Futebol do Povo

Ceará: permanência na Série A impede perda de pelo menos R$ 40 milhões em receitas

12353 8

Além do tremendo prejuízo técnico e de visibilidade que uma queda para a Série B causaria no Ceará, os cofres do clube seriam diretamente afetados.

Cálculos do Blog, confirmados por fontes do Alvinegro com exclusividade, mostram que o clube perderia no mínimo R$ 40 milhões em receitas para o ano de 2019.

Em 2018, o time faturou R$ 28 milhões de direitos totais de TV pagos pela Rede Globo, valor que será no mínimo de R$ 21 milhões em 2019 (TV aberta, internet e Pay Per View, saindo do contrato TV fechada). Tivesse caído para a Segundona receberia no máximo R$ 9 milhões para participar da Série B. Ano que vem também entra em vigor o contrato com a Turner/Esporte Interativo, que prevê cerca de R$ 12 milhões pelos direitos de TV fechada.

Em 2019 também haverá contrato de direitos internacionais de transmissão de TV, com previsão entre R$ 6 milhões e R$ 7 milhões por ano para cada clube. Além de tais verbas, o Ceará na Serie B teria diminuição significativa de participação de sócios torcedores, rendas nos 19 jogos como mandante e patrocínios.

Assim, seriam pelo menos R$ 40 milhões a menos, algo com potencial para brecar a evidente evolução do clube estruturalmente.

Resta aos atuais dirigentes, que vão permanecer porque foram eleitos recentemente, aprender efetivamente com o começo da atual temporada, com montagem bastante ruim do elenco no primeiro turno da Série A.

Recomendado para você