Futebol do Povo

Em CLT, folhas salariais de Fortaleza e Ceará estão entre as quatro menores da Série A

11126 19

Photo by Christian Dubovan on Unsplash

Dados divulgados no UOL, especificamente no Blog do Mauro Cézar, registraram quanto os clubes brasileiros que jogam na Série A 2019 gastam com suas folhas salariais levando em conta exclusivamente o que os atletas recebem na Carteira de Trabalho. Os números, portanto, deixam de lado os gastos com direito de imagem, que são pagos via contrato com os jogadores como pessoa jurídica, situação bastante comum no futebol brasileiro para a diminuir os impostos pagos tanto pelo clube, como pelo atleta.

Na relação, Palmeiras, Cruzeiro, Corinthians, Flamengo e Internacional formam o grupo dos cinco clubes com folhas mais altas em CLT.

Entre os times do Nordeste, o Bahia é o que mais gasta, com R$ 2,5 milhões. O Fortaleza é o 17º colocado, com R$ 1,6 milhão, enquanto o Ceará vem logo a seguir com R$ 1,1 milhão. Levando em conta os valores pagos pelos rivais cearenses como direitos de imagem, ambos chegam perto dos R$ 2 milhões de gastos gerais com atletas.

Atrás dos times cearenses estão apenas Avaí e CSA.

A lista:

Palmeiras – R$ 8,5 milhões
Cruzeiro – R$ 8 milhões
Corinthians – R$ 7,6 milhões
Flamengo – R$ 6,4 milhões
Internacional – R$ 4,9 milhões
São Paulo – R$ 4,9 milhões
Santos – R$ 4,8 milhões
Grêmio – R$ 4,3 milhões
Atlético-MG – R$ 4,1 milhões
Vasco – R$ 3,2 milhões
Fluminense – R$ 3,2 milhões
Bahia – R$ 2,5 milhões
Botafogo – R$ 2,5 milhões
Athletico – R$ 2,4 milhões
Goiás – R$ 2,3 milhões
Chapecoense – R$ 1,7 milhão
Fortaleza – R$ 1,6 milhão
Ceará – R$ 1,1 milhão

Avaí – R$ 840 mil
CSA – R$ 450 mil

Recomendado para você

19 Comentários

  • GABRIEL DIAS disse:

    ACHO QUE TEM ALGUMA INFORMAÇÃO DESENCONTRADA, POIS O PRÓPRIO DIRETOR DO FORTALEZA ESPORTE CLUBE DISSE QUE O GASTO É DE 2,6 MILHÕES POR MÊS, DEPOIS DAS ÚLTIMAS CONTRATAÇÕES, INCLUINDO O KIEZA.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

  • Lucas Leão disse:

    Se na Série B a folha do Leão tava mais ou menos R$1.200,000,00, na Série A a folha deve ser mais de duas vezes. Fora a comissão técnica que recebe R$350.000,00.
    Só de 30 mil sócios-torcedores tricolores o arrecadado é de quase 1 milhão.
    Estranho que o Leão e o ceará têm jogadores de renome e caros. Vieram de graça ou recebem pouco?
    True or fake?
    SEMPRE FORTALEZA!

  • Chico Caucaia disse:

    Os 4 últimos tem 90% de chance de voltar a série B

  • Wagner disse:

    Isso ai não e sonegação de imposto de renda?A receita federal deveria ver isso.

  • rangel brasil disse:

    Isso é igual a SEKISU, não adiantar ser GRANDE se não FUNCIONA. Tai o VOZÃO acima de tantos “grandões” mas mole, viu?

  • FABIANO disse:

    O LEÃO VAI PARA A SULAMERICANA DE 2020.
    E AS URUBUZETES DO KANAL VÃO SE SUICIDAR! TODAS IMUNDAS SE JOGANDO NO KANAL IMUNDO.
    SAUDAÇÕES TRICOLORES!

    • Alex Granada disse:

      Vcs nunca disputaram uma Competição Internacional.
      Não temos nacional e vcs não possuem Competição internacional e na boa, seu c. no meu “Pal”.

  • J. Alcântara Cavalcante disse:

    RUMO À SÉRIE B!
    UM KIEZA, REFUGO DO BOSTAFOGO, O WELLINGTON PAULISTA, SEM DOMINAR UMA BOLA E SEM INTETESSE, O ROMARINHO SEM FUTEBOL, MAS MUITO ÍNTIMO DO ROGÉRIO CENI, O FELIPE DESINTERESSADO E LOMBRADO, UM FELIPE ALVES QUE NAS BOLAS DECISIVAS FALHA.
    NUNCA VI UM TREINADOR TÃO SATISFEITO POR SER DERROTADO COMO O ROGÉRIO CENI.
    CADÊ O ZAGO?

  • Kamui-ce disse:

    No caso do Vozão é o barato que sai caro. começo de ano 95% das contratações nível serie B e serie C. se tivessem competência, em vez de 3 apostas trariam 1 reforço, mas adoram inchar o elenco de baratinhos, apostando na sorte que tivemos com Richardson e Éverson.

    Inadmissível um clube que deseja crescer no cenário nacional errar tão feio assim nas contratações. vergonhoso sr. Lisca, Robinson e Segurado. o departamento de futebol CLAMA por revolução, não é possível continuar como está. deveríamos organizar uma ação de protesto e protocolar junto ao conselho deliberativo o nosso repúdio, concentrar um grande numero de sócios e fazer pressão nessa questão. conscientizar o torcedor da tamanha importância disso para o futuro do nosso Ceará.

  • oliveira disse:

    O maior problema tanto de um quanto do outro nao é a folha baixa e sim a escolha do modo de jogar. A Chapecoense está no mesmo patamar financeiro dos dois (e de folha de pagamento tb) mas por terem uma ideia clara de como jogar (defesa segura, equipe que se destaca fisicamente – tanto na altura média, média de idade baixa, força etc – e estilo de jogo de contra golpe) compatível com seu nível de investimento briga melhor na série A conseguindo se manter anos seguidos por lá. O problema de Ceará e Fortaleza, ao contrário do que as torcidas (ambas mto corneteiras, acham que as diretorias devem sair contratando jogador de 400/500 mil, que ninguém de serie b ou c presta e etc – depois voltarei a este tema) pensa, não é ter elenco fraco, pois, para o objetivo de ambos (nao cair) os elencos sao compatíveis… o problema é que ambos os técnicos adotam ideias de um futebol mais ofensivo que exige jogadores mais qualificados na peça ofensiva o que, obviamente, custa mais caro. Ai quando se deparam com times de folhas altíssimas tomam gola bestas no cojtra ataque pq nao possuem qualidade pra segurar a bola na frente e perdem gols bestas pq seus atacantes nao sabem fazer as chances que criam quando dominam o jogo. Um detalhe: todo time que joga nesse estilo de imposiçao perde mtos gols pq as chanes geralmente se dao de forma nao tao clara quanto em lances de contra golpe.

    Voltando ao tema de jogadores de serie b e c… vamos lá. Ano passado o Ceará se manteve na série A e o time base tinha. Éverson (que nunca havia jogado uma serie a, sempre serie b ou abaixo), Samuel Xavier (este já com algum talhe na competiçao), Tiago Alves (tb sem talhe em série a), Luiz Otávio (tb sempre em serie b ou c), Joao Lucas (reserva do figueirense (time q figurou na metade de baixo da serie b – quando veio pra cá), depois felipe johnatan (garoto da base q nunca tinha tido sequencia de jogos pelo clube como fez na serie a); edinho (este sim com talhe na serie a, mas ja eatava jogando serie b pelo csa), richardson (outro q sempre jogou serie b ou c); leandro carvalho (outro q só tinha talhe em serie b), quixadá (fisicamente deficiente e nunca havia jogado serie a), calyson (veio do brasil de pelotas e tb sem talhe de serie a); arthur (outro sem talhe de serie a). Conclusao: de 11 jogadores apenas 2 tinham talhe de serie a e nenhum deles foi exatamente protagonista pro time. Enquanto isso nomes como Coutinho, Eder Luis, Yuri, Felipe Azevedo, todos com talhe de serie a nao produziram nada. O que fez realmente diferença foi o jeito de jogar com linhas de marcaçao sem a bola mais baixas, entrega total sem a bola pra ideia tatica, bom trabalho de circulaçao em transiçao rapida (nada de tentar disputar protagonismo com times mais qualificados) e as individualidades de Carvalho, Arthur e Quixadá (os 3 sem talhe de serie a) que fizeram a diferença.

    Os dois elencos possuem peças para jogar dentro desta ideia (nao precisa replicar o esquema). Creio que o Ceará precisa de 1 ou 2 volantes e o Fortaleza de 1 ou 2 laterais, no mais os dois elencos, DENTRO DE UMA IDEIA QUE SE FECHE BEM EM BLOCO BAIXO E SAIA RAPIDO EM TRANSIÇAO VERTICAL QUANDO ROUBE A BOLA, podem passar 1 serie A sem sustos. Os jogadores de ambos sao aplicados até demais taticamente por isso ainda conseguem segurar a marimba e nao tomam goleadas. A culpa desse perregue é dos tecnicos idealistas dos dois times (ao inves de se adequarem à realidade/necessidade de seus elencos querem implantar suas ideias a qualquer preço) e as diretorias que nao impoem isso aos tecnicos, pois ambos deviam ter 1 equipe dentro do departamento de futebol que impusesse ao téc esse tipo de ideia de jogo: é o técnico q deve se adaptar ao clube e ao elenco que os clubes formatam (e os clubes deviam formatar elencos para jogar assim como eu disse). Simples assim.

    • Kamui-ce disse:

      Sou totalmente contrario a essa proposta de jogo, futebol moderno de hoje não cabe mais essa postura totalmente defensiva e com muitos jogadores de grande porte físico, morreu junto com os muitos treinadores ultrapassados aqui no Brasil. futebol hoje voltou a ser fundamento: um bom passe para controlar o jogo; tático: distribuição coesa, exigindo dos jogadores boa leitura de jogo; físico: mas em outro sentido, não mais em grande porte, e sim com os jogadores conseguindo manter intensidade de jogo. eu apostaria nisso, traria um técnico de fora e contrataria jogadores com bom fundamento e boa compreensão de jogo. mas pra isso tem que modernizar e trazer pessoas capazes para o departamento de futebol, ter um enorme banco de dados de jogadores, de todos os campeonatos acessíveis ao clube.

      Sobre jogador de serie A,B,C e D, é um engano seu. o que existe é o NÍVEL do jogador, ou você realmente achava que Éverson, Luiz Ótavio, Richardson e Arthur eram jogadores nível serie B para nos alvinegros? queremos é jogador de bom nível. diretoria apostando todas as fichas no “bom” e “barato” é muito ariscado e deixa o clube fragilizado, inchado, tendo que resolver os erros com o campeonato em andamento e com o mercado escasso. melhor gastar mais e tentar reforçar os setores carentes com planejamento, essa é a politica ideal, mas requer capacidade do departamento de futebol. diretoria quer a moleza de encontrar novos Éverson, Luiz Ótavio e Richardson, mas não é todo dia que é dia santo, não lembra que errou MUITO até encontrá-los. estamos numa serie A, não temos tempo para tantos erros e a competição não perdoa, chega de apostas! isso que é o gargalo de crescimento do clube.

      • Oliveira disse:

        1) Em nenhum momento eu falei que o futebol deve ser TOTALMENTE defensivo. Disse que marcação em linhas baixas com saída rápida e sem firulas pro contra ataque, ideia idêntica à adotada pelo Ceará no ano passado com o Lisca, principalmente depois da parada da copa. Marcação em linhas baixas = ao invés de pressionar lá em cima quando perde a bola, posicionar atrás do meio campo e tentar recuperar a bola ali. E, sim, mesmo na europa tem diversos times jogando dessa maneira. Não estou falando de fazer “catenaccio” italiano ou o ônibus do Mourinho, estou falando de não querer ficar segurando a bola de forma abobalhada quando a tem (como o Ceará fazia com o Lisca e faz com o Enderson) e, para tanto, marcar mais embaixo é essencial pois vc recupera a redonda tendo o adversário já saído de seu campo de jogo, aí vc pega situações de 4 contra 3, 3 contra 3, o que facilita muito a vida do seu ataque. Ter qualidade para jogar pelo chão, sem chutões, nem muito menos ficar todo trancafiado atrás não é um problema para clube algum, ao contrário, é sinal de um time bem treinado, o que eu estou questionando é ONDE (em que parte do campo) vc tenta recuperar a bola quando perde e como tenta construir suas jogadas de gol quando recupera. O Ceará e o Fortaleza estão fazendo isso errado pois ficam querendo concentrar marcação no campo de ataque e sustentar posse, rodando a bola de um lado pro outro, no campo de ataque, isso é tão mas tão perigoso que os dois perderam pontos bestamente por causa disso. E não é um achismo, é um fato: o time teve em 2018 um desempenho muito bom, só não foi melhor porque o elenco não era mais qualificado. Outra, o futebol do Carvalho está CLARAMENTE prejudicado por esse estilo… ele joga bem com espaço pra correr, com o time sobe pra atacar devagar, quase parando, lentamente, pega o rival todo entrincheirado, aí o Carvalho não rende nada, ficam 2 jogadores marcando ele (um pega e outro sobra), a jogada dele de botar a bola na frente e arrancar não existe nesse modelo de jogo. Ele nunca vai jogar bem com essa mentalidade de jogo aí… O gol que ele fez contra o CSA é a prova do que digo, foi um momento pontual onde o Ceará roubou a bola do adversário em transição e acionou rapidamente o Carvalho, que “sambou” em cima da marcação e bateu. É esse tipo de jogada e de estilo que falo que os times daqui precisam ter (outros exemplos, ver: gol do Carvalho contra o Fluminense no PV do ano passado, gol do Carvalho contra o Athletico-PR na baixada ano passado, gol contra do Corínthians no 2a1 do ano passado em cruzamento do Carvalho, gol do Arthur contra o Santos em passe do Carvalho no PV no ano passado. Pode anotar aí, com esse estilo idiota de ficar circulando bola e marcando alto o Carvalho vai morrer de fome e ser vaiado… o CSC vai jogar 3 milhões de reais que pagou por ele NO LIXO).

        2) Sobre os jogadores de série a, b, c ou d… vc concordou comigo, usou simplesmente outras palavras. Eu simplesmente disse que jogador bom não necessariamente precisa vir de time de série A ou mesmo ter experiência na série A e exemplifiquei com a maioria do time titular do Ceará de 2018 na recuperação com o Lisca. Ah, vc também concorda comigo (apenas usou palavras diferentes) sobre jogadores de força. Estou falando de jogadores que aguentem correr o jogo todo e que sejam VELOZES, jogador lento ou sem força não aguenta o rojão de uma série A justamente por causa da intensidade de jogo a qual vc se referiu. Nesse dois pontos, vc fez um “textão” aí pra concordar comigo.

        3) Esse elenco do Ceará precisa apenas de 2 volantes. No mais ele tem qualidade (dentro do estilo que falei, que não é ônibus do mourinho ou ser totalmente defensivo, é simplesmente marcar num bloco mais baixo e se valer da velocidade para matar de contra golpe… e isso até o SANTOS do Sampaoli faz, vai lá ver como ele ganhou do Grêmio na estreia do brasileiro). O grande problema é o DM deficitário/inexistente que o clube tem. Só pra peça ofensiva o time tem (vou falar dos aproveitáveis pra série A e não das pustemas – Chico, Ricardinho, Roger, Sobral, Feijão, João Paulo… inclusive se mandar esses embora dá pra contratar mais um qualificado) 8 (OITO) jogadores qualificados PRO NIVEL DE BRIGA PLANEJADO PELO CLUBE, sim, senhor: Bergson, Bueno, Wescley, Carvalho, Galhardo, Mateus Gonçalves, Quixadá e Baixola. Ano passado só se salvavam 3: Carvalho, Arthur e Baixola (Calyson era um jogador operário, não diria ruim, mas não fazia A DIFERENÇA). A diferença é enorme comparando um ano com outro. Dá pra qualificar mais? Até o elenco do Palmeiras dá pra qualificar mais, mas é uma evolução monstruosa (de 3 pra 8 dá quase um aumento de 300%) para a peça ofensiva de 2018. O problema, repito, é essa ideia idiota de ficar sustentando posse no campo ofensivo sem verticalidade, só por puro exibicionismo de ficar tocando a bola no campo de ataque (e isso custou uma derrota contra o Cruzeiro – o gol do Cruzeiro foi numa roubada de bola no campo de defesa deles… curiosamente com o Cruzeiro jogando do jeito que falo: bloco de marcação mais baixo e matando na velocidade quando toma essa bola… nada de ficar se exibindo rodando a bola quando recupera – e a derrota pro Goiás, pois o gol do 2a1 foi nesse estilo também… além disso o FEC perdeu pro SPFC tomando gol nesse mesmo estilo).

  • ERIBERTO MACEDO disse:

    ESTA É PRÁ O SR PAZ ENQUANTO É TEMPO ENXUGUE ESTE TIME DO FORTALEZA MANDE EMBORA UNS CINCO JOGADORES DE SALARIO ALTO E TRAGA JOGADORES DE NIVEL BOM POIS O POBRE DO CENI NAO PODE FAZER MAIS DO ESTA ESTÁ FAZENDO É TIRAR LEITE DE PEDRA NAO DÁ. SE PROCURAR TIMES DAS SERIES B E C VAMOS ACHAR JOGADORES BARATO E BOM ACORDA ANTES QUE SEJA TARDE SR PAZ O SR ESTA VENDO NOSSA TORCIDA MESMO SEM TIME IR MUITO BEM É A SETIMA COLOCADA NO BRASILEIRAO É MOLE FAÇA SUA PARTE QUE NÓS FAZEMOS A NOSSA, PRECISAMOS DE DOIS LATERAIS MAIS E UM MEIA ESQUERDO BOM.

  • ERIBERTO MACEDO disse:

    ÓLA ESTA SUGESTAO PARA O SR PAZ MANDA EMBORA ESTE WP TRAZ COM ESTE SALARIO DELE TRES BONS JOGADORES DAS SERIES B E C PRA COMPLETAR ESTE ELENCO QUE DO JEITO QUE VAI NAO AGUENTA JOGOS DE TRES EM TRES DIAS É MUITO JOGO VAMOS ENQUANTO É TEMPO POIS OS CAMPEONATOS ESTAO VOANDO E NÓS FICANDO NAO É MOLE

  • ERIBERTO MACEDO disse:

    AMIGO FG PODE ME DIZER O PUBLICO DE FORT-ATLETICO OBG

  • ERIBERTO MACEDO disse:

    OLHA SR CENI ESTE JOGO DO BOTAFOGO É MUITO IMPORTANTE PARA OS TRICOLORES PODE VALER MAIS UM TITULO SENDO POIS BOTE O QUE TEM DE MELHOR SÓ TIRANDO O WC RESTO DA PRA CHEGAR LAR COLOCA OS QUATRO NA FRENTE EDINHO JR SANTOS OSVALDO E MARCINHO AÍ VOÇE VAI VER O RESULTADO OK

  • Antonio de Oliveira Sousa disse:

    Qual tricolor concordaria trocar o WP pelo Cariús? Lembrando que o Cariús já jogou contra o poderoso Corinthians, marcou dois gols e infernizou sua zaga.
    Fica o desafio.

  • ERIBERTO MACEDO disse:

    OLHA ESTA IMPRENSSA E MESMO DE MEIA TIGELA AGORA TÁ TODO MUNDO ENDEUSANDO O POBRE RICARDINHO SÓ POR QUE UM GOL QUE ATÉ MINHA VÓ FAZIA E ESTES MESMOS SETORISTAS JUNTOS SÓ FALAM DE SEARA BOTAO UMA NOTICIA 10 VEZES AS MESMAS BESTEIRAS DO SEARA NAO EXISTE MAS OUTROS TIMES .

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *