Futebol do Povo

Ceará pagou premiação recorde para elenco em 2017; quase R$ 2 milhões

3058 30

Lima é um dos destaques ofensivos do Ceará e da Série B. Foto: Júlio Caesar

O título cearense e o acesso para a Série A de 2018 fizeram – e fazem – a alegria do torcedor do Ceará nesta temporada. Como consequência, o elenco foi recompensado.

Na soma de premiação que os jogadores – há também uma divisão com funcionários e membros da comissão técnica/médica – vão receber pela subida para a primeira divisão mais a premiação da conquista estadual, além dos “bichos” por vitória acertados antecipadamente em acordo com a diretoria por toda a temporada, o valor chega a quase R$ 2 milhões de reais, o maior já pago na história do Ceará.

Os dirigentes consideram o valor justo e adequado com a lógica desenhada no clube e a engenharia realizada pelo departamento financeiro – e aí aparece a figura discreta de João Paulo Silva, Diretor de Finanças – foi fundamental para que todos os compromissos fossem cumpridos.

Porém, ao contrário do que, erradamente, pode se concluir, o Ceará não teve folga nas contas deste ano, até porque a arrecadação com o programa Torcedor Oficial diminuiu bastante em relação a anos anteriores e os valores conseguidos com bilheteria de jogos também ficou abaixo do ideal – o Alvinegro teve um ticket médio de cerca de R$ 15,84 da renda bruta. Outro dado extramente relevante para que o orçamento tenha ficado apertado é que, neste ano, o Ceará não vendeu os direitos federativos de nenhum jogador, ao contrário de 2016 e 2015 – casos de Marinho, Uillian Corrêa, Ederson, Sandro Manoel, Samuel Xavier e Ricardinho.

Recomendado para você

30 Comentários

  • Terceirizado disse:

    É assim que se constrói um grande clube,com responsabilidade e estabilidade!

  • tersio disse:

    É o trabalho sério do diretor de finanças e do sistema de profissionalização do clube.

  • HELISON disse:

    EU NUNCA VI UM CEARA TAO BEM ADMINISTRADO COMO NESSA TEMPORADA. É ALGO REALMENTE IMPRESSIONANTE, TANTO A DIRETORIA QUANTO O TIME EM SI. PARABÉNS AO ACESSO VOVO.

  • CSA- Ceará Série A disse:

    Por favor Torcedores do Stella liaum da Floresta não chorem de inveja, aceitem que o Vozão está num patamar acima de vcs, aceitem que doí menos. Sem MIMIMI 48, pois faz mal , pode causar depressão

  • Luis Fernando Oliveira de Araujo disse:

    Media de 19000 pagantes x 15,84 x 19 jogos = $5.700.000, de bilheteria. Segunda arrecadação, perdendo somente para o internacional. 2018 outra realidade. Grande desafio é permanecer serie A 2019, ai sim, teremos o diferencial que hoje vislumbro em equipes como bahia, vitoria, goais, o que vai deixar o fecxx sem pai nem mãe diante da estrutura que teremos e a capcidade financeira aliada a um planejamento eficiente.

    Luis, esse valor que vc calcula – e tem lógica – é de arrecadação bruta. Ticket médio de arrecadação líquida cai para R$ 9,36. Abraço.
    FG

    • Luis Fernando Oliveira de Araujo disse:

      Bom dia Grazianni, estes 41% re ferem a que tipo de despesas? INSS, federação, quadro móvel, arena. Algum outro importante? Acho elevado estes valores, mas mesmo considerando isso a renda liquida ficaria em aproximadamente R$3,4 milhões!!

      Na serie A este valor médio deve subir pra que patamar? Algo próximo de R$12,00?

      Grato

  • CARLOS LIMA disse:

    essa é uma das diferenças do Ceará (maior do Estado ) para o Liaum (15 C ) ou seja :
    o Ceará é bem administrado:

    1) o Ceará pagou essa premiação com recursos Pròprios e não com ajuda de terceiros.

    2) o Liaum (15 C ) pagou a premiação pelo acesso e os salários atrasados dos jogadores e dos funcionários com recursos do Presidente interino (Eduardo Girão ). se fossem esperar pelo Jorge Mota e seus diretores, até hoje não teriam sido pagos os Salários e tão pouco conquistariam o acesso para a Série B.

    3) o Ceará procura fazer o òbvio, ou seja de não Gastar mais do que arrecada.

    4) o Liaum (15 C ) quer ser RICO e GASTAR sem ter condições para isso, por isso vive recorrendo a Ribamar Bezerra, Renam Vieira, Eduardo Girão..etc.. para que paguem do
    “Bolso” as dívidas que são deixadas por presidentes ( Jorge Mota, e outros ).

    5) o Ceará pratica uma gestão Moderna sendo exemplo para muitos times do Brasil, sendo um dos cinco no Brasil que pagam os salários em dia.

    6) o Liaum (15 C ) pratica uma administração das décadas de 50,60 e 70 .
    onde empresários torcedores pagavam com dinheiro próprio as contas dos seus times de coração.

  • Raimundo Soares disse:

    Os maiores bichos pagos no futebol cearense foi pelo Fortaleza Esporte Clube, o pai do canal.
    O primeiro na segunda vez que o Leão subiu prá série A, na primeira década dos anos 2000, e ficou mais dois anos e o segundo foi no Trtracampeonato honestamente ganho em 2010.
    Chipa, que não é de uva!
    LEÃO ETERNAMENTE FELIZ!

  • Lucas Leão disse:

    O LEÃO NÃO PODE PARAR,
    NOSSO LUGAR É NA SÉRIE A!

    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Barbosa disse:

    Não é possível que a veinha carcomida do canal não encha uma vezinha o CasteLEÃO só com sua enganosa torcida. NÃ!
    As vovozetes se preocupam mais em acompanhar pela mídia o papai Leão de Aço.
    É PARA PEDIREM TODOS OS DIAS: “BÊNÇÃO PAPAI LEÃO”
    Saudações Tricolores!

  • Leandro Gonçalves disse:

    Talves seja por isso que o presidente já dê indícios de que pouco vai gastar em 2018…

    Critiquei bastante o presidente atual em 2016.E com motivos.Todos sabem.

    E sim,não posso deixar de reconhecer que o mesmo tem sua parcela de méritos no acesso…

    No entanto,afirmar que para série A 2018 o time vai manter a mesma base já me deixa um pouco preocupado…Não sei até que ponto vai ser ” essa base”…!!! Na série B,sofremos,sim.Não podemos deixar a emoção falar mais alto.Portanto,é preciso qualificar o elenco.E rapido.O ceara tem que começar o estadual já com elenco bom.Nada pra deixar para depois do estadual…E tambem não nos esquecemos: temos um tabu incomodo contra o maior rival.Nosso time na Serie A e com todo o suporte financeiro,em tese,temos que mostrar força…Não consigo imaginar outra postura…

    Então pra começar,o clube tem que enxugar o elenco desse ano e mandar pra rua os muitos que não servem nem pra raxa FDS como Lelê,Felipe Meneses,Wallace,Jackson Caucaia ( esse com um contrato até fim de 2019- um verdadeiro absurdo,ridiculo)… Os que mais se destacaram são os que estão com contrato prestes a se encerrar…

    É preciso ter sabedoria.Dinheiro vai ter.Mas sinceramente,tenho minhas dúvidas se em relação ao depto de futebol esse dinheiro vai ser bem utilizado…Esperemos que sim!!

  • Daniel Rodrigues disse:

    Meu amigo factóide do canal.
    A carreata do Fortaleza Esporte Clube foi muito maior, mais Alegre e mais bonita ( colorida e animada) que a triste, cinzenta e sem graça de vocês. Estimou-se uns 120 mil torcedores.
    Quanto à torcida maior, desde 2005 a torcida do Leão do Pici tornou-se maior no estado. Reveja as pesquisas do IBOPE e da Lance/Placar da época até agora.
    E a TIMEMANIA não mente.
    TÁ louco?
    AVANTE LEÃO!

    • Evandro disse:

      Kkkkkkkkkkkkkk…. Comentário digno de pena…. A dor de cotovelo deve estar afetando até o único neurônio que o indivíduo tem…

    • CARLOS LIMA disse:

      Daniel, faça um tratamento na sua vista, tem bons oftalmologistas na Capital e a consulta nem é muito dispendiosa, o valor não chega a r$ 70,00.
      quanto a pesquisa, procure a ultima de 2016. que aponta que o Ceará tem 600 mil torcedores a mais do que vocês.

      faça como o Sergio Filho, que é torcedor do seu time e que sempre faz comentários aqui no Blog , disse que reconhece que a torcida do Ceará é a maior do Estado.

      • Jorge Ponte disse:

        Engraçado. Vcs são a maior torcida do estado, mas nunca botaram público recorde quanto a time sem torcida. Chegaram próximo a maior público e renda do leão só quanto ao Bahia que tem talvez a maior torcida do nordeste. Tinha muitos torcedores baianos naquele jogo. Detalhe existiam imensos espaços vazios, visivelmente. Como pode anunciar um público daquele? Rodaram a trataca quantas vezes? A gente tem, no mínimo, o dobre de torcedores de vcs. Chora kanal.

    • Fernando disse:

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, meu amigo é pra rir ou pra chorar?, teu time passou 8 anos numa ridícula serie C, só subiu pra B porque pegou um time mais medíocre do que vocês, chamado Tupi, esse ano o time de vocês dava pena até de assistir de tanta ruindade, Então aceita que dói menos, se finalizando, CSA = Ceará Série A.

    • MILTON disse:

      kkkkk lesses 08 anos de C zona, comeram os miolos dos Curralenses .

  • Virgílio Matos disse:

    No futebol brasileiro um clube não pode subir duas séries no mesmo ano.Assim o Fortaleza tem que ir por etapa, em 2017 subimos da C para a B, e em 2018 a meta é subir da B para a A Vamos pois Leão, trabalhar e subir de novo!!!

  • JOÃO FILHO disse:

    Achei excelente o presidente Robson de Castro ter dito, ontem em entrevista ao Alan Neto, que vai usar boa parte dos valores do grande orçamento do próximo ano com estruturação do clube, incluindo equipamentos médicos, de fisiologia, academia, bem como melhoria do hotel, cozinha e construção de mais um campo no Centro de Treinamento, CT este que deverá ter a quitação antecipada.
    Claro que grande parte do dinheiro será aplicado no setor de futebol, mas achei excelente a preocupação com a parte estrutural do clube.
    É assim que deve ser gerido um clube de futebol moderno. Parabéns Robson de Castro.

  • CARLOS LIMA disse:

    o Ceará conseguiu se estruturar principalmente porque permaneceu na Série A (2010-2011)
    se conseguir novamente ficar por uns dois anos na Série A, vai melhorar ainda mais.

  • Samuel Melo disse:

    O jogo final contra o ABC tem tudo pra quebrar o recorde histórico de público pagante do Vozão na Série b (55.455), bem como o recorde de sócios torcedores presentes, considerando os dados a partir de 2012.

    2012

    Ceará x América Mg – 5.384 sócios presentes – Público total: 16.147

    2013

    Ceará x Palmeiras – 4.612 sócios presentes – Público total: 48.960

    2014

    Ceará x Vasco – 4.111 sócios presentes – Público total: 30.256

    2015

    Ceará x Macaé – 4.363 sócios presentes – Público total: 45.539

    2016

    Ceará x Vasco – 7.450 sócios presentes – Recorde de público pagante do Ceará na Série b: 55.455 pagantes

    2017 (sem contar a 38ª rodada)

    Ceará x Paysandu – 6.148 sócios presentes – Público total: 44.172

  • delmax disse:

    sem comentarios quanto a administrcao do ceara isso ja e de praxe no vozao time saneado organizdo e profissional ao contrario de um timinho ali no pici pequeno,amador e de pireis na mao diferenca do ceara e anos luz muito distante chega a ser covardia comparar o resto e inveja e dor de cutuvelo de alguns doidins do pici.

  • JOSÉ FLAVIO BRUNO disse:

    Sem comentários, é só alegria.

  • Aladim disse:

    Enquanto uns pagam 2 milhões pro elenco após subir, outros dão cheque pro time adversário para não cair para a série d.

  • Emanuel disse:

    Eu só digo uma coisa: GRAÇAS A DEUS nasci Ceará!

    Há tempo as carniças torcedoras do liaum da floresta querem encontrar algo que nos supere. Mas sempre dão com as burras n´água.
    Seja no quesito público, renda, TÍTULOS, vitórias, ranking da CBF, organização financeira etc… enfim, em TUDO o Ceará é MAIS!

    Restam a eles “brigar” por outras comparações do tipo: quem tem o melhor mosaico, quem tem as animadoras de torcida mais bonitas etc. É o trsite fim de um clibe que já foi a segunda força do estado do Ceará.

    Saudações Alvinegras.

    • El Domador disse:

      Assino embaixo seu comentário. É o que digo…o liaum terceirinus sofrensis (liaum da floresta, 15C), passou 8 anos seguidos na série C. E seus torcedores, porque estão retornando agora para a B, já se acham muita coisa…

      Cuidado: ainda vão ter que jogar muita bola para provar que o liaum já superou a alcunha de time de terceira divisão. 8 anos na B pode ser que apague esse mico florestal.

      E o mais interessante: a dor de cotovelo com a subida do maior do Estado (em títulos, em torcida, no ranking da CBF, em participações na série A, em administração, etc). Ficam prevendo “surras” para o Ceará na série A, que realmente tem um nível incomparável com a B…mas o grande projeto do liaum terceirinus em 2018 é subir para a A…muito paradoxal…então querem “apanhar” lá também, não?

      Mas uma coisa é inegável…os terceirinus fazem “mosaicos” muito bem. Isso eu tenho de reconhecer.

  • Klaus Serra disse:

    Um clube que se diz grande tem que investir em produtos (camisas, shorts), em atletas de divisões de base e em programas de sócio-torcedor. Seria muito bom termos algo em torno de 25.000 sócios indo a todos os jogos no Castelão e uma média de público de 35.000. Com cotas de patrocínio e o time na Série A durante vários anos seguidos (com chances de ganhar estadual e Copa Nordeste, além de boas participações na Copa do Brasil e Sulamericana), o Vozão pode, em menos de 10 anos, mudar de patamar e ser de fato um clube da elite. Temos torcida, boa gestão, uma bela praça esportiva e tradição; só faltam títulos de expressão.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − dezoito =