Futebol do Povo

O drama do futebol pernambucano em 2017 serve de lição relevante para Ceará e Fortaleza

3540 44

ILUSTRAÇÃO CARLUS CAMPOS

Santa Cruz e Náutico vão disputar a Série C do Campeonato Brasileiro em 2018. Com campanhas pavorosas na Segundona, caíram juntos para a terceira divisão neste sábado, 11 de novembro. Se é um cenário ruim para o futebol nordestino, pior ainda para o futebol pernambucano, que ainda tem o Sport correndo risco sério de cair para a Série B – restando quatro rodadas, está na 17a. colocação, com três pontos a menos do que o Vitória, primeiro time fora da zona de rebaixamento.

As histórias dos três clubes do Recife nesta temporada são bons exemplos para os principais clubes cearenses. O Fortaleza, que vai disputar a Série B em 2018, não pode voltar a atrasar salários e a contratar mal, como fez nesta temporada. A Série C não guarda parâmetro algum com a Série B. Já o Ceará, muito perto da Série A em 2018, terá que manter a austeridade financeira e administrativa elogiável e já frequente, além de acertar em cheio nas contratações com o aumento enorme de orçamento, como já mostrei em texto recente neste espaço (serão no mínimo R$ 30 milhões a mais).

Mas há outras lições:

O Timbu, mergulhado em uma crise política inacreditável, além de problemas financeiros e técnicos, conseguiu ter três presidentes e cinco treinadores em 2017, fora o elenco fraco e caro, com folha de R$ 1,2 milhão desde o começo do ano, salários atrasados e, evidente, ameaças de greve. A equipe vive um jejum de títulos desde 2004, algo que abala bastante a confiança, além de sentir falta dos Aflitos – joga na Arena para pouco público e chegou a mandar partidas em Caruaru na atual campanha, pagando pra jogar.

O Tricolor do Arruda, por sua vez, teve quatro técnicos e remontou todo o elenco em relação ao ano anterior. O clube atualmente deve mais de 100 dias de salários para boa parte dos jogadores e alguns funcionários vivem o drama de 180 dias sem ver a cor do salário, algo que não foi sanado em momento algum da competição. Além disso, contratou mal e sofreu com bloqueios judiciais de suas rendas e cotas. Apesar de ter começado de forma razoável a Série B – na nona rodada era o sétimo colocado – sucumbiu no restante da Segundona. Faltou planejamento da diretoria, justamente a mesma que tinha sido campeã da Copa do Nordeste, bicampeã estadual e garantido o acesso para a Série A 2016.

O caso do Sport é emblemático. O clube, que desistiu de vez da Copa do Nordeste, tem um orçamento altíssimo para uma equipe da região – R$ 113 milhões de reais – e chegou a contratar o atacante André pagando ao Sporting, de Portugal, mais de R$ 4 milhões, algo impensável para Ceará e Fortaleza, como mostrei em texto neste espaço em fevereiro deste ano. Apesar de muita grana e de não atrasar salários – a folha mensal com o elenco é de mais de R$ 4 milhões – a realidade é a luta contra o rebaixamento, o que deixa claro que o dinheiro foi mal empregado, especialmente para reforçar o sistema defensivo. O time tem atualmente Daniel Paulista como técnico, mas neste ano já foram demitidos Ney Franco e Luxemburgo, escolhas que já eram bem questionáveis e que deixou o elenco sem padrão de jogo. Nas 14 rodadas mais recentes da Série A, o Sport ganhou apenas uma vez e precisa de três vitórias em quatro partidas para não cair. É o pior time do returno.

Recomendado para você

44 Comentários

  • Kalil disse:

    É isso mesmo. Tanta propaganda prá nada.O santinha e o sport têm torcidas, mas o náutico tem muito pouco.
    Mas nenhum deles tem uma torcida como o Leão do Pici.
    Saudações Tricolores!

    • Juninho Alvinegro disse:

      Santa ignorância. Comparar o Sport com o Fortaleza não dá. O Sport está anos luz, em tudo em referência ao fec. O importante no futebol é tradição e não torcida. O Sport nunca disputou uma 3ª divisão, e o FEC tem 15 participações.

      • Daniel Martins disse:

        SE PREOCUPA NÃO MACHO TALVEZ VCS SUBAM P PRIMEIRA, SO VAO PERDER 2 NO CEARENCE MESMO….MAS CUIDADO AINDA NÃO SUBIRAM…EMPATE E DERROTA NAO SOBE NINGUEM….UM ABRAÇO E BOM DIA

  • Robson disse:

    Triste.

    Para quem viveu e gosta tanto de Recife e do povo pernambucano como eu, esse inédito triplo rebaixamento do trio de ferro é um tanto deprimente.

    Um futebol com torcidas gigantes e devotadas merecia um ano melhor. Infelizmente a sequência de erros administrativos e escolhas infelizes foi a regra no futebol Pernambuco.

    O resultado é a tragédia que se anuncia para Sport, Santa e Náutico.

    A lição está aí para quem tem inteligência o suficiente para aprendê-la. Que os dirigentes tricolores aprendam. 2018 é um ano com margem de erro zero para o clube tricolor.

    Saudações Tricolores !

    • Criança de 8 anos disse:

      De rebaixamento pra série c nossa torcida tricolor entende. Minha alegria é ganhar do Ceará ou empatar. É bom demais, ganho nenhum título mas empatar com o Ceará já é muita coisa. E gastamos tufo de dinheiro com o mito ceni.

  • Abimael disse:

    Ja abordei esse tema em comentários anteriores, sendo totalmente contra essa barca furada em q o Sr. presidente está metendo o Tricolor. Foi por isso q os times pernambucanos estão caindo p a terceirona. O Fotaleza é um time deficitário, tanto q o Girao injetou 6 milhões, mas Marcelo Paz n é rico. O Tricolor n pode pagar a um treinador salários de 150 mil, isso é irresponsabilidade, é loucura e vai trazer consequências graves para o time do Pici. “Quem sobreviver, Verá “.

  • Abimael disse:

    Treinador, 150mil, Boeck, 90mil. Quanto vai chegar a Folha do Tricolor. Isso se chama temeridade e irresponsabilidade. O Tricolor n tem condições de arcar com salários dessa grandeza. O clube vai pagar muito caro pelas loucuras q seu presidente está cometendo.

  • Abimael disse:

    Um treinador iniciante fazendo mil exigência; um gestor temerário e irresponsável aceitando tais exigências. Taí um cardápio para arrebentar um clube de futebol. Baseado em exemplos práticos, ou seja na realidade, o custo-.benefício p contratar tal treinador n vai valer a pena, visto que, para o Tricolor vai ter muito custo e pouco benefício. Futebol n se faz assim, tem q ser com os pés no chão e nao voando como o gestor do Tricolor.

  • Concordo literalmente com os comentários anteriores.A austeridade é fundamental se Ceará e Fortaleza quiserem manter-se nas séries A e B respectivamente.O Ceará já trabalha desse modo desde que assumiu o Evandro Leitáo e equipe.Tendo aprendido com o descenso para a série B.Cabe ambos sonharem menos e tentarem manter-se nas séries como vem fazendo a Chapecoense.

  • Teixeira disse:

    Fortaleza vai nesse mesmo caminho, R$ 85 mil de salário para o goleiro e R$ 150 mil para a comissão técnica, vai atrasar salários e depender de milionários que ajudem. Contudo, os milionários não aguentam muito tempo. Esse filme já passou muitas vezes… Santana Têxtil, Ribamar Bezerra, Renan Vieira, Evangelista, Girão….

  • valterlan disse:

    É uma pena para o futebol nordestino, mas no inicio do ano esse mesmo trio queria acabar com a copa do nordeste, para fortalecer o manjadinho deles, e tinham o aval da federação pernambucana e da Rede Globo, e tai o resultado por incrivel que parece em termos financeiros a copa do nordeste será a salvação para Nautico e Santinha, já que o Sport esnobou a Lampions League

  • CARLOS LIMA disse:

    aqui na Capital Cearense tem um time, o Liaum (15 C ) que é especialista nessa matéria (rebaixamento para a Série C ). do ano de 1987 até 2017 foram 15 participações na Terceira
    Divisão (Série C) e dois rebaixamentos.

    no quesito atraso de salários o Liaum ( 15 C ) é catedrático na matéria, se formos contar quantas vezes eles já atrasaram salários nos ultimos 10 anos, teremos que usar uma HP.
    se contabilizarmos quantas causas trabalhistas o Liaum (15 C ) esteve envolvido nos ultimos
    10 anos, de treinadores, jogadores, preparadores fisicos, cozinheiros, massagistas, . etc
    a lista não tem Fim.

    é um time AMADOR no que se refere a parte administrativa, cometem os erros mais básicos
    sendo o principal deles, “GASTAR MAIS do que ARRECADA”.. e só não fecharam as portas
    algumas vezes, porque levam a SORTE de terem como torcedores, empresários (Santana Textiles, Ribamar Bezerra, Eduardo Girão, Renam Vieira ) que tiram das suas empresas, milhões de Reais e pagam as dividas desse time falido e mal pago.

    o Marcelo Paz, vai seguir o mesmo modelo do Jorge Mota, ou seja “CONTRATEM que a TORCIDA PAGA”.. e todos viram o que aconteceu esse ano ( 90 dias sem pagar salários)
    contratou o CENI e mais seus auxiliares, e o mesmo vai exigir que contratem jogadores que ganham altos salários. e logo logo o Eduardo Girão ou o Ribamar Bezerra terão que assumir a presidência e pagar milhões em dividas. o Marcelo Paz apenas vai sair de fininho pela porta dos fundos e ficar longe da imprensa e dos torcedores, como fez o Jorge Mota.

  • Eduardo disse:

    Que fique muito claro para torcedores e dirigentes. Trazer refugos de nome caríssimos, tipo André e Luxemburgo, como fez o Sport, é decretar falência antecipada além de determinar um retorno à série anterior praticamente sem meios para se recuperar, pois as dívidas acumuladas pela megalomania tornam o clube inviável financeiramente e aí, meu cumpade, só mecenas mesmo, que o meu Cearazinho de açúcar, o Mais Querido, não tem. Muitas vezes o primeiro descenso enfileira outros mais (vejam Bahia e Santa Cruz em anos muito recentes).
    Portanto, prezados alvinegros, caso se confirme que no próximo ano estaremos na série A, não peçamos contratações mirabolantes e fora da realidade do nosso clube. Deveremos, sim, ir ao estádio torcer independente da posição em que estaremos na classificação. Pelo menos os anos iniciais devem ter como objetivo permanecer na série A. Estar em 15o ou 17o lugar não deve ser motivo de abatimento. Por curiosidade tentem ver os orçamentos dos outros times da Série A e o que o Ceará terá – é Davi contra Golias, sim. Caso se confirmem os bons prognósticos pro Vozão, peço juízo e competência para a diretoria (cuidados com os interesseiros de sempre – empresários e outros cositas más): teremos que acertar muito nas contratações de gente jovem, comprometida e de custo condizente ao que poderemos arcar. E à nossa torcida apoio, muito apoio. Claro, se a diretoria conseguir transmitir confiança, segurança e montar um time que tenha a sinergia (olha aí, a palavra) de que o torcedor precisa para apoiar, né, afinal não aceitaremos ser tratados como idiotas. Temos discernimento e podemos analisar bem a postura da diretoria. Nosso futuro promissor parece estar mais próximo do que nunca. Diretoria: cuidado com as arapucas do mundo, das almas e da mente! Juízo, honestidade, comprometimento, responsabilidade, competência não nos podem faltar se quisermos crescer. Acredito em você, Vozão, o mais querido!

    • Cristiano Alves disse:

      Parabéns Eduardo! Falou tudo.

      • Eduardo disse:

        Obrigado, Cristiano. Torceremos para que as doidivanas de plantão (alguma parte da torcida, parte da imprensa, talvez alguns dirigentes etc) não entrem em delírio e achem que já podemos pensar em Libertadores. Humildade com audácia e ao mesmo tempo sem tirar os pés do chão. Não será fácil! Os dirigentes sabem que a torcida chega junto, mas é pobre (estamos no Nordeste), além de que hoje a receita com bilheteria talvez não chegue a vinte por cento do total. A renda divulgada é sempre a bruta e quando se vê os descontos em borderô e outras tantas que lá não aparecem se conclui que é preciso mesmo muita competência para conseguir com bem menos o que os adversários também buscarão com bem mais.

  • MIMI-48 - CENI TER NADA 2018 disse:

    Treinador Estudioso-estagiário 150mil, 3 assistentes na Comissão técnica 100 mil, Goleiro Boeck, 90mil. Rogério Ceni exigiu nova academia TOP(Não que usar a promoção da Smart FIT Joquei que hoje o Stella usa) e quer um gramado novo tapete igual ao Castelão, pois o capim de burro do Alcides que não tem drenagem(alaga nas Chuvas) não serve.

    Esperem mais exigências e o déficit no orçamento logo no início do CENI TER NADA 2018

  • Lucasl Leão disse:

    GALERA TRICOLOR e urubus invejosos e secadores.
    O certo é que, para se ter um bom time e querer subir de volta à Série A, o time tem que gastar mesmo.
    A maior e mais fervorosa torcida do estado, a única que enche o CasteLEÃO sozinha, garante.
    Se a comissão técnica é R$300,000,00 (incluindo treinador e 3 assessores: 180.000,00 + 3×40.000,00), vale a pena se der resultado.
    A torcida (renda e sócio torcedores), os patrocínios e as cotas garantem.
    Relembrando:
    Na Série A, nas últimas participações do Fortaleza Esporte Clube, nos anos 2000, a Folha do Leão chegou perto dos 2 Milhões de Reais, incluindo comissão técnica. Mas não souberam escolher os jogadores ou foi erro técnico mesmo. Não sei direito. E nem tínhamos campanha de sócios torcedores. A Caixa Económica fechou com o Fortaleza para patrocinar a partir de fevereiro de 2018. É um dinheirinho a mais.
    FÉ E CORAGEM, LEÃO!
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

    • Roysson disse:

      Torcida lá garante nada, rapaz! Onde estava a torcida que deixou aparecer um prejuízo de R$6 milhões de déficit do FEC, que o Girão assumiu? O fluxo de torcedor é uma receita sazonal. Torcedor não aprende…

  • João Ximenes disse:

    E EU quero lá saber de futebol Pernambucano ou de qualquer outro !?
    Futebol NORDESTINO é isso ai mesmo, e cabe a cada representante e TORCEDORES em suas respectivas capitais se mancarem e aceitarem a REALIDADE que é dura, e não vejo QUANDO O NORDESTE VAI SE ALINHAR AO RESTO DO PAÍS, seja no esporte em geral ou no cenário político.
    É muita falação pra pouca ação.

    Pra MIM já basta o nosso sofrível futebol Cearense que entra ano sai ano a gente ver os nossos maiores representantes sempre estacionados no mesmo canto(um rei de Czona(8), e outro campeão de Bzona(7).
    Este ano – graças aos RESULTADOS do futebol -, as coisas finalmente penderam pro nosso lado – ou choveu no nosso roçado -, quando FORTALEZA ESPORTE CLUBE conseguiu se desatrelar da maldita Czona(#xôcarniça) e Eles LÁ(os daqui) está a uma chuteira da Azona, mais GRAÇAS a resultados de terceiros que propriamente por suas próprias forças(quando derrapam nos resultados, os que estão próximos fazem a mesma coisa).

    CADA QUAL COM SEU CADA QUAL !

    A decepção do futebol Pernambucano assim como o Baiano é maior porque eles sempre se acharam, mesmo tendo equipes no mesmo nível dos nossos 2 daqui, e a cada ano sempre tem um deles no topo(Azona), enquanto os nossos aqui penam pra conseguirem chegar lá.

    DETALHE do Post: “Sport 17a. colocação, com três pontos a menos do que o Vitória, primeiro time fora da zona de rebaixamento,” que é outro Nordestino. Bom não esquecer disso.
    Aliás… e o Bahia ? onde tá mesmo ? vou nem atrás de saber.

    Precisamos aprender a conviver com isso, pois a REALIDADE é essa, e essa É DIFÍCIL MUDAR, principalmente quando se ver as CONTRADIÇÕES ABISMAIS que parte de quem sempre é o mais prejudicado nessa história: O TORCEDOR.

    Pego essa deixa(post e mais os comentários) pra falar sobre CONTRADIÇÕES por parte do “torcedor”, que como na política sempre se escuta a mesma coisa dele:

    Na POLÍTICA: “o Brasileiro não sabe votar!” no entanto são sempre os mesmos políticos nos representando a cada pleito.
    Quem os coloca lá ? NÓS MESMOS.

    No FUTEBOL: “CONTRATEM… que o torcedor paga!” no entanto, quando se resolve fazer uma “meia loucura” como a que FORTALEZA ESPORTE CLUBE resolveu fazer, vê-se logo que o bordão “torcedor paga” vai logo por água a baixo.

    AFINAL{…} o que deve ser feito pra AGRADAR o TORCEDOR ?

    1. Manter um “time” abaixo do nível exigido pela competição que vai disputar(Fortaleza 2017 por exemplo);
    2. Encarar a mesma com um “time” de nível bem inferior e voltar pra estaca zero no ano seguinte(um Czona e outro Bzona) ?

    ACHO que se cada UM se concentrar NO SEU vai ficar bem mais fácil de chegar a um DENOMINADOR COMUM pra si.
    Ou simplismente: DEIXAR DE OLHAR PRO UMBIGO DO OUTRO E TRABALHAREM PRA MUDAR ESSA REALIDADE ABISMAL DO FUTEBOL A NÍVEL NACIONAL.

    Se vão conseguir ou não EU não sei.
    Mas SEI que quem ENGORDA o negócio, É O OLHO DO DONO.

    No geral, também podemos chamar de HIPOCRISIA regional se quiserem.

    • Roberto disse:

      Caro Graziano, infelizmente essa é a triste realidade do futebol nordestino. Um futebol sem estrutura, planejamento, organização e dinheiro. Nas séries A, B e C sempre tem time nordestino na zona de rebaixamento. Fortaleza já começa fazendo loucuras e atos irresponsáveis desse novo presidente onde contrata um estagiário de treinador com multa contratual, ou seja, já sabemos no que vai dar. Ceni vai ser demitido e colocará o Fortaleza na justiça e aí terão que vender o CT pra pagar. Já o Ceará….subirá com certeza, mas sabemos que não durará muito tempo na Série A…..talvez um ano ou dois com muito sacrifício….é aproveitar a Série A pra ganhar um dinheirinho a mais……Infelizmente essa é a triste realidade do futebol nordestino.

  • Daniel Martins disse:

    INVEJA MATA

  • Adriano disse:

    Deixando o clubismo de lado, o Fortaleza tem que dar uma reestruturada na sua gestão, o rival é o exemplo mais próximo de que o clube sendo bem gerenciado fora de campo, os resultados são refletidos dentro de campo. Não adianta so aumentar a receita, tem que usar o dinheiro com sabedoria.

  • Leandro Gonçalves disse:

    O futebol pernambucano,tal qual o baiano-onde Bahia e Vitoria caíram pra serie c em 2005- vai se levantar…

    Episódios assim,arranham a imagem do futebol nordestino e servem para aumentar os comentários preconceituosos…

    Mas confesso: não estou com um pingo de pena ! Como ressaltou o Valterlan,o trio pernambucano em momento algum pensou no futebol no nordestino no inicio do ano.Portanto,que arquem com as consequências da irresponsabilidade. Garanto que se fosse com a dupla daqui,não haveria sensibilização alguma…

    Agora ,olhando aqui…A leoa pulou uma fogueira de 3000 m ao sair da cezona nesse ano…Pois em 2018 o grupo A promete ser o mais forte de toda as edições de série C até então com nautico,santa,remo,confiança,podendo ainda ter o CRB …

  • CARLOS LIMA disse:

    o Rogerio Ceni, vai pedir que o Marcelo Paz lhe dê uma estrutura parecida com a do São Paulo
    com academia de primeiro mundo, gramado de Arena Castelão, etc..o pobre coitado do Marcelo Paz, para não passar vergonha, vai gastar o que não tem e o que não pode para atender as exigências do Rogerio.

    os salários vão atrasar novamente, e eles vão fazer como fez o Jorge MARMOTA, esconder da imprensa e da torcida a realidade por trás dos bastidores, treinador comprando CESTAS BÁSICAS para funcionários e passando fome por não receberem seus salários ( 90 dias ).

    desçam do pedestal dirigentes do Liaum ( 15 C ) vocês dirigem um time POBRE e ENDIVIDADO, que sobrevive desde muito tempo (décadas e décadas ) por meio de DOAÇÕES de empresários Ricos, que por pena e solidariedade da miséria que observam o seu time passar, resolvem doar milhões de Reais para que o time continue funcionando,
    caso contrário já teriam fechado as portas .

  • João Ximenes disse:

    2 DETALHES:

    1. “Rogério Ceni terá direito a 50% do lucro de todos os produtos que forem vendidos pelo Fortaleza usando a sua imagem durante a passagem pelo clube. A cláusula contratual prevista no compromisso entre o técnico e o clube ajudará no pagamento do salário de Ceni, em torno de R$ 150 mil reais mensais.”

    EU:
    Taí ! encontraram, uma boa primeira alternativa, principalmente se levarmos em consideração que quando NÓS mesmos cismamos de comprar um bem e não temos como pagar a vista recorremos a parcelas. Encontrar outras PARCERIAS que possam contribuir de alguma forma e + o TORCEDOR que costuma dizer “contratem que a torcida paga” tá feita a vontade de toda NAÇÃO TRICOLOR.

    2. LEÃO DE AÇO já RENOVOU com dois atletas de 2017: BOECK e UCHOA. Começou acertando.
    MAS, agora me aparece o presidente MARCELO PAZ e… “estamos avaliando os nomes e “devemos renovar” com no mínimo mais três atletas que nos ajudaram este ano”.

    EU:
    Usaria o termo “NO MÁXIMO com + 3 jogadores”. Mais que isso VAI SER SUICÍDIO !
    FORTALEZA ESPORTE CLUBE 2017 foi um FIASCO, e manter 5 desses jogadores juntos “de novo” é manter uma base de nada.
    Máximo 3 jogadores e ainda vou ajudar daqui: PABLO, JEFFERSON da Czona e DANILO(lateral esquerdo) da Fares Lopes.
    De 2017: BOECK, MATEUS, MAX(goleiros); BRUNO(lateral esquerdo que é nosso); FELIPE(volante/lateral que tem contrato); UCHOA, PABLO, JEFFERSON(volantes); ADENILSON(meia – renovem logo com ele), WESLEY(meia que é nosso e puxem a orelha dele logo)… E SÓ.

    E já que fecharam com o CENI, botem o “home” pra trabalhar NOS NOMES logo SEM MUITA OUSADIA FINANCEIRA que é pra depois não ficarem choramingando pelos cantos.

    Treinador NÃO É GARANTIA DE NADA. O de R$ 20, 30 mil, pode ser igual a um de R$ 150(Ceni) ou R$ 800(Zidane, Mourinho), desde que LHES DEEM jogadores com capacidade técnica.

    É o CENI ?

    TÔ COM ELE E NÃO ABRO !

  • JOÃO FILHO disse:

    A melhor contratação que o Ceará Sporting Club pode fazer é MANTER 90% dessa equipe atual.
    Usar parte considerável do orçamento para manter peças como Everson, Luiz Otávio, Rafael Pereira, Valdo, Thiago Alves, Pedro Ken, Richardson, Roberto, Élton…
    Tentar manter contato com o Payssandu e Grêmio para a manutenção de Leandro Carvalho e Lima.
    E saber que, inexoravelmente, irá perder alguns valores como Raul e Romário, mas trabalhar para que essas perdas sejam mínimas.
    Então, somente depois de renovar com o máximo de jogadores possível, o time deve ir às compras, trazendo PONTUALMENTE algumas peças em setores específicos (acho que dois bons laterais, um meia armador e um atacante).

  • Robson disse:

    Aliás, outra diferença em relação ao futebol pernambucano: lá, tem time que esnoba a vaga na Copa do Nordeste enquanto tem clube que tenta sorrateiramente comprar vaga na competição.

    Saudações Tricolores !

  • Abimael disse:

    A loucura q o Sr. Paz ta fazendo vai custar muito caro ao Tricolor. Essa história q esse aprendiz de treinador vai trazer mais dividendos ao Pici é so falácia, a realidade é outra. Guardadas as devidas proporções, qdo o Flamengo contratou o Ronaldinho utilizou argumentos semelhante e o final todos sabem. Trilhar esse caminho Temerário e irresponsável é muito perigoso. Foi por causa de gestores irresponsáveis q o Triclor perdeu sua sede social, um ônibus e quase perde a sede do Pici com campo e tudo. Atos malucos e irresponsáveis podem, novamente, levar o Tricolor ao banco dos réus e a bancarrota.

  • Abimael disse:

    Foi fazendo loucuras como estas q o gestor do Tricolor ta executando q dirigentes de Santinha e Náutico afundaram esses clubes nas masmorras da terceirona. São quase 4 meses de atraso na Folha. Incharam, irresponsavelmente, as folhas desses clubes e hoje a situação é desesperadora, tem até empregado passando necessidades. Trilhar por esse mesmo caminho é dar um tiro no próprio pé, n pode dar certo.

  • Abimael disse:

    Os cartolas do futebol cearense pagam salários a profissional do Su-Sudeste muito além do que eles deveriam ganhar, senão vejamos: Qdo jogava pelo Tricolor, Finazzi recebia cerca de 80mil, o time foi rebaixado e o atleta em tela foi para a PintePreta com salários de apenas $20mil reais, ou seja, apenas 25 por cento do q recebia no Tricolor. Assim, .nosso futebol é a terra prometida para profissionais do Sul-Sudeste.

  • Abimael disse:

    *Ponte Prera

    Tudo bem, a gente entendeu Abimael.
    Abraço
    FG

  • Samuel Melo disse:

    SPORT
    A queda do Sport, caso se concretize, não chega a ser uma tragédia! Lembre que desde 2003 (início dos pontos corridos) nenhum nordestino conseguiu o feito de passar 4 temporadas seguidas da Série A!

    No mais, caso caia, entra na série B 2018 como favorito para o acesso, já que possui Cota de TV diferenciada, bons patrocínios e alto número de sócio torcedores.

    SANTA CRUZ
    O caso do Santa Cruz é bem diferente. A diretoria repete o erro de 2006, conseguindo, além do rebaixamento para série B, piorar as contas do clube (que já não eram boas).
    A cota de TV do Santinha está toda bloqueada! O atraso nos salários existe desde o início do campeonato.
    Conseguir as certidões para patrocínio da CAIXA é um sonho distante.
    * Em 2006, o Santa se endividou muito para tentar se manter na Série A! Não conseguiram! Foram rebaixados, e na série B de 2007 fizeram uma campanha terrível(18º lugar entre 20 times), em grande parte fruto das irresponsabilidades financeiras cometidas um ano antes. Em 2008, já na 3ª divisão, ficaram entre os 43 piores e acabaram indo para o inferno da série D.

    NÁUTICO
    Nas duas últimas edições da Série B, o Náutico acabou o campeonato em 5º, deixando escapar o acesso na última rodada em jogos trágicos realizados em recife (2015 – CRB; 2016 – Oeste).

    Quis o destino que o cenário fosse igual a 1996 e 1997, quando o Náutico acabou em 3º colocado, deixando escapar o acesso por muito pouco. Em 1998, o Náutico é rebaixado pra Série C, da qual só saiu com a virada de mesa realizada com a Copa João Havelange em 2000.

    Time com torcida pequena, dívida elevadíssima, diretoria dividida (o grupo que comanda a direção executiva é opositor aos comandantes do Conselho Deliberativo e Fiscal), término do contrato com a CAIXA (o banco público não patrocina time de série C)…todo esse cenário me faz concluir que esse momento ruim deve perdurar por um tempo!

  • Mimimi 47 ,o penta que nunca houve disse:

    Fica tranquilo c.limakanal o campeonato ainda não acabou sabemos que os kanalences estão com o c . …na mão.
    Vocês não tem time pra subir, o Abc vai ser o Joinville da vez.

    Ops! Ia esquecendo segura o c. ….por que vamo entrar 2018 metendo a chiba em vocês como é de costume.

    O náutico levou 19 anos para cair para a serie c,vocês estão devendo a serie c em que arrumaram juiz e o avante do makae.
    Um dia vão pagar aí eu quero ver se vão sai de lá.
    Só lizo no kanal.
    Eita esqueci das ONGs!!!!!!
    Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Fortaleza Sempre!
    Fortaleza até a Morte!

    • Rogério disse:

      Essa torcida alvinegra é mesmo hilária. os caras se preocupam tanto com o FEC que esquecem da porcaria deles. Tão devendo a Czona mesmo. lembro muito bem do jogo no Pv contra a Tuna Luso-Pa quando o técnico na época Arnaldo Lira amedrontou o juíz brigando com o mesmo ( socos e pontapés), nem sequer foram punidos e por isso não caíram. Sem contar também em outras ocasiões, mas a justiça divina prevalecerá um dia e aí eu quero ver neguim sumir daqui deste espaço.
      Saudações Tricolores !

  • CARLOS LIMA disse:

    Rogério, me responde uma coisa; afora vocês torcedores do Liaum ( 15 C ) me diga se essa “MENTIRA” que vocês inventaram que o Ceará “comprou” foi noticia na cidade de MACAÉ, ou
    na imprensa Carioca, ou na imprensa de São Paulo, ou na imprensa de Minas Gerais etc..

    nem os dirigentes do MACAÉ disseram que o CEARÁ venceu o jogo por ter comprado alguém
    só vocês torcedores do Liaum ( 15 C ) que criaram essa MENTIRA, para rebater a acusação
    que sofreram NACIONALMENTE, pelos fatos estranhos e não costumeiros numa partida de Futebol, quando no jogo contra o CRB (2011) jogadores do seu time ficavam DIALOGANDO dentro de campo com jogadores do CRB.

    ou você acha que o caso foi parar no STJD por uma coincidência ???

    o CEARÁ se você não lembra, VENCEU o MACAÉ na cidade de MACAÉ, ou seja venceu na primeira fase esse mesmo time, e vocês acham que jogando na ARENA CASTELÃO, o
    CEARÁ não poderia vencer novamente. ???

  • Abimael disse:

    Além do salário impagável de 150mil, RC ainda vai receber 50 por cento dos produtos vendidos pelo Tricolor. Isso é um absurdo, visto q sua imagem deveria ser utilizada para ajudar a pagar seu próprio salário. É isso que fora dito pelo gestor. Agora, fazer um contrato com cláusulas amplamente favoráveis ao treinador em tela é trabalhar contra o próprio clube.

  • Abimael disse:

    O contrato dos gentores do Tricolor e RC parece q so tem cláusulas amplamente favoráveis ao treinador iniciante. É como aquele Contrato entre a Petrobrás e a Passadena, com cláusulas favoráveis somente a esta, e prejuizo de milhoes para a Petrobras.É claro q isso n vai da certo e o Tricolor vai pagar muito caro. M. Paz tá marcando gol contra o Tricolor. “Quem sobreviver, Verá”.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + catorze =