Futebol do Povo

Das lições da vitória do Ceará sobre o Corinthians: Fernando Sobral tem vaga no time titular

3727 10

A desclassificação do Ceará da Copa do Brasil diante do Corinthians teve uma evidente causa e foi a derrota por 3 a 1 no Castelão. Era muito complicada a reversão do placar. Em São Paulo, nesta quarta, faltou ambição ao time dirigido por Lisca no primeiro tempo. Na segunda etapa a equipe melhorou ofensivamente – defensivamente foi segura o tempo todo, assim em todo segundo turno da Série A 2018 – e aproveitou bem a vantagem após a expulsão de Cássio. Fez o gol com Roger e ainda viu Valter fazer defensas fundamentais.

Era possível fazer dois gols de diferença e levar o jogo para a disputa dos pênaltis? Sim, mas muito em função do jogador a mais e não pela estratégia geral desde o início da partida. Mas foi uma eliminação com honra, que do ponto de vista prático não adianta nada, mas garante alguns pontos na confiança.

Das lições da vitória, a utilização de Fernando Sobral como titular (entrou na vaga de Baxola, machucado, diante do Corinthians) é a mais urgente de ser implementada. Lisca disse que sabe o que está fazendo com o jogador e que o está adaptando fisicamente e tecnicamente a um time de Série A, mas o que ele tem mostrado em campo nos minutos que teve (foram apenas 278 na temporada rodada) é que a adaptação já terminou. O natural é que Sobral (ágil, dá alternativas táticas, bom tecnicamente, procura tabelas, chutes e dribles) atue na vaga de Ricardinho, que deixa o time mais lento e tem feito pouco com seu ponto forte – finalizações de fora da área – até porque não dá pra imaginar Leandro Carvalho e Felipe Baxola reservas (apesar de Wescley estar pedindo passagem).

Recomendado para você

10 Comentários

  • Joaquim Bisneto disse:

    Na minha opinião Sobral tem que ser titular já e daqui a pouco tempo quando adquirir ritmo de jogo, acredito que wescley tome a vaga de Felipe, muito também por Felipe estar sendo muito sacrificado jogando pela ponta, com o Sobral os dois poderiam revesar, hora o Felipe pelo meio e o Sobral na ponta e vice-versa, coisa que não tem como fazer com o Ricardinho. E outra o Sobral no meio ainda ganha bem mais consistência defensiva, pois ele também joga como terceiro volante ajudando na marcação.

  • rangel brasil disse:

    Ontem postei que, se o LISCA deixasse essa “paixonite” por certos atletas, mesmo quebrando a BOLA o VOZÃO teria mais chaces de CLASSIFICAÇÃO, mesmo fora de casa. Mas todo técnico tem seus PUPILOS, mesmo que atrapalhe o time. Resumo, BASTA colocar esse time que TERMINOU com a VITÓRIA de ONTEM. simples, né.

  • Gilson disse:

    Ótima, avaliação, caro Graziani, espero que o Lisca leia o blog e concretize essas mudanças. O time que terminou o jogo ontem com 2 ou 3 mudanças, como a entrada de Leandro Carvalho, é o time titular ideal do Ceará para iniciar a série A.

  • ERIBERTO MACEDO disse:

    OLÁ FG TUDO BEM VOU COMEÇAR FALANDO D ESTE BESTA DO DOIDO LISCA SÓ FALA QUE O JUIZ TOMOU O JOGO DO SEARA PARA DE FALAR BESTEIRA E VAI TREINAR TEU TIME ,DO FORTALEZA CENI MUDA DEMAIS ESTE TIME PROCURA COLOCAR UM TIME MENOS TRES VEZES SEQUIDAS PRA VER SE MELHORA POIS ESTE TIME QUE AI ESTAR NAO VAI A LUGAR NENHUM E MUITO RUIM, POBRE DE NÓS COMO ESTAMOS SOFRENDO SR PAZ ACORDA ENQUANTO HÁ TEMPO MANDA UM MONTE DESSES ÁI EMBORA E TRAGA GENTE DE SERIE A .

  • Francisco Ferreira Filho disse:

    Richard
    SX, TÁ, LO, Carleto
    William, Fabinho, Sobral, Wescley
    Cachaça, Bueno .
    ESSE EH O TIME!! Contrata mais um 5, um centroavante e um substituto pro Calisson.

  • oliveira disse:

    Pode ser que não seja este o motivo mas eu acho bom o Sobral não ser titular agora.

    Vejo o time do Athletico-PR e vislumbro neles, muuuuito além da qualidade individual dos jogadores (que não é baixa), o treinamento (físico e tático) como o grande diferencial.

    E o que isso tem a ver com o Sobral? Ora, até aqui (menos de 3 meses de futebol no ano) o Ceará jogou 23 jogos e o Athletico jogou 3 oficiais + 2 ou 3 amistosos. Isso faz toda diferença lá pra agosto/setembro até o final do ano (observem que o Athletico sempre dá um salto enorme de desempenho nessa parte do ano, pois seus jogadores atuam em 35/40 partidas no máximo e os jogadores de outras equipes atuam em 45/50… é uma diferença ENORME). O Sobral está treinando mais que jogando, isso será positivo pra ele na parte mais difícil e mais importante do ano que é a série A. A preparação dele está perfeita: jogos pontuais e muito mais treino (físico e tático) que jogo. É uma verdadeira pre temporada a que ele está sendo submetido.

    O mesmo que vale pro Sobral, vale pro Wescley e pro próprio Leandro Carvalho. Estão treinando mais que jogando e irão dar o salto de qualidade física e técnica na série a. Enquanto isso outros 3 jogadores fazem o “trabalho sujo” (de jogar nessa parte mais perversa do ano com jogos pouco importantes concentrados num espaço curtíssimo de tempo): Chico, Ricardinho e Baixola. Baixola que, sim, deverá ser reserva, pois o Wescley não é só o melhor jogador do Ceará disparado – a diferença de volume de jogo do time ontem dps que ele entrou é bizarra… ele deu as cartas como quis – mas do futebol nordestino. Baixola será uma opção luxuosa no banco pra administrar um jogo, dar mais ofensividade em alguns momentos ou para substituir um dos 3 meias atacantes que deverão ser titulares (carvalho na direita, wescley pelo meio e sobral na esquerda) quando não puderem atuar ou viverem uma má fase. Esses 3 meias atacantes são o ideal por darem ao time criatividade, VELOCIDADE altíssima de transição e capacidade de fazer gol. Baixola não tem isso. A menos que o Lisca abra mão de um camisa 9 e atue com os 4… o que não é má ideia.

  • Carlos José disse:

    Um ano especia para o meu VOZÃO, muita luta, mas vitorioso, e quero desde já dá crédito ao nosso presidente Sr Róbson de Castro, tem feito um bom trabalho.

  • Teixeira disse:

    Sobral e Wescley não podem ser bando desse time. Minha alteração seria a seguinte: Wescley no lugar do Ricardinho. Sobral no lugar do Juninho. Sobral poderia alternar a posição com o Baixola, hora pela ponta, hora pelo meio.

  • Samuel Gadelha disse:

    Só corrigindo, o Fernando Sobral não é natural de Sobral. Ele nasceu no Rio de Janeiro. Importante fazer a correção.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + 18 =