Futebol do Povo

Relembre texto exclusivo: acesso para a Série A vale, no mínimo, R$ 30 milhões a mais de receita para o Ceará

1446 9

Restam três jogos para o fim da Série B e o Ceará, com 60 pontos, está no G-4 da competição. Comandando por Marcelo Chamusca desde a 10a. rodada, o elenco está muito perto da Série A e pode garantir matematicamente o acesso nesta terça-feira, 14, contra o Paysandu. Disputar a primeira divisão representaria aos cofres do clube uma receita de pelo menos R$ 30 milhões a mais em relação a 2017. Assim, o orçamento geral do clube que hoje gira em torno de R$ 30 milhões, saltaria para o dobro.

Relembre os números em texto exclusivo publicado aqui no blog no começo de outubro:

A mudança de patamar financeiro de um time que sobe da Série B para a Série A começa com as cotas de TV. O Alvinegro recebeu neste ano R$ 5,2 milhões. Em caso de acesso o contrato com a Rede Globo, que envolve todas as plataformas, já foi acertado: R$ 32 milhões, ou seja, seis vezes mais.

Já o atual compromisso de patrocínio com a Caixa estipula R$ 2,4 milhões anuais. Esse valor dobraria com o time na elite, chegando aos R$ 4,8 milhões.

O programa Torcedor Oficial do Ceará hoje gera uma receita em torno de R$ 250 mil reais por mês ou R$ 3 milhões por ano, consideravelmente abaixo do que um dia já representou. A projeção com o clube na Série A é de um incremento significativo de mais de R$ 300 mil mensais, o que geraria R$ 3,6 milhões extras.

Assim, o valor agregado desses três dados que hoje representam R$ 10,6 milhões saltaria para R$ 40,4 milhões, uma diferença de cerca de R$ 30 milhões. Ocorre que certamente a arrecadação de bilheteria também teria um aumento relevante. Fazer 19 jogos como mandante na Série A agrega potencial enorme. Se hoje na Série B o clube tem cerca de 13 mil pagantes por partida com ticket médio de cerca de 11 reais da renda bruta, esses números tendem a dobrar com a equipe no Brasileirão.

Evidente que tão importante como subir é a manutenção da equipe para 2019, até porque os valores envolvidos de cota vão aumentar ainda mais. O Ceará, para TV fechada, já tem contrato com o Esporte Interativo e para TV aberta negociará com a Rede Globo em outra esfera de valores, superior aos R$ 32 milhões para 2018.

Ao mesmo tempo em que passará a ter muito mais receita, o Ceará terá que aumentar as despesas. Para se manter na Série A será preciso uma folha de pelo menos R$ 2 milhões por mês, mais do que o dobro da atual. Quando subiu em 2009 o Alvinegro conseguiu se manter na Série A em 2010 para cair em 2011. Hoje a estrutura do clube é bem melhor do que naquela época. Muitos dirigentes que viveram aquela experiência seguem e também podem e devem usar os exemplos para construir um caminho mais duradouro na elite do futebol brasileiro. Caminho que passa por preparar um pacote que inclua a contratação de executivos para áreas principais e profissionalizando o máximo possível o Ceará.

Recomendado para você

9 Comentários

  • FLÁVIO LEÃO disse:

    DEIXANDO O ESGOTO DESCOLORIDO DE LADO

    Rogério Ceni é muito boçal e não deixa de enaltecer o S.Paulo e diminuir o Fortaleza, que tem quase o mesmo número de torcedores. Afinal estamos na quarta cidade do Brasil com quase 3 milhões de habitantes e só tem duas torcida aqui. Lá em S.Paulo com 10 milhões de habitantes o Corinthians e o Palmeiras têm bem mais torcida que o S.Paulo. Mas a estrutura de lá é melhor.
    Rogério Ceni seja humilde, cara!
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Lucas Leão disse:

    Confira o ranking com os 10 maiores públicos do Brasil em 2016:
    Sites da CBF, O Globo, UOL, Terra, Yahoo, IBOPE, Placar, etc etc etc:
    FORTALEZA ESPORTE CLUBE disparado em primeiro lugar, mesmo na Série C do Brasil.
    VEJAM PARA NÃO ERRAR. Segundo lugar A.Paulo.
    Pela terceira vez o Fortaleza Esporte Clube bateu o recorde brasileiro de Público. Em uma das vezes venceu também em Renda.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Lucas Leão disse:

    A. Paulo = S. Paulo

  • CSA- Ceará Série A disse:

    O Vozão já subiu !!!!!
    Nem o Ceará perde os 2 jogos nem o Oeste e o Londrina ganha os 2 jogos

  • CARLOS LIMA disse:

    fico só imaginando a inveja e a tristeza dos torcedores do Liaum (15 C ) ao observar esses dados financeiros mostrados pelo Graziani.

    esses coitados sabem que com essa verba financeira, o Ceará fará um grande time para disputar todas as competições de 2018 ( Estadual, Copa do Nordeste, Copa do Brasil ,Série

    Basta que o Ceará mantenha a Base desse time de 2017, e traga reforços para formar um
    elenco forte.

  • CARLOS LIMA disse:

    o segredo para o sucesso do Ceará em 2018 é seguir esses caminhos:

    1) Manter a BASE do time de 2017, o máximo que puder.

    2) formar um elenco forte com opções de qualidade em todas posições.

    3) contratar jogadores que jogaram como titulares em seus times na Série A
    de 2017 e não jogadores que se destacaram 3 ou 4 anos atrás , pois o que vale é o
    atual momento do jogador e não o que ele jogou no passado.

    4) Manter o treinador Chamusca no comando, pois assim teremos maiores chances de sucesso, com o entrosamento mantido do treinador e elenco de jogadores .

  • SALINHO disse:

    Segundo informações do jornalista André Victor Rodrigues (do grupo O Povo) o Ceará, se estiver na Série A a partir de 2019, receberá do Canal Esporte Interativo para transmissão dos seus jogos em TV fechada (excluindo-se TV aberta e payperview), a quantia de R$ 10 milhões anuais. Esse acordo vale de 2019 a 2014, lembrando que o time já recebeu R$ 3,5 milhões de luvas para fechar o acordo.

    Ou seja, se o Ceará estivsser na série A em 2019, receberia o valor da TV aberta (hoje a Globo paga R$ 32 milhões anuais), além do valor da TV Fechada (valor de R$ 10 milhões pagos pelo Esporte Interativo). Seriam, então, pelo menos R$ 42 milhões só de cota de TV.

    André Victor não faz mais parte do grupo O POVO.
    Já fez, entretanto.
    FG

    • JOÃO FILHO disse:

      Boa correção. Eu fiz questão de indicar o nome para dar o crédito a quem escreveu a matéria (texto do ano passado, quando o jornalista ainda era profissional do O Povo).

    • Pedro disse:

      a cota de tv do ceara em 2018 é 23 milhoes, e nao 32 milhoes!!!

      Não é verdade. A cota é de 32 milhões de reais. R$ 23 milhões é a base mínima e assim tem sido divulgado, mas cada clube negocia particularmente. Quem não sabe das negociações individuais coloca o valor base. Não é difícil entender.
      FG

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 2 =