Futebol do Povo

100 dias com Givanildo: elenco na mão e força defensiva são trunfos que o treinador adquiriu para o principal objetivo do Ceará no ano

2022 26

Por André Almeida

No último domingo, 28, um dia após a vitória sobre o Náutico por 2 a 0, o técnico Givanildo Oliveira completou 100 dias no comando do Ceará. E é notória a mudança que o treinador trouxe ao clube.

Antes, uma breve retrospectiva: Givanildo assumiu o Ceará no dia 17 de fevereiro, substituindo Gilmar Dal Pozzo em momento conturbado após eliminação na Copa do Brasil. Fora da Copa do Nordeste, o time caiu na fase de grupos da Primeira Liga, mas fez seu papel no Campeonato Cearense. Givanildo foi campeão invicto e inconteste, com seis vitórias e dois empates em oito jogos.

O experiente técnico trouxe consigo calmaria a Porangabuçu e hoje tem o elenco na mão. Outro fator que o mantém muito prestigiado entre a diretoria alvinegra é a formação de um time coeso e eficiente.

Se não jogou bonito até aqui, o Ceará de Givanildo é eficaz demais. São 13 jogos, com sete vitórias, cinco empates e só uma derrota (para o CRB, na estreia da Série B). Aproveitamento de 66,7% dos pontos disputados. 18 gols marcados e só seis sofridos. E aí está o principal mérito do treinador: a construção de um sistema defensivo sólido e seguro. É nisso que o Vovô deposita a principal esperança para a Série B.

Mas vale lembrar que Givanildo ainda tem pela frente o principal desafio para o qual foi contratado: devolver o Ceará à Primeira Divisão. Falar da sua experiência na Série B é chover no molhado, mas o “Rei do Acesso” não levará o time sozinho ao objetivo.

A lucidez do treinador na entrevista coletiva após a vitória na Arena Pernambuco dá a impressão de quem está ciente do desafio e que é preciso de reforços pra isso. Um meia estilo “camisa 10” é prioridade. E ele tem sido enfático ao solicitar jogadores de qualidade, que cheguem pra assumir titularidade ou, no mínimo, briguem por um lugar na equipe.

Ao treinador, falta longo caminho pela frente. 35 rodadas, para ser mais preciso. Mas nos seus primeiros 100 dias no clube ele já deu mostras de que trabalho não vai faltar.

26 Comentários

  • Leandro Gonçalves disse:

    Pobre ,Giva…Alguém diz pra ele que o tal meia não virá,será o Ricardinho mesmo,quando estiver totalmente recuperado, na 35° rodada…!!!

    Mesmo com alguns equívocos,quando insiste em jogadores que não rendem em determinadas posições,confio no Giva e sei que a sua experiência é um grande trunfo à nosso favor com vistas ao acesso,mesmo sabendo que apenas isso não será o suficiente…No entanto,é um alento que nos faz acreditar em dias melhores…

  • Barbosa disse:

    Esse aí vai levar a vovó pra outra série.
    Pra série C .
    Eh eh eh eh eh

    • CARLOS LIMA disse:

      Barbosa, inveja é uma doença..e a sua está em estado avançado. um treinador que consegue ser Campeão Mineiro (2016) jogando contra Atletico e Cruzeiro, a frente
      do America Mineiro, um treinador que consegue dezenas de titulos estaduais e acessos
      para as Séries A e B, muitos desses acessos com o titulo da competição. não precisa provar mais nada.

      não tenho a menor duvida se o Givanildo estivesse no lugar do Sérgio Soares nos anos de 2014 e 2016, quando o Ceará terminou a primeira fase da Série B, em primeiro (2014) e em segundo (2016) que o Ceará teria conquistado o Acesso ,
      os times que o Sergio Soares treina marcam 90 gols, mas por outro lado levam 100.

      o Givanildo está certo ao pedir contratações, são 38 rodadas, e os times que conseguem o acesso, sempre possuem elencos e não apenas 11 titulares que quando precisam de substituição, os reservas não dão conta do recado.

    • MIMI-48 disse:

      E o BOMAMIGO primo do BOMFIM vai levar o FEC- Stella Eterno C para a Série D.
      Ah Mimi malvado no miminuto 48!!!

  • Geovani Sales disse:

    Creio que Givanildo esteja trilhando no caminho horas certo. A diretoria tem fazer a sua parte dando ao nosso treinador o solicitado, caso ocorra uma das quatro vagas será do Vozão.

  • Chico Caucaia disse:

    Rumo a Serie A……..

  • Só não foi dito no comentário acima que o Ceará do Givanildo só ganhou um único jogo de times de fora do Estado. Exatamente contra o fraquíssimo Náutico….e que até então, tinha feito um mísero gol fora do manjadinho….

  • João Ximenes disse:

    Lá vai EU meter o bedelho “de novo”, mesmo TENDO NADA A VER COM ISSO.
    É que tava lendo uma COLUNA acolá, e o que lí lá, tem a ver com o assunto aqui.

    AQUI:
    “100 dias com Givanildo: elenco na mão e força defensiva são trunfos que o treinador adquiriu para o principal objetivo do Ceará no ano”

    COLUNA LÁ:
    “Saiu do arraigado pragmatismo pra ousadia, sem ir com tanta a sede ao pote.”
    “HOUVE progresso? Sim e visível. Um deles, mesmo sem querer querendo, acertou em cheio com Pedro Ken no lugar de Richardson, descartando Jackson Caucaia.”
    “KEN deu mais mobilidade à meia cancha, pois, segundo volante, sai pro jogo e defende. Richardson só faz uma coisa, ou seja, limita-se mais a defender do que arriscar.”

    EU:
    Os 100 dias acabaram dando ao GIVANILDO a condição de aplicar e encontrar dentro do elenco, um ESTILO DE JOGO dentro do que pensa da Bzona que ressalte-se, conhece-a como ninguém e é CAMPEÃO nela.
    Fez o que se faz, desde que inventaram o futebol: LATERAIS atacando… só se for um de cada vez(quando um vai, o outro fica). Assim ficam sempre com 4 na hora que perdem a bola(1 lateral; 2 zagueiros; 1 volante), dando tempo pra chegada dos homens mais próximos que jogam pelo meio e mais um segundo volante. PARECE FÁCIL !

    Quanto a COLUNA… acho que alguém tem de levar esse cidadão pra ver os jogos Deles LÁ(os daqui), ou pelo menos mostrar pra ele os “SCAUTES” dos jogos.
    Dizer que: “KEN deu mais mobilidade à meia cancha, pois, segundo volante, sai pro jogo e defende. Richardson só faz uma coisa, ou seja, limita-se mais a defender do que arriscar…”

    SÓ PODE É TÁ DE BRINCADEIRA !

    Além da CONTRADIÇÃO das duas opiniões(Coluna e Blog) quando: “força defensiva são trunfos” e “Saiu do arraigado pragmatismo pra ousadia.”

    RICHARDSON passa o tempo correndo o campo todo, e o vejo mais próximo da área adversária que propriamente marcando o jogo(já andou fazendo gols recentemente).
    Arrisco em dizer que, se ele estivesse em campo nesse jogo, a produção ofensiva do time teria sido bem maior e consistente, e não duvido, o aproveitamento ofensivo teria sido melhor aproveitado, porque com ele em campo o time fica mais compactado – coisa que não vi com o KEM pois tinha muito era buraco – e RAUL, também consegue chegar na frente sem se desgastar demais cobrindo os buracos deixados pelo Ken(perderam pelo menos umas 4 bola de gol certo).

    Vi o jogo também e não vi a tal “mobilidade” que KEM deu ao time.
    Pelo contrário. Achei que se tivesse mais uns 10 minutos de jogo, o coitado do RAUL tinha se esbaforido ou estourado os pulmões, porque tava – além de fazer o seu -, tapando buracos que apareciam o tempo todo.
    O que o nosso amigo “COLUNISTA” não conseguiu separar foi que GIVANILDO entrando com o ELTON mais centralizado, fez com que ROBERTO e MAGNO ALVES ficassem trocando posições o tempo todo(mobilidade ofensiva), e vi Magno Alves brigando pela bola no campo defensivo, pois estava jogando fora da área e mais próximo do meio.

    Claro que são OPINIÕES(Blog, coluna e agora MINHA), e estão sujeitas a CONTESTAÇÕES de qualquer TORCEDOR e/ou de quem acompanha FUTEBOL.

    Diferença das três opiniões é que… NÃO GANHO PRA ISSO !

    • Fernando Graziani disse:

      João, como você falou, são opiniões.
      O Blog não possui nenhuma ligação com nenhum colunista, mas respeita a diversidade de opiniões.
      Por aqui, enquanto eu estiver, a busca será sempre pela análise com base na argumentação, e não no puro achismo. Foi o caso desse post. O que não impede a discordância de quem quer que seja. Desde que respeitosa, sempre torna o debate saudável.
      Abraço.
      AA

  • Felipe CSC disse:

    Digo que Givanildo é bom se ele fizer o Alex Amado fazer pelo menos 3 gols ao longo de toda a série B….

  • Airton Csc disse:

    Treinador certo pro Ceará. Faz algumas substituições erradas mais no contexto geral está bem.

  • Yuri Safadão disse:

    OLHA A FACA!
    KKKKKKKKKKKKKKK KAUCAIA DO KANAL NOJENTO!
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • JOSE I VASCONCELOS disse:

    Muito cedo pra se prever algo.
    Tem que ter um bom elenco e m bom aproveitamento na marcação de gols.

  • MILTON disse:

    O que impressionar que o Ceará com três contratações pontuais teríamos tudo para chegar ao acesso um bom Meia, e mais dois atacantes de velocidades e dispensariam o Alex Amado e Tonitine no que não acarretaria a folha salarial mais não sabemos o porque que o Robson sempre da um jeitinho para se manter na B zona , no que acarreta o afastamento da torcida , vai entender o Robson Pirulito.

  • Amauyry Feitosa disse:

    experiente Givanildo é do ramo e sabe que a légua é tirana e se não contar com um elenco equilibrado e motivado não sobe, não foi por mero acaso que conquistou seis acessos a questão é simples a grana anda escassa até mesmo prá quem recebe cota mas na verdade não vejo ninguém com elenco tão melhor que o alvinegro … a questão é que aqui a corda é enfiada sem vaselina e como tolos a engolem.

  • VOZAO disse:

    tem que contratar o meiaaaaaaaaaaaa

  • Marcelo Barroso disse:

    Esse camisa 10, é que nao acredito.
    Vao ali, se segurando e esperando Ricardinho (sabe lá quando), retornar.
    Acho mais que para o Ceará, só se interessa se manter na serie B.
    Enquanto isso……….

  • Vander disse:

    Graziani, a capacidade e competência do Giva é incontestável, independentemente, da conquista ou não do acesso. Aliás, se depender do esforço da diretoria alvinegra, não virá. Nada do meia. Quando você escreve que o time é coeso e eficiente, entendo que seja uma análise prematura e sem muita consistência, principalmente, tendo como espelho os resultados do campeonato cearense.

    • Fernando Graziani disse:

      Opa Vander, tudo bem? Aqui quem escreve é André Almeida, Graziani está de férias.
      Sobre a análise do time de Givanildo, ela só pode ser feita sobre o que ele disputou. Concordo com você que Estadual não pode ser parâmetro, mas está dentro do recorte da análise.
      De resto, com 100 dias já é possível fazer uma avaliação do trabalho, que é o que foi feito.
      Obrigado pelo comentário. Este espaço serve justamente para o debate.
      Abraço.
      André Almeida

  • SERGIO disse:

    NOTICIA RUIM RICHARDSON MELHOROU ELE EM CAMPO PARECE UMA BARATA TONTA.

  • SERGIO disse:

    MEIO DE CAMPO MASSA – RAUL, PIO, E PEDRO QUEM.

  • Jairo Brasil disse:

    No Ceará é assim. Nunca a torcida deixa de criticar. Sei que tem uns tricoloridos 15C aí, mas mesmo o Ceará tendo sido campeão cearense, e está apenas com três jogos, já estão em desespero. Nam

  • VICENTE SAMPAIO disse:

    meus amigos só vejo criticas, quem está criticando deveria ir ao estádio isso sim.

    Vão já querer outro treinador, tudo bem que ele seja teimoso em continuar com o Wallace, mais que tal ele usar este time pra enfrentar o londrina.
    Éverson, Cametá, Rafael Pereira,Luiz Otávio, Romário, Raul,Pio,Pedro Ken,Felipe Menezes, Roberto e Elton. Alguns vão dizer o Magno Alves, deixem ele no banco é grande jogador mas no momento não está rendendo o necessário e ele nunca foi centra avante.

  • VICENTE SAMPAIO disse:

    digo: Centro-avante

  • Magal disse:

    Bom time, Vicente. Deixaria o Magno para entrar no segundo quando o time de lá estiver cansado.
    Bom comentário o tricolor J. Ximenes, sempre coerente no seu comentários.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + dezoito =