Futebol do Povo

OS PROBLEMAS DE CEARÁ E FORTALEZA EM 2018 | NA PRANCHETA #3

3409 19

O 3º vídeo do “Na Prancheta” aponta os principais problemas que Fortaleza e Ceará têm apresentado no início da temporada, analisando cada um deles separadamente.

Foram escolhidos cinco pontos do Tricolor e outros cinco do Alvinegro.

E você, concorda com a análise? Deixe seu comentário!

Recomendado para você

19 Comentários

  • PAULO LACERDA disse:

    NUM ESTUDO ENTRE JOGADORES DO LEÃO DE AÇO TEVE-SE QUE:
    1- QUEM TOCA MENOS NA BOLA NO TIME DO LEÃO DO PICI É O GUSTAGOL E, QUE DEPOIS DAQUELA DIVIDIDA, QUE GEROU SUA EXPULSÃO INJUSTA ELE QUASE DESAPARECEU DOS JOGOS.
    2- O VOLANTE PABLO É QUEM MAIS ERRA PASSES EM TODO O FUTEBOL CEARENSE; DE CADA DEZ PASSES, OITO SÃO ERRADOS.
    3- O GOLEIRO MARCELO BOECK DEFENDE ALGUMAS BOLAS DIFÍCEIS , MAS TODOS GOLS QUE LEVA SÃO BOLAS DEFENSÁVEIS.
    4- O PONTEIRO OSVALDO SÓ JOGA SEU FEIJÃO COM ARROZ 45 MINUTOS.
    5- O MEIA ALAN MINEIRO ALÉM DO DESINTERESSE EM CAMPO, NÃO CUIDA DO REGIME, POIS TÁ 8 KG ALÉM DO PESO.
    6- A PRODUÇÃO DOS LATERAIS CAIU 50% MAS ÚLTIMAS PARTIDAS.
    7- A ZAGA TRICOLOR É MUITO LENTA E SEM COBERTURA.
    8- AVISAR A DIRETORIA QUE DINHEIRO TEM, DE PATROCÍNIO, QUOTAS, SÓCIOS E ETC; FALTOU FORÇA DE VONTADE PARA CONTRATAR. E SE NÃO FOR PRA FINAL PERDEREMOS O ABUNDANTE DINHEIRO PROVENIENTE DAS COPAS DO BRASIL E DO NORDESTE. SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • PAULO LACERDA disse:

    NUM ESTUDO ENTRE JOGADORES DO LEÃO DE AÇO TEVE-SE QUE:
    1- QUEM TOCA MENOS NA BOLA É O GUSTAGOL E QUE DEPOIS DAQUELA DIVIDIDA QUE GEROU SUA EXPULSÃO INJUSTA ELE QUASE DESAPARECEU DOS JOGOS.
    2- O VOLANTE PABLO É QUEM MAIS ERRA PASSES EM TODO O FUTEBOL CEARENSE; DE CADA DEZ PASSES, OITO SÃO ERRADOS.
    3- O GOLEIRO MARCELO BOECK DEFENDE ALGUMAS BOLAS DIFÍCEIS , MAS TODOS GOLS QUE LEVA SÃO BOLAS DEFENSÁVEIS.
    4- O PONTEIRO OSVALDO SÓ JOGA SEU FEIJÃO COM ARROZ 45 MINUTOS.
    5- O MEIA ALAN MINEIRO ALÉM DO DESINTERESSE EM CAMPO, NÃO CUIDA DO REGIME, POIS TÁ 8 KG ALÉM DO PESO.
    6- A PRODUÇÃO DOS LATERAIS CAIU 50% MAS ÚLTIMAS PARTIDAS.
    7- A ZAGA TRICOLOR É MUITO LENTA E SEM COBERTURA.
    8- AVISAR A DIRETORIA QUE DINHEIRO TEM, DE PATROCÍNIO, QUOTAS, SÓCIOS E ETC; FALTOU FORÇA DE VONTADE PARA CONTRATAR. E SE NÃO FOR PRA FINAL PERDEREMOS O ABUNDANTE DINHEIRO PROVENIENTE DAS COPAS DO BRASIL E DO NORDESTE. SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Sérgio Filho disse:

    O problema é que o Fortaleza está com um aprendiz de treinador, no qual usa o time como laboratório, ou seja, fica fazendo experimentos e invenções todo jogo.

    O Fortaleza fez treze (13) jogos até agora e não tem um time titular definido. Pior é que além de mudar jogador em quase todo setor do time, muda também o sistema de jogo. Hora é 3-5-2, depois é 4-3-3, tem o 5-4-1, sem esaquecer do 4-1-4-1. Já deu na paciência.

    Ou o Sr. Ceni define logo o que quer da vida, ou o bicho vai pegar pro lado dele. Eu sempre fui contra trazer este rapaz. O Fortaleza não é time do interior de São Paulo para ter um técnico que acha que pode fazer o que quiser.

  • Francisco disse:

    Muito boa a analise! parabens!!!

  • Daniel Rodrigues disse:

    Acho que o Chamuscāo é muito mais eficiente que o Rogério Ceni. E é porque faço parte da torcida do Leão, a maior do estado.
    Mudando de assunto.
    No Rio, o jogador Rildo do Vasco quebrou a perna do jogador do Botafogo na maior covardia do mundo e levou apenas o cartão amarelo. Aqui em Fortaleza, no Castelão, o Gustagol dividiu uma bola e pisou no pé de um jogador do canal, numa jogada comum entre boleiros, aí o imundo e fanático juiz expulsa o Gustagol sem sequer dar um cartão amarelo primeiramente. E ainda não marca um pênalti que houve nas fuças dele porque não quis.
    Tanto aqui como lá não tem arbitragem que preste. Sendo que aqui o juiz apita apenas prá prejudicar o Fortaleza, com aquela camisa horrorosa de presidiário por baixo do uniforme.
    Coisa horrorosa.

  • Daniel Rodrigues disse:

    O Chamuscão é muito mais eficiente que o Rogério Ceni. E é que faço parte da torcida do Leão, a maior do estado.
    Mudando de assunto.
    No Rio, o jogador Rildo do Vasco quebrou a perna do jogador do Botafogo na maior covardia do mundo e levou apenas o cartão amarelo. Aqui em Fortaleza, no Castelão, o Gustagol dividiu uma bola e pisou no pé de um jogador do canal, numa jogada comum entre boleiros, aí o imundo e fanático juiz expulsa o Gustagol sem sequer dar um cartão amarelo primeiramente. E ainda não marca um pênalti que houve nas fuças dele porque não quis.
    Tanto aqui como lá não tem arbitragem que preste. Sendo que aqui o juiz apita apenas prá prejudicar o Fortaleza, com aquela camisa horrorosa de presidiário por baixo do uniforme.
    Coisa horrorosa.

  • Kalil disse:

    Mito, o Tricolor de Aço já teve tantos treinadores mais famosos e eficientes que você: Pepe, Ubiratan Nunes, Paulo Almeida, Zetti, Moésio Gomes, Caiçara, Ênio Andrade, Valdir Spinoza, Givanildo etc etc etc.
    Inclusive já vencemos o são paulo com você no gol, duas vezes.
    Deixe de inventar futebol. Vai no simples e respeite os quatro vice-campeonatos brasileiros Série A e Série B do Leão.
    Restam apenas poucas partidas para tentarmos ser campeões.
    Saudações Tricolores!

  • FABIANO disse:

    EI JOÃO XIMENES, QUE É QUE TU VAI “DIZER” SOBRE OS TÉCNICOS? A PACIÊNCIA ACABOU PRO CENI?
    Um time que perde pra um Floresta vai ganhar da Ponte, do Goiás, do Coritiba na Série B?
    TÔ SÓ ESPECULANDO!
    LEÃO DE AÇO É BEM MAIOR QUE O MITO.

    • João Ximenes disse:

      Diga Lá FABIANO !

      Cara… falar sobre técnicos ?
      Diria que existem “técnicos” e “treinadores.

      Comecemos pelo “pai dos burros”. O AURÉLIO ?!
      TÉCNICO: Profissional especializado; Profissional que ORIENTA e treina uma equipe esportiva; Que pertence ou é relativo exclusivamente a uma arte, a uma ciência, a uma profissão; Relativo a técnica; Relativo a ensino prático, profissional ou tecnológico.

      TREINADOR: aquele que exercita ou TREINA.

      Destrinchado TECNICAMENTE o significado de treinador e técnico, diria o seguinte:

      TÉCNICO: apesar de aparecer ai uma definição relativa ao esporte(3), pra MIM é o quebra galho. Aquele cara que foi a sala de aula fazer um “curso técnico” – de eletros e outros -, pra aprender a desenrolar um problema “técnico”.

      TREINADOR: combina mais com o ESPORTE em geral. Pra ser “treinador” não basta somente ter feito “curso” e/ou ter sido um jogador de futebol profissional. Ter sido, não é garantia de nada. E se fosse, mais uma vez, PELÉ seria o treinador do século também.
      E se fôssemos olhar pelo ângulo Pelé, temos tantos exemplos de craques da bola que não deram certo, como por exemplo: MARADONA, FALCÃO, DUNGA, JÚNIOR, ZICO…
      Sem falar em “comentaristas esportivos”, que esses sim seriam os verdadeiros Pelé’s da bola numa partida de futebol.

      É assim: TREINADOR ou técnico, tem peso no futebol, tal qual o jogador tem “prum” time.
      Tem técnico/treinador que é igual a jogador: SÓ PERCEBE QUE TEM ALGO ERRADO QUANDO A BOLA ESTOURA EM CIMA DELE.
      OU SEJA: técnico, jogador sozinho não faz verão, porque FUTEBOL é COLETIVIDADE, SINTONIA das duas partes.

      Quanto a “paciência acabou pro Ceni”, não deu pra entender se você indaga: se acabou pro próprio Ceni ou se do torcedor.
      Se for paciência do Ceni seria muito ruin, porque treinador quando perde a paciência é porque perdeu o tesão, e/ou tá jogando a toalha
      Se do torcedor… EU, particularmente sou contra TROCA TROCA de treinador quando num momento de definição de competição como estamos vivenciando de momento(2 jogos pra final ou não).
      ACHO que o CENI “ainda pode” tirar um algo mais desses jogadores, uma vez que foi ele que ESCOLHEU e/ou ENDOSSOU suas contratações, e ACREDITO os mesmos tem condição sim de chegarem a final e até serem campeões.
      Pra isso, BASTA que o Ceni, tenha uma BASE, e quando resolver mudar a FORMA DE JOGAR da equipe, USAR ESSA BASE. Ao que parece, ele não tem essa BASE de time.
      Adianta nada você ter uma BASE de time, mas quando vai tentar uma nova FORMA DE JOGO, troca mais da metade dessa base(jogadores).

      RESUMO DA ÓPERA… CENI é um técnico que por ter estado no campo de jogo muitos anos, era pra ser mais OUVIDO. E se REALMENTE jogadores o estão OUVINDO, tá faltando alguma coisa a ser dita por parte dele.

      ESPERO que essa SINTONIA aconteça logo sob pena de acontecer o pior…

      …{toc toc toc}: BATI NA MADEIRA.

      Um abraço.

    • João Ximenes disse:

      FABIANO… sua segunda indagação é mais complicada ainda: “Um time que perde pra um Floresta vai ganhar da Ponte, do Goiás, do Coritiba na Série B?”

      Imagina aí essa sua preocupação levada pra quem tem uma Azona nos peito, com adversários bem mais qualificados – “teoricamente” -, e conseguiu perder pra esse mesmo Floresta e + Iguatu ?

      CARA{…}, isso só mesmo depois do apito final do juiz é que saberemos, porque não estou acompanhando o desempenho dessas equipes no momento, além do fato que tem umas semanas ainda de preparação.
      Ficar “ESPECULANDO” no futebol baseando-se em camisa é complicado, já que sabemos que o jogo se decide é dentro do campo de jogo, e quem tiver melhor preparado e/ou ainda num dia melhor que o outro, acaba sempre vencendo.

      Esse é o tipo de pergunta que vale pra todas as COMPETIÇÕES do futebol mundial, porque, ir prum jogo já pensando se “VAI GANHAR”… Hummmmmm!

      FUTEBOL é assim:
      1. Quem, em sã consciência, imaginaria uma Seleção Brasileira apanhar de 7, EM CASA, em plena Copa do Mundo;
      2. PSG com vantagem de 3 gols e só sairia da Champions se levasse 4. Acabou levando 6;
      3. Ferroviário, ILHA DO RETIRO perdendo de 3, na reta final do jogo consegue meter 3, leva a decisão pros penaltes e acaba se classificando na Copa do Brasil.

      CONCLUSÃO: se EU soubesse que meu time(Leão de Aço) iria perder o jogo… JAMAIS SAIRIA DE CASA PRAS ARQUIBANCADAS DE ESTÁDIO.

      Ligaria nem o “radinho” de pilha, e ficava era no fundo da minha rede de frente pra televisão assistindo filmes.

      Valeu !!!!!

  • João Ximenes disse:

    Lá vai a minha PRANCHETA:

    1. Não entendi direito uma frase: “é certo que ai.. é início de trabalho?”
    Pô… já são 13 jogos. Se esse número ainda é considerado “início de trabalho” o FUTEBOL ainda tá engatinhando.
    PROBLEMA são as “EXPERIÊNCIAS” que CENI vem fazendo que, PRA MIM, não tem critério algum. Esse negócio de 4-3-3, 3-5-2 e blá blá blá, não passa de INVENÇÕES no futebol. A gente sabe que se decide a coisa é dentro das quatro linhas, quando a bola rola.
    O que chamam de “experiências”, EU chamo de ANDAR EM CÍRCULOS.
    Como você pode fazer “experiências”, se de um jogo pro outro, além de mudar a forma de jogar de um time, você muda 3, 4, 5 peças.
    Seriam “experiências” se Ceni, ao mudar a forma de jogar, MANTIVESSE o mesmo time que tem como base(?), repetindo-o jogo a jogo. E essa coisa de que ele(Ceni) não “repetiu” um time até aqui, foi por escolha própria, pois, contusões, suspensões acontecem no futebol e ele TERIA DE TER um “substituto” fixo pra cada posição que perde por estas consequências inevitáveis do futebol.
    PADRÃO, desta forma que tá trabalhando… NÃO VAI CONSEGUIR NUNCA. Pelo menos nesse século.
    E essa coisa de 3-5-2… ONDE JÁ SE VIU MONTAR UM TIME DESSE JEITO USANDO 3 zagueiros, 3 volantes, e ainda mantendo 2 laterais ?
    CARA(s) só ai são 8 jogadores, defensores. RESTAM 3 outros que já ficam BLOQUEADOS no jogo. Exemplo: quando joga EDINHO ou OSWALDO(pra segundo tempo) os mesmos estão bloqueados pelos laterais que ficam o tempo todo jogando do meio pra frente; ALAN – ou seja lá quem for que estiver pelo meio -, JAMAIS vai conseguir render, porque com o monte de jogadores pelo meio não vai sobrar nunca espaço pra trabalhar(quando pegam na bola já tem 2, 3 jogadores em cima por conta do afunilamento dos laterais: BRUNO foi o maior exemplo nesse último jogo. Pegava na bola afunilava pro centro levando a bola pro Alan que já tava marcado e recebeu a visita de quem vinha correndo atrás do Bruno); GUSTAVO pra participar do jogo, só mesmo quando não se batem: laterais e atacante flutuador, e sobra um cruzamento pra área. Isso quando o JUSSANI, ADALBERTO e/ou LIGGER(quando tá) não cisma de dar aqueles bicudos pra frente. A chamada “LIGAÇÃO DIRETA”.
    É RUIN EM !!!!!

    2. “CRIATIVIDADE NO MEIO DE CAMPO ?”
    COMO ! se quem tá por lá tem a companhia de 3 volantes que conseguem errar mais passes que acertarem. Só queria que alguém ME CONVENCESSE que no futebol tal proeza é possível.
    O cara do meio maioria do jogo fica até mais isolado que o atacante porque não tem espaço suficiente pra jogar. Pode “butar” por alí é o MESSI. Imaginem ALAN, ALÍPIO, JOÃO HENRIQUE.

    3. “REPERTÓRIO OFENSIVO” não existe sem a “CRIATIVIDADE NO MEIO CAMPO”.
    #UMA COISA DEPENDE DIRETAMENTE DA OUTRA, e “ABUSAR DEMAIS DAS BOLAS LEVANTADAS NA ÁREA”, é, e vai ser sempre A ÚNICA OPÇÃO desse time do Ceni.
    Não dá pra você ter REPERTÓRIO DE JOGADAS se tu tem 3 zagueiros que dão bicudos; 3 volantes errando passes e sem fazer a liga com o homem meio; e muito menos tentar uma jogada individual de fundo(Edinho, Oswaldo) se já estão lá paradões: TINGA e BRUNO. Bola chegou em tú, levanta e torce que GUSTAVO encontra a bola.

    4. “GUSTAVO DEPENDÊNCIAS” é outro MITO esse time.
    Além de CONTRADIZER todos tópicos já falados, o time não é DEPENDENTE do GUSTAVO coisa nenhuma.
    GUSTAVO tá fazendo os gols porque tá sendo empurrado pela mão de Deus, que tá colocando ele no lugar certo no minuto certo da partida. Dependesse da produção REAL do time, GUSTAVO estaria era numa esquina dessas da cidade com uma perna de pau pedindo moedas.

    5. “CONDICIONAMENTO FÍSICO” é tentar ENCOBRIR a produção do time e do Ceni.
    Time desanima por conta da DESARRUMAÇÃO nos jogos, que pode ser chamado também de DESANIMO TÉCNICO.
    O jogador já “tali”, TENTANDO ALGO que é quase impossível(encontrar espaço), pra ver se consegue alguma coisa pra tentar salvar pelo menos a sua pele e ficam “barruando” uns com os outros… ISSO É PURA FALTA DE UM MODELO DE JOGAR.
    CENI, é a causa de tudo isso e cabe a ele tentar resolver o troço logo.

    E é fácil chegar a essa conclusão: pergunta ao Uniclinic que, no primeiro jogo levou uma “saraivada” de 4, e quando do segundo, conhecendo o previsível LEÃO, levou 1 e no arrasto; Floresta que vencemos apertado por 3 X 2 e no segundo já conseguiu nos vencer; e até Eles LÁ(os daqui) que enfrentamos duas vezes e foi o único que não conseguiu evoluir coisa alguma, mesmo estando cartando de time de Azona. Mas ai tem aquela história de que é um CLÁSSICO onde as equipes se equiparam e blá blá bla.

    Sempre sou contra troca troca de treinador, principalmente numa RETA FINAL a qual estamos vivendo.
    No entanto, CABE a diretoria chegar junto dele(Ceni) e EXIGIR uma DEFINIÇÃO no PADRÃO da equipe jogar, sob pena de começar a Bzona e o time ainda está se debatendo em campo.

    LEÃO DE AÇO tá fácil mostrar suas deficiências por conta da QUALIDADE TÉCNICA COLETIVA, está bem abaixo do que é exigido pelo futebol.

    E esse detalhe só quem pode resolver é o próprio CENI.

  • SERÁ QUE NINGUEM DA DIRETORIA TEM PEITO PRA CHEGAR NO CENI E FALAR PRA ELE DEFINIR UM TIME , ESQUEMA , ELE FOI BOLEIRO , SABE QUE ENTROSAMENTO SÓ SE FAZ JOGANDO JUNTO. SOU SÃOPAULINO E FORTALEZA , E SEI QUANRO O SR RC É ARROGANTE , E ACHO ELE AINDA BEM CRU COMO TECNICO. A DIRETORIA SABE ATÉ ONDE VAI A PACIÊNCIA DA TORCIDA , E SE TIVER QUE PAGAR MULTA VAI TER QUE PAGAR.

  • Wellington Fabricio disse:

    Acredito que os Numeros acima esquecem de visualizar o jogador que mais cria no Fortaleza, e foi sacado a segundo plano, que se chama LEO NATEL!!
    Alguém sabe o que ocorreu?
    Altamente estranho e preocupante o desaparecimento desse jogador!!!
    acredito que começamos a visualizar o problema no Fortaleza ao respondermos essa pergunta, pois esse rapaz é quem vinha fazendo a diferença nos jogos que o Fortaleza se apresentou melhor!!
    #ficaadica

  • bruno disse:

    poderia melhorar o áudio, frequentemente, esta mto baixo.

  • Pedro A. Neto disse:

    Só elogios. Não vou entrar no mérito, se concordo ou discordo. Concordo com a maior parte das análises feitas. Mas, o mais importante é constatar que as análises são bem estruturadas e revela uma visão crítica muito útil porque seguida de sugestões. Sugiro que as equipes técnicas dos dois clubes anotem as sugestões e as levem em consideração.

  • FABIANO disse:

    FALOU, JOÃO XIMENES.
    PELO QUE VOCÊ FALOU, ENTÃO, ACHO O CENI MAIS TÉCNICO QUE TREINADOR. APESAR DELE TER SIDO JOGADOR, POR SINAL UM BAITA GOLEIRO, MAS FALTA NO TIME UM POUCO DE ESTABILIDADE DENTRO DE CAMPO.
    RESRA AGORA O LEÃO DE AÇO VENCER O FLORESTA E AQUELE CANAL IMUNDO.
    AINDA DIGO MAIS, COMO TÁ CORRENDO CIFRAS POR AÍ, FEZ BEM A DIRETORIA LEONINA PEDIR ÁRBITRO DE FORA.
    FEDERAÇÃO, TJDF/CE, ÁRBITROS ETC , NÃO MERECEM CONFIANÇA DA MAIOR NAÇÃO DO ESTADO. …………. CIFRAS…..

    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • eriberto disse:

    OLA FG TUDO BEM VOLTO A FALAR DO MEU TRICOLOR E DE CENI POIS ELE DESDE O INICIO DO CAMPEONATO VEM FAZENDO SO BESTEIRA COM EXPERIENCIAS BESTAS SEM PE E SEM CABEÇA SE NAO VEJAMOS DEIXAR BRUNO MELO NO BANCO E BRINCADEIRA NAO TEM UM BATEDOR DE FALTAS O ALAN MINEIRO QUE E BATE ELE NAO ESCALA AI E UMA VARGONHA E EU TORÇO PARA EU ESTAR ENGANADO MAS ACHO DIFICIL ELE GANHAR ESTE CAMPEONATO ATE TEM TIME MAS MUITO MAL ESCALADO.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − quatro =