torcedores”, diretoria deu uma de “menino do buchão do futebol”, quando desmontou um time inteiro(2016) não se preocupando nem em deixar uma base pro ano seguinte(2017).
    – Hoje “tamo” pagando por isso.
    2017 começou, já ficamos fora das duas primeiras competições do ano e que poderiam trazer DIN DIN pros cofres do Clube, INVESTIMENTO já foi feito, e em cima das muitas queixas e reclamações, coloco aqui e agora alguns questionamentos(também reclamo mas uso também o bom censo):

    Aprendi a ver o jogo com os pés no chão e consciente de que: “O QUE TEMOS” é isso, e vai ter de ser com isso que vamos conseguir.

    O que quero dizer com isso ?

    “TAQUI”: LEÃO DE AÇO 2017

    Goleiro – Max Walef, Marcelo Boeck, Matheus, Magrão
    Lateral Direito – Eduardo
    Lateral Esquerdo – Bruno Melo, Alan Vieira, Bruninho, Laerte, PH, Ronny
    Zagueiro – Max Oliveira, Heitor, Ligger, Yuri Pereira, Gabriel Silva, Del’Amore
    Volante – Felipe, Gáston, Jefferson, Pablo, Esdras, Vacaria, Anderson Uchôa, Rodrigo Mancha
    Meia – Patuta, Rodrigo Andrade, Leandro Lima, Natan, Esley, Cássio Ortega, Esquerdinha, Willian Schuster, Renatinho, Éverton
    Atacante – Juninho Potiguar, Luis Henrique, Lúcio Flávio, Denis, Gabriel Pereira, Zé Carlos, Vinícius Baiano

    1, 2, 3… 43 !?
    Temos todas as posições hoje de sobra e em condição de jogar(já me conformei com o lateral volante). Se não vejamos:

    GOL: Boeck, Matheus que fechou quando entrou;
    LATERAL DIREITA: MARQUINHOS sempre vai preferir um volante por lá(vide Felipe, Pablo, Jefferson) e não adianta nem trazer. A não ser que seja o Daniel Alves pra mudar o seu pensamento de jogo tático;
    LATERAL ESQUERDA: Bruno(base), Ronny, Laerte(base);
    VOLANTES: é o pau que ronca – Jefferson, Pablo, Esdras(base), Uchôa, Rodrigo Mancha;
    MEIO CAMPO: até pro meio tem gente demais – Rodrigo Andrade, Leandro Lima, Esley, Cássio Ortega, Esquerdinha, Renatinho, Éverton.
    ATAQUE: Lúcio Flávio, Zé Carlos. Gabriel Pereira, Vinícius Baiano.

    Transferi pro detalhe acima somente jogadores que VI até aqui e que podem ajudar.
    Dos 43 sobraram 24 no que dá pra desfazer-se de 19.

    Questão é:
    1. dispensar vai ser negócio pro clube financeiramente já que, acredito EU, esses jogadores foram contratados pra temporada toda e teem multa contratual ?

    2. se existe a multa contratual… dispensando, digamos os 19 jogadores e pagando os seus direitos pra evitar confusões futuras, vai sobrar dinheiro pra novas contratações ?

    3. se temos 24 jogadores, onde metade deles são polivalentes(jogam em duas posições), né melhor trabalhar e tentar acertar com os mesmos ?

    4. jogadores vindo do nosso campeonato, o torcedor seria tolerante com os mesmos ?

    QUESTIONAMENTOS que devem ser levados em consideração, além do fato de estarmos numa reta final de CAMPEONATO CEARENSE que pra gente vale um TRI CAMPEONATO, Nordestão e Copa do Brasil 2018 e ESPECULAÇÕES agora quanto a CONTRATAÇÕES, pode influenciar diretamente no RENDIMENTO já DEFICITÁRIO mais ainda dentro do campo de jogo.

    Com 24 jogadores “aproveitáveis”, onde metade deles são polivalentes, numa reta final de competição e início de outra MAIS IMPORTANTE ainda(Czona), ACERTAR a equipe é muito mais prático que CONTRATAR agora e recomeçar o trabalho do “0”(zero).

    SE “DÉ” PRA CONTRATAR(e deve)… CONTRATA !
    A torcida e + EU agradecemos.

    SOU MAIS LEÃO DE AÇO !!!!!

  • Barbosa disse:

    LEÃO RUMO AO TRI E À SÉRIE B!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *